Colunas


Coluna Existir e Resistir

Por Coluna Existir e Resistir -

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais


Autores: Grazielle Gleise Santana e José Bento Rosa da Silva

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





O carnaval é uma festa muito conhecida em todo o mundo. Nela, as pessoas se fantasiam de diversas formas, se reinventam, são três dias de uma pausa para o lazer coletivo, porque ‘ninguém é de ferro’. Ou, para dizer de outra forma: a gente não quer só trabalho, a gente quer trabalho, comida, diversão, arte, fraternidade...

A ideia do bloco em homenagem ao Sebastião Lucas simboliza a resistência e resiliência da população negra itajaiense no processo de reconstrução do clube em memória de uma liderança da primeira metade do século passado: Sebastião Lucas Pereira.

No passado, segundo depoimentos de uma das foliãs do bloco, Maria da Paz [Tia Paz], havia a Turma das Garotas Alegres, um grupo de moças negras, sócias do clube, que fundaram um bloco carnavalesco que era uma das representações do clube na rua e nos clubes. Também existia o Bloco da Lua, lembrado por Olcinéia da seguinte forma: “Lembro do Bloco da Lua inspirado pela marchinha interpretada pela cantora  Ângela Maria, “A Lua é dos namorados”.

Nosso bloquinho surgiu para relembrar e resgatar os saudosos carnavais, as marchinhas que tanto alegraram e contagiaram muitas gerações.

Ele reuniu muitas pessoas em torno e atrás da charanga que embalou nossa caminhada até o largo do Mercado Público com muitas marchinhas, a alegria dos nossos Griôs [os mais velhos contadores das histórias passadas no clube], crianças, enfim, de todos aqueles que  se fizeram presentes. Foi ancestral, um verdadeiro encontro de gerações. Posso dizer que carnaval não se resume em assistir, mas em participar e sentir.

Muitos carnavais se passaram, mas o Bloco do Sebastião Lucas ficará na história do carnaval de nossa cidade. Ver a alegria das pessoas quando chegamos com a Charanga ao som de marchinhas que marcaram a história do clube foi surreal, nossos Griôs conduziam de forma honrosa o bloco! Quanta riso, quanta alegria, quanta memória resgatada em um só dia!

O Bloco do Sebastião Lucas foi muito bem acompanhado pela nova diretoria, amigos e simpatizantes, e este nada mais é do que a continuidade do clube, que é um lugar de memória da população negra de Itajaí.

Agradecemos a prefeitura e em especial a Fundação Cultural, que prontamente nos abriu espaço na programação e, quando chegamos com a Charanga ao largo do Mercado Público ao som da Banda Beba do Samba, oficialmente foi dada a abertura do carnaval de nossa cidade ao som das saudosas marchinhas de carnaval.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Existir e Resistir

United Colors Sarará

Coluna Existir e Resistir

Nasce o grupo Mariama

Coluna Existir e Resistir

Conegi retoma atividades

Coluna Existir e Resistir

Entressafra

Coluna Existir e Resistir

Yasuke: O primeiro samurai negro

Coluna Existir e Resistir

Presídio no Brasil: por que essa não é a solução?

Coluna Existir e Resistir

Eterna professora Antonieta de Barros

Coluna Existir e Resistir

Direito invisível

Coluna Existir e Resistir

A importância das palavras

Coluna Existir e Resistir

O fato

Coluna Existir e Resistir

A branca tá usando trança! E agora?

Coluna Existir e Resistir

Militância de internet

Coluna Existir e Resistir

Dia Nacional do Samba: o que seria do Brasil sem este gênero musical?

Coluna Existir e Resistir

Racismo: um tema que não pode sair do nosso radar!

Coluna Existir e Resistir

Existir e Resistir

Coluna Existir e Resistir

O pensamento social brasileiro e a cultura do esquecimento

Coluna Existir e Resistir

A política da morte

Coluna Existir e Resistir

Carta ao Rei T’Challa

Coluna Existir e Resistir

Preguiça de falar sobre os males que o racismo causa

Coluna Existir e Resistir

Somos um país racista



Blogs

Blog do JC

Palavra é tudo!

Blog da Ale Francoise

Lanchinho do bem!

A bordo do esporte

Lola Cars na Fórmula E

Blog da Jackie

Os Fort’s e os Koch’s

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”

Robison Coelho

"Nós não estaremos com o MDB aqui em Itajaí”

TV DIARINHO

Um aluno autista estaria sendo vítima de discriminação na escola Francisco de Paula Seara, da rede estadual ...




Especiais

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Legado de amor

Dona Maricotinha, aos 95 anos, tem a vida pautada pela família, religião e dedicação ao próximo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação