Blogs | A bordo do esporte


A bordo do esporte

Por Flávio Perez - redacao@diarinho.com.br

A bordo do esporte


Inaê Sailing Team segue entre os primeiros da Copa Mitsubishi

Publicado 04/03/2024 00:28

O barco Inaê Soto Transbrasa terminou o primeiro fim de semana da Copa Mitsubishi 2024 na terceira colocação da sua classe.

O evento, que também é conhecido como Circuito Ilhabela de Vela Oceânica, contou com 37 embarcações entre as categorias ORC, C30, HPE-25, BRA-RGS, Clássicos e Bico de Proa.

Inscrito na ORC, o S40 de Bayard Neto teve a ajuda do gaúcho Samuel Albrecht nas regatas em Ilhabela (SP). O atleta olímpico e medalhista pan-americano foi o tático do Inaê na Copa Mitsubishi e levou sua experiência de uma década no veleiro, que antes tinha o nome de Crioulla.

O Inaê Soto Transbrasa abriu as regatas no sábado (2) com um terceiro lugar na prova de percurso no litoral norte paulista, superando inclusive o Phytoervas com Robert Scheidt. A prova largou na Ponta das Canas até uma bóia na praia do Jabaquara.

No domingo (3), o time santista tirou um segundo e um quarto nas disputas de barla-sota, regatas entre bóias mais dinâmicas, testando as habilidades das tripulações.

''Final de semana de bastante vento na ilha. Tivemos o Samuel Albrecht a bordo, ele velejou conosco e contribuiu bastante com o aprendizado no veleiro. O barco se mostrou bastante arisco com esse sistema de leme. Superamos todos os erros e problemas a bordo nas três regatas de estreia''.

''Estou bastante feliz com a performance do barco e da tripulação do Inaê Soto Transbrasa que velejou com muita gana na Copa Mitsubishi'', disse Bayard Neto.

A liderança está com o Phoenix 44 e a segunda colocação com o Lucky V. O evento no Yacht Club de Ilhabela volta no próximo fim de semana com mais regatas.

Sobre a Transbrasa

A Transbrasa é reconhecida pela inovação e qualidade nos serviços de armazenagem, como recinto alfandegado independente e de transportes. Possui a missão de trabalhar para o desenvolvimento e o progresso, com apelo social e respeito ao meio ambiente, objetivando a satisfação do cliente, resultado de eficiência e lucros.

 


Atletas olímpicos na abertura da Copa Mitsubishi

Publicado 03/03/2024 23:04

A primeira etapa da Copa Mitsubishi 2024 - Circuito Ilhabela de Vela Oceânica começou neste sábado (2) no litoral norte paulista. O evento no Yacht Club de Ilhabela contou com barcos das classes ORC, C30, HPE-25, BRA-RGS, Clássicos e Bico de Proa. 

Destaque para atletas olímpicos como o maior medalhista brasileiro dos Jogos que é Robert Scheidt, que foi o timoneiro do Phytoervas. Correram a regata de estreia também Jorge Zarif com o Phoenix 44 e Samuel Albrecht no Inaê Transbrasa.

O campeonato, que tem a chancela da ABVO Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, é dividido em quatro etapas durante o ano, tradicionalmente em março, junho, setembro e novembro.

"É muito bacana a oportunidade que o Phytoervas 4Z dá para os jovens velejarem na tripulação e em uma regata tão importante! Fundamental a juventude aprender com os mais experientes, mas também é bom ter no barco toda energia e empolgação de um jovem atleta", explicou Robert Scheidt.

Samuel Albrecht, que fez finais olímpicas, voltou a correr de S40 com o Inaê Transbrasa. O veleiro era da franquia do Crioulla e ficou em terceiro na classe ORC no dia.

"Ajudei com as regulagens do barco e também com a tripulação. Velejei por 12 anos nesse veleiro. Foi muito bom ajudar a equipe e ver uma boa velocidade, bem velejado e taticamente uma boa regata! Conseguimos antecipar situações da regata, que fizeram a diferença para o resultado", disse Samuel Albrecht.

A Copa Mitsubishi 2024 também marcou a estreia de veleiros, como o novo Rudá 3. O barco é um Soto de 48 pés produzido na Argentina em 2014, que passou por restauro.

"Primeira vez que velejamos com o barco. Muito satisfeitos com nosso desempenho. É um barco totalmente diferente e ficamos muito contentes que realizamos todas as manobras certas! Mesmo que o resultado não seja o esperado, a tripulação entende que é preciso adaptação e a partir de agora vamos em busca do resultado!", disse Mário Augusto Martines.

A liderança provisória na ORC é do Lucky V (Luiz Villares), seguido por Phoenix 44 (Mauro Dottori/Fabio Cotrim) e Inaê Transbrasa (Bayard Neto).  Na RGS A, o Zeus (Paulo Moura) está na ponta. Nas divisões B e C, os líderes são: Blu 1 (Marcelo Ragazzo) e Comanda (Sebastian Menendez). Nos Clássicos, o primeiro no overall é o Mantra (Helio Magalhaes).

A disputa segue Yacht Club de Ilhabela neste domingo (3) e nos dias 9 e 10. 

Sobre a ABVO

Fundada em 1955, a Associação Brasileira de Veleiros de Oceano é a única entidade de promoção da Vela de Oceano no Brasil. Braço oficial da Confederação Brasileira de Vela (CBVela), a ABVO é responsável por organizar competições anuais e contribuir para o legado de um dos esportes mais vitoriosos do país, tanto nas classes olímpicas quanto nas não olímpicas.

A ABVO tem o santista Bayard Umbuzeiro Neto como Comodoro, o bicampeão olímpico Torben Grael como 1º Vice-Comodoro, e Paulo Cezar Gonçalves, o Pileca, como 2º vice-Comodoro.

Dentre os objetivos da atual gestão, estão promover a otimização e a racionalização do calendário nacional, estreitar o relacionamento com os clubes para viabilizar eventos e agregar um maior número de barcos participantes das diversas flotilhas regionais, oferecer suporte técnico em todos os níveis para as competições, otimizar a apuração instantânea dos resultados e articular com o Governo Federal incentivos tributários e melhores condições para a importação de embarcações, entre outros.


Robert Scheidt estreia com o Phytoervas em 2024

Publicado 03/03/2024 22:50

O barco Phytoervas 4Z fez sua estreia na temporada 2024 neste sábado (2) na disputa da Copa Mitsubishi - Circuito Ilhabela de Vela Oceânica, no litoral norte paulista.

A competição é organizada pelo Yacht Club de Ilhabela conta com mais de 30 barcos.

O moderno veleiro, que tem o co-patrocínio da Galapagos Capital no ano, contou com o paulista Robert Scheidt a bordo. O maior medalhista olímpico do país fez a função de timoneiro e levou seu filho Erik Scheidt para velejar em Ilhabela (SP).

O atleta dono de inúmeros títulos mundiais e continentais aprovou a velejada no Soto 40 da Phytoervas na primeira etapa do evento, que continua no domingo (3) na mesma raia.

"É muito bacana a oportunidade que o Phytoervas dá para os jovens velejarem na tripulação e em uma regata tão importante! Fundamental a juventude aprender com os mais experientes, mas também é bom ter no barco toda energia e empolgação de um jovem atleta", explicou Robert Scheidt.

O Phytoervas corre na classe ORC e ficou em sexto lugar na primeira regata. A liderança provisória do Lucky V (Luiz Villares), seguido por Phoenix 44 (Mauro Dottori/Fabio Cotrim) e Inaê Transbrasa (Bayard Neto).

"Gostei bastante de hoje. Foi divertido! Claro que podemos sempre melhorar. Não tivemos um treino antes, então não saiu perfeito como desejávamos, mas faz parte. O importante é que toda tripulação teve um bom entendimento a bordo e um clima muito bom do início ao fim da regata", finalizou Robert Scheidt.

Nesta etapa, o barco teve também Fábio Bodra, Linneu Salles, Alexandre Wissenback, Juan de la Fuente, Daniel Fromer, Enzo Accioly, Wallace Attie, Rafael Krausz e Douglas Said. Marcelo Bellotti,  comandante da equipe, volta ao time em Ubatuba no fim do mês, ao lado de Fábio Bruggioni.

O barco, que fica na Marina Supmar, no Guaruja (SP), vai correr os principais campeonatos da modalidade, como as quatro etapas da Copa Mitsubishi, a Semana Internacional de Vela de Ilhabela, em julho, além de outras provas como a tradicional Santos-Rio, Ubatuba Sailing Festival e Circuito Rio. Estão previstas ativações e experiência a bordo com a Galapagos Capital durante o ano de 2024.

Além da Galapagos, o Phytoervas terá os apoios da Pier Boat e da Volvo Penta.

Sobre a Phytoervas

A Phytoervas nasceu em 1986 com a missão de oferecer beleza natural para os cabelos. Em sua identidade trabalha a Cosmética Integral com a extração de ativos da natureza em sua forma mais pura e de maneira responsável, sempre respeitando o meio ambiente.

A marca, pioneira no desenvolvimento do shampoo sem sal e que não para de inovar, se desenvolveu, se tornou totalmente vegana e cruelty-free. Seus produtos são livres de parabenos, sulfatos e corantes. Atualmente, vai além do haircare. Possui em seu portfólio produtos para os cuidados com o corpo e com a casa, todos podem ser encontrados no e-commerce www.phytoervas.com.br

Sobre a Galapagos Capital 

A Galapagos Capital é uma companhia de investimentos full service. Fundada em 2019 por executivos seniores com vasta experiência de mercado, seu grupo econômico conta com mais de 340 profissionais em onze escritórios no Brasil e um em Miami. Possui mais de 50 mil clientes e cerca de 23 bilhões de reais sob gestão.

 


Thiago Pereira e Swim Floripa levam Troféu José Finkel para Floripa

Publicado 29/02/2024 22:51

O medalhista olímpico Thiago Pereira e seus sócios da SwimFloripa levaram para a piscina semi-olímpica - 25 metros - do Jurerê Sport Center, em Florianópolis (SC), o Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação - Troféu José Finkel deste ano. 

A tradicional competição de natação sênior será disputada entre os dias 12 e 17 de agosto, logo depois da disputa dos Jogos Olímpicos de Paris. O Finkel será seletiva para o Campeonato Mundial de Natação em piscina curta de 2024, que será realizado em Budapeste, na Hungria, em dezembro. O evento é também a segunda principal competição absoluta do calendário nacional de natação.

A piscina tem como sócios Eduardo Deboni e Mateus Ribeiro, e conta com o nadador, medalha de prata em Londres 2012 e dono do maior número de medalhas pan-americanas da história, como padrinho. 

''Muito feliz em sediar esse tradicional evento que participei por muitas vezes. Foi no Finkel que me despedi das piscinas em 2016. O local é de nível internacional e receberá outros eventos de ponta do país''.

"Foi o meu primeiro projeto relacionado a aprendizado na natação aqui em Floripa, um lugar que eu gosto muito. Eu acho que o importante é continuarmos fomentando a natação pelo Brasil todo'', contou Thiago Pereira, dono de 32 medalhas na história do Finkel.

A SwimFloripa atende várias faixas etárias, desde as primeiras experiências com os bebês de 6 meses, crianças e adultos que sempre tiveram o desejo de aprender a nadar, até atletas que necessitam de local para treinamento competitivo ou para lazer.

O espaço tem à frente nomes que já representaram o Brasil nas principais competições de natação, como o já citado Thiago Pereira, Eduardo Deboni, ex-nadador que representou o Brasil na Olimpíada de Pequim em 2008 e foi campeão no Pan do Rio em 2007; e o também atleta profissional Mateus Ribeiro.

O centro aquático está localizado em Jurerê Internacional e possui duas piscinas cobertas e aquecidas, uma de 18 metros com quatro raias e outra menor para iniciação à natação.

Mais informações em -- https://jureresportscenter.com.br/

Mais informações, acesse:

Siga Thiago Pereira no Twitter: @ThiagoPereira

A página oficial do atleta no Facebook é ThiagoPereiraOficial

E veja as fotos do nadador no Instagram: @ThiagoPereira


Fórmula E e FIA Girls On Track promovem curso de envelopamento de carro

Publicado 29/02/2024 19:00
Alterado 29/02/2024 19:03

A Fórmula E promoveu, nesta quinta-feira (19), um workshop de envelopamento de carros na sede da FullPower PRO, em São Paulo (SP). O curso reuniu jovens de várias idades, principalmente mulheres.

O objetivo foi atender uma demanda de mercado de automóveis, que utiliza a prática da personalização ou plotagem como alternativa sustentável

A categoria dos carros elétricos, que volta à capital paulista em 16 de março no Sambódromo do Anhembi, e o Girls on Track convidaram meninas do Instituto Mães Brasil para o workshop de envelopamento.

O projeto social que oferece capacitação e empreendedorismo feminino na capital paulista e parte das alunas estará no ePrix da Fórmula E no mês que vem. O curso foi prático e os participantes usaram o carro elétrico Nissan Leaf para envelopar.

''O mais importante foi priorizar as mulheres. A gente sabe que o mercado procura mais meninas para esse tipo de serviço e esse curso capacita para o mercado. As empresas de envelopamento buscam esse perfil'', Bruna Frazão, membro da comissão feminina da CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo e sócia da Agência Forte.

''Queremos mostrar que existem mulheres capacitadas para trabalhar no ambiente do automobilismo e em toda sua cadeia produtiva. Queremos dar oportunidades e gerar novas referências''.

A Fórmula E e a FIA Girls on Track seguem em mais um ano de parceria. O programa para meninas de 12 a 18 anos fará parte do Eprix paulista.  A expectativa é que mais de 1.650 mulheres participem do programa no decorrer da temporada dez.

Em seis anos o programa FIA Girls on Track impactou positivamente mais de 2.500 meninas em vários finais de semana de corrida na Fórmula E, com figuras femininas importantes de diversas profissões no paddock do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E, oferecendo workshops inspiradores e educativos.

Um dos objetivos da F-E com o Girls on Track é gerar experiência de trabalho imersiva em tudo que envolve o Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E na pista ou durante a semana da corrida.

''Podemos ver que existem outras mulheres no meio trabalhando com carros e no esporte a motor. E o Girls on Track junta mulheres com o mesmo propósito, mesmo amor, que é o automobilismo. E assim seguimos os nossos sonhos'', destacou a mecânica Letícia Santos Zeballos.

Além do curso de envelopamento, os participantes puderam ver o show car da Fórmula E, que foi exposto na FullPower PRO. O modelo estilizado, que foi lançado pelo prefeito Ricardo Nunes no Desfile das Escolas de Samba deste ano, foi concebido pelo artista Adhemar Cabral.

A instalação artística é feita com sucata eletrônica e outros materiais reciclados, além de plantas brasileiras vivas e irrigadas, em composição feita pela florista Sandra Bacchin, além de colaboração da ONG Sucataria São Paulo.

''Com o FIA Girls on Track, a Fórmula E deixa claro que os seus conceitos de inovação e inclusão ultrapassam em muito as questões naturalmente relacionadas à prova, como eletromobilidade e desenvolvimento sustentável. É um exemplo de responsabilidade social que deveria ser seguido por todos os grandes eventos'', contou Gustavo Pires, presidente da SPTuris - São Paulo Turismo.

A iniciativa FIA Girls On Track também marcará presença durante o fim de semana do EPrix de São Paulo, no dia 16 de março no Sambódromo do Anhembi. Os ingressos já podem ser adquiridos através do site da  Eleven Tickets.

Sobre a Fórmula E e 'ABB FIA Formula E World Championship':

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA - Federation Internationale de l'Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão pelo esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que acelerem a transformação industrial.

www.abb.com

 


Após entrar no Guinness Book, multiatleta brasileiro planeja novos recordes

Publicado 29/02/2024 11:57

Pepe Fiamoncini está no Guinness Book como o ser humano mais rápido da história a cruzar o Salar do Uyuni, na Bolívia, considerado o maior e mais alto deserto de sal do mundo. O brasileiro percorreu 170 km em 33 horas 4 minutos e 10 segundos, a 3.656 metros acima do nível do mar, em maio de 2023. A homologação pelo livro dos recordes acabou de chegar, neste mês de fevereiro. Este é o primeiro grande desafio homologado, mas não é o primeiro e está muito longe de ser o último deste paulista de 33 anos que planeja se tornar o maior multiatleta do planeta.

A temporada 2024 será intensa. Começou em janeiro, quando levou 37 horas para percorrer os 217km (135 milhas), entre as cidades de Águas da Prata e Paraisópolis, da BR 135, a mais difícil ultramaratona do Brasil e uma das mais desafiadoras do mundo. Neste domingo (25), ele completou o Ironman 70.3, no Panamá. Com o tempo de 4h42min51, ele conseguiu o 12° lugar na categoria 30-34 anos e na 59ª posição, entre 696 competidores.

E os próximos desafios não serão menos intensos. Pepe pretende escalar a maior montanha de cada continente (oito no total) em três meses. O objetivo é estabelecer um novo recorde mundial e usar o feito para chamar atenção para o aquecimento global. O projeto é para o primeiro semestre. Até hoje, apenas nove brasileiros conseguiram completar o desafio e o recorde nacional é de um ano. Já o recorde mundial teve duração de quatro meses. Também planeja completar os 7 cumes, escalando a maior montanha de cada continente. “O desafio não apenas escalar todas, mas fazê-lo em três meses e quebrar o recorde brasileiro, que é de um ano”, conta.

Quando o assunto são as corridas, os objetivos não são menos grandiosos. Pepe se prepara para completar a seis Majors, as maratonas mais importantes do mundo. Assim, pretende correr em Nova York, Berlim, Boston, Tóquio, Chicago e Londres. “O objetivo é completar todas em um ano, feito que ainda não foi conquistado por nenhum brasileiro. Apenas 316 brasileiros conseguiram completar as seis ao longo de vários anos. E também tentarei ser o mais rápido na soma dos tempos de cada maratona”, explica.

Outra meta é bater o recorde de maior número de dias consecutivos correndo uma meia maratona em esteira. “A marca atual é de 120 dias e me proponho a correr 125 dias. O objetivo, além do recorde, é engajar mais pessoas a praticar atividade física. A ideia é colocar três esteiras em local de grande visibilidade e fluxo de gente, como um shopping center,  para que as pessoas possam participar do recorde, tanto como espectador quanto como atleta, correndo comigo”, revela.

Outro projeto com uma causa ambiental e que visa impactar a sociedade por meio de grande visibilidade é o Viva Mar. Pepe pretende permanecer dez dias embaixo d’água, com o auxílio de cilindros de ar e roupas especiais, sem sair em nenhum momento. “A ideia é comer, beber e dormir, tudo sem sair da água. A ação tem como objetivo contribuir com a preservação dos oceanos, abordando a importância da água. Palestras, apresentações, exposições e mergulhos com convidados serão feitos durante o desafio, que pretendo realizar dentro um tanque, em local público ou com grande fluxo de gente”, conta.

Mudanças radicais - Paraquedista, mergulhador, skatista e montanhista, Pepe resolveu migrar de vez para atividades de endurance durante a pandemia. Cresci em São Paulo, me formei em Administração (PUC-SP) e Contabilidade (IBMEC). Queria seguir a carreira no mercado financeiro. Mudei para o Rio de Janeiro a convite da minha antiga empresa e tudo mudou. Fiz curso de paraquedismo, mergulho, escalada em rocha, trilhas. Isso foi há oito anos e eu queria viver de esporte. Aí veio a pandemia. Voltei para São Paulo para cuidar da minha mãe e me vi enjaulado em um apartamento. No meio desse momento conturbado, sedentário, depressivo, bebedor de cerveja, decidi me inscrever para o Ironman. Comecei a treinar dentro de casa, com tudo improvisado, pois o prazo era curto, apenas oito meses. E completei minha primeira grande vitória. Depois, veio o Ultraman, e mais e mais desafios”, conta.

“Sempre quero testar meus limites e, para isso, sou movido a desafios. Já escalei o Aconcágua, o Sajama, o Illimani  (primeiro brasileiro a escalar solo em menos de 24 horas), o Ojos del Salado, entre outras montanhas. Fiz o Desafio Everesting, que consiste em pedalar até completar a altitude da maior montanha do Mundo. Também competi no Mundial de Triathlon Extremo na Noruega em 2023 (melhor sul-americano), no UB515, o Campeonato Sulamericano de Ultradistância (terceiro colocado geral), detenho o recorde como o mais jovem (31 anos) a fazer a travessia do Leme ao Pontal sem Neoprene, entre outros desafios”, conta.


L'Étape Brasil abre temporada de "Blitz" para ciclistas

Publicado 29/02/2024 11:31

As “Blitz” do L’Étape Brasil voltaram com tudo em 2024. Visando o aquecimento para a prova de Cunha (SP), que será realizada em pouco mais de um mês, de 5 a 7 de abril, as primeiras “Blitz” estão confirmadas em São Paulo.

No final de semana passado, sábado (23/2), a estreia da ativação aconteceu em Alphaville, Santana de Parnaíba. E as próximas já estão confirmadas: sábado que vem (2/3) em Cabreúva e em seguida, sábado (9/3), em Cunha. Mais detalhes, como os horários e endereços das “Blitz”, serão anunciados no perfil do Instagram do L’Étape Brasil (@letapebrasil).

Na primeira “Blitz”, no sábado passado (23/2) cinco assessorias esportivas e mais de 120 ciclistas estiveram presentes, em Alphaville, região com muitos relevos e inclinações, que proporciona um bom treinamento para o L’Étape Cunha, que possui trajeto com muitas subidas.

“As blitz oferecem ainda promoções de inscrições em provas do L’Étape Brasil com super descontos e bonificações exclusivas”, afirma Fernando Cheles, Diretor Técnico do L’Étape Brasil.

Além do suporte técnico, do treinamento e da troca de experiência com outros ciclistas, os participantes da blitz contam com hidratação e alimentação e podem encontrar produtos dos patrocinadores oficiais do L’Étape Brasil.

“As ativações que realizamos nas ‘Blitz’ visam aproximar os ciclistas da prova ao longo do ano, enquanto não chegam as etapas tão aguardas por eles, seja em Cunha, Campos do Jordão ou Rio de Janeiro”, diz Thaís Barg, diretora de marketing do L'Étape Brasil.

“Essas três primeiras ‘Blitz’ tem foco na preparação e divulgação do evento que abre nosso calendário, o L’Étape Cunha. Mas ao longo da temporada, teremos novas ativações confirmadas voltadas para as provas de Campos e Rio”, finaliza.

As inscrições seguem abertas no site do L’Étape Brasil.

Clique abaixo e assista os melhores momentos da prova em Cunha 2023:


 O L'Étape Brasil

O L'Étape Brasil by Tour de France é uma das provas mais importantes do ciclismo amador do país. Em 2024 completa dez anos no país e terá três etapas: em Cunha, em abril, no Rio de Janeiro em junho, e em Campos do Jordão, em setembro.

O evento possui 30 etapas espalhadas pelo mundo. Entre os países que recebe as etapas amadoras estão: México, Canadá, Colômbia, República Tcheca, Dinamarca, França, Equador, Grécia, Brasil, Indonésia, Bolívia, Estados Unidos, Espanha, Romênia, Eslovênia, Eslováquia, Suíça, Portugal, Holanda, Bulgária, Chipre, Malásia e Tailândia.

O Tour de France é a mais tradicional prova do ciclismo de estrada mundial, assim como o maior evento esportivo anual do mundo. Criado em 1903, o Tour de France reúne a nata do ciclismo: somente os melhores do mundo podem percorrer os 3.600 km da competição. É um evento de 22 dias (sendo apenas 2 dias de descanso para os atletas) que acontece sempre ao longo mês de julho.

Foto: Agência Ophellia


SPTuris e Fórmula E se reúnem com órgãos públicos para discutor prova de 16 de março

Publicado 28/02/2024 23:36

Diversos órgãos públicos participaram de uma reunião operacional na manhã desta terça-feira, 27 de fevereiro, no Auditório Bruno Covas, no centro de São Paulo, para organizar os preparativos da Fórmula E, corrida que será realizada em 16 de março no Sambódromo do Anhembi.

O encontro foi organizado pela São Paulo Turismo (SPTuris, empresa de turismo e eventos da Prefeitura de São Paulo) e teve a presença dos organizadores da categoria com representantes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros, das Subprefeituras, SPTrans, Vigilância Sanitária, SP Regula, GCM, Metrô, GL Events, Hotel Holiday Inn, e outros envolvidos.

Entre os pontos levantados na reunião estavam a divulgação sobre os locais de acesso e bloqueios viários feitos nos dias que antecedem a prova e, principalmente, no dia do evento.

“A reunião de hoje é um grande exemplo de como a cidade de São Paulo está preparada para receber e apoiar grandes eventos. Sob a coordenação da São Paulo Turismo, que é o ponto de apoio de todos os órgãos, é impressionante identificar como todo mundo tem a percepção e a expertise para apoiar um evento dessa magnitude. Para nós, é mais um indício do grande sucesso de operação que a corrida vai se tornar", comentou Guilherme Birello, organizador local do E-Prix de São Paulo.

"Nenhum grande evento acontece em São Paulo sem a participação e o apoio dos órgãos públicos. Essa reunião é importante para organizar todos os detalhes e buscar a melhor experiência possível para o público. Desde o meio de transporte escolhido para chegar ao local, a previsão do mínimo de impacto no trânsito, até a facilidade dos acessos e garantia de segurança para todos", afirmou Gustavo Pires, presidente da SPTuris.

Transporte e acessos

Para quem for de carro, haverá estacionamento, mas a recomendação principal é que o público vá ao Anhembi de transporte público (metrô e ônibus) ou de táxi, que terão acessos mais próximos às entradas. A organização da corrida colocará diversas pessoas da equipe treinadas para orientar as pessoas no entorno.

Uma das novidades de acesso do público para esta edição de 2024 será uma opção de entrada (1) na chamada área da Dispersão do Sambódromo – próximo à Ponte da Casa Verde e Av. Brás Leme. O outro portão de acesso será pela Avenida Olavo Fontoura (4), mais perto da Praça Campo de Bagatelle e Ponte das Bandeiras.

Além disso, todos os setores terão uma área reservada para pessoas com deficiência (PCD) poderem assistir à corrida com conforto e segurança.

Entretenimento

Assim como a edição de 2023, será montada uma Fan Village na área atrás das arquibancadas dos setores A ao E, com diversas atrações de lazer, alimentação e bebidas. E como forma de atender também o público que estará do outro lado da pista, também haverá mais atividades e estrutura disponível no lado da Av. Olavo Fontoura, nos setores F, G e H.

Outra iniciativa inédita neste ano será a “Sunset Party”, uma festa logo após o término da corrida, que usará o próprio pódio como palco para DJs e artistas agitarem o público até o fim da tarde. A previsão é que essa festa aconteça entre 15h e 18h.

A organização ainda reforçou os locais de sombra e pontos de hidratação.

Mais informações: https://formulae.eleventickets.com/?gad_source=1#!/home

A CET e SPTrans divulgam a operação detalhada de bloqueios e desvios de linhas de ônibus nos dias anteriores ao evento: https://www.cetsp.com.br / https://www.sptrans.com.br

Sobre a Fórmula E e 'ABB FIA Formula E World Championship':

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA - Federation Internationale de l'Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão ao esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que acelerem a transformação industrial.

www.abb.com

Foto: Daniel Deak/ SPTuris


Troféu Sabesp reúne 120 jovens no Speed Park

Publicado 28/02/2024 12:01

O Troféu Sabesp ocorreu em fevereiro no Speed Park Kartódromo Internacional de Birigui, no interior de São Paulo. O evento, que foi gratuito, contou com a participação de 120 jovens, oferecendo aulas de kart e competições na pista.

Além das atividades práticas na pista, os participantes também tiveram acesso a palestras e aspectos teóricos do projeto, visando desenvolver habilidades e conhecimentos necessários para uma pilotagem consciente e responsável.

O projeto foi realizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal e promovido pelo Speed Motor Clube com o apoio da Sabesp. Os alunos receberam um kit com camiseta, boné e medalha de participação, além de todo o conteúdo teórico e prático oferecido.

Na primeira fase do projeto, foram aceitos alunos com 13 anos completos e no mínimo 1,55m de altura, com limite de idade de 18 anos.

''Vejo o impacto positivo do nosso projeto na vida de tantos jovens e adolescentes. Desde o início, nossa meta era oferecer uma oportunidade única para aqueles que nunca tiveram contato com o kartismo, e ver 120 participantes engajados e entusiasmados é realmente gratificante''. 

''Valeu a pena ver o sorriso no rosto de cada jovem enquanto experimentavam a emoção de pilotar um kart pela primeira vez. Ver que 90% dos nossos alunos nunca tinham experiência anterior com o kart é um reflexo do que o Troféu Sabesp está tendo em nossa comunidade. Agradecemos também a todas as empresas que acreditaram no projeto'', contou Tamires Escudeiro Ferrari, do Speed Park. 

O evento no Speed Park, conhecido como um local de referência para pilotos profissionais, amadores e entusiastas do kart, começou com instruções básicas de preparação do veículo e segurança. Os participantes receberam orientações de treinamento para aprimorar suas habilidades de pilotagem, com especialistas coletando dados para futuras instruções.

Durante o evento, os participantes realizaram simulações de corrida com orientações para melhorar suas habilidades de pilotagem. As palestras abordaram temas como regras e segurança no trânsito, ética no dia a dia do trânsito, principais causas de acidentes e como se tornar um piloto de alto nível. 

Foto: @bebrow.studios e @luigibiancofoto


Brasileiro Ricardo Gracia Filho na Le Mans Cup 2024

Publicado 26/02/2024 22:47

O piloto Ricardo Gracia Filho confirmou sua nova equipe para a Michelin Le Mans Cup 2024. O paulista vai correr na Team Virage ao lado do paraguaio Oscar Bittar. A escuderia polonesa com base em Valência, na Espanha, é a atual campeã do evento.

A temporada terá seis provas e começará no Circuito de Barcelona-Catalunya, em 13 de abril e terminará no Circuito Internacional do Algarve em 19 de outubro. A série está aberta para protótipos de Le Mans na classe LMP3 e carros esportivos grand tourer na classe GT3.

Com 19 anos e bagagem no automobilismo europeu, Ricardo Gracia Filho explica que a categoria da Le Mans Cup tem características de endurance, diferentes do monoposto da Fórmula 4, onde competiu por duas temporadas.

''Foi um pouco diferente no começo nos treinos, mas eu me adaptei bem! Ainda tenho muito a aprender no novo carro, ao estilo de guiar e até à composição do pneu. Estava mais acostumado com carros de teto aberto com menos potência de motor e leve e agora são protótipos de LMP3. com motor mais forte'', disse Ricardo Gracia Filho, que será o único brasileiro na categoria.

Na Michelin Le Mans Cup 2024, as corridas têm aproximadamente um hora e meia e cada piloto corre 55 minutos. A meta agora é preservar o carro e economia de pneu e combustível, diferente do estilo sprint da categoria que Ricardo Gracia Filho disputou nos últimos anos.

''Meu objetivo é ser campeão, além de adquirir o máximo de experiência e melhores resultados possíveis. E no futuro meu foco é ser um piloto profissional de automobilismo'', completou o piloto patrocinado via Lei de Incentivo ao Esporte pela Sabesp.

O jovem piloto começou nas pistas aos seis anos como hobby ao lado do pai, Ricardo Gracia. Aos oito, Ricardinho fez suas primeiras corridas profissionalmente em São Paulo e depois aos 14 na Europa.

Entre os títulos estão: 3x campeão Brasileiro de Kart (2015, 2017 e 2020), campeão Copa Brasil de Kart 2019, ⁠campeão Paranaense de Kart 2015, ⁠vice-campeão Brasileiro de Kart (16) e ⁠campeão Sul-Brasileiro 2017.

Etapas

1ª - Espanha
Barcelona-Catalunya Montmeló - 13 de abril
2ª - França
Paul Ricard Le Castellet - 4 de maio
3ª - França
La Sarthe Le Mans, 14 e 15 de junho
4ª - Bélgica
Spa-Francorchamps Stavelot - 24 de agosto
5ª - Itália
Mugello Scarperia e San Piero - 28 de setembro
6ª - Portugal
Circuito Internacional do Algarve Portimão - 19 de outubro

Troféu Sabesp

O Troféu Sabesp teve início nesta semana no Speed Park Kartódromo Internacional de Birigui, no interior de São Paulo. O evento gratuito conta com aulas de kart e competições para iniciantes.

Nesta fase, o projeto contemplará as parte teóricas e práticas na pista, além de palestras para adolescentes de 13 anos completos e no mínimo 1,55m de altura. O limite de idade é de 18 anos.

O projeto é realizado via Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal, promovido pelo Speed Motor Clube com apoio da Sabesp.

O evento no Speed Park, templo da velocidade para pilotos profissionais, amadores e entusiastas do kart, começará com instruções básicas de preparação do monoposto e segurança No primeiro encontro com o kart, os alunos terão orientação de treino para aperfeiçoamento de pilotagem e especialistas coletarão os dados do treino para futuras instruções.
Sobre o Speed Park

Com aproximadamente 1,3 quilômetros de pista, o local possibilita mais de 40 traçados diferentes, e área superior a 130 mil metros quadrados. O Speed Park – Kartódromo Internacional de Birigui fica rua Hagime Saita, 4.001, acesso pela Rodovia Marechal Rondon, km 524 (entre Birigui e Araçatuba). O estacionamento e a entrada no kartódromo são gratuitos.

 




Engenheira brasileira na Fórmula E

Publicado 26/02/2024 12:41

Enquanto os pilotos do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E chamam a atenção do público e vivem a expectativa para a etapa de São Paulo, que acontecerá no dia 16 de março, centenas de profissionais atuam nos bastidores em busca da excelência, passando por áreas como administração, faxina e engenharia de veículos.

Uma delas é a brasileira Laís Campelo, engenheira de software e dados da Jaguar TCS Racing.

A profissional desenvolve aplicações de softwares que facilitam a vida dos demais engenheiros da empresa a visualizar dados. Dessa forma, eles conseguem economizar tempo e pensar em soluções mais amplas para os problemas que aparecem no dia a dia da equipe.

Laís é de Salvador, saiu do Brasil em 2007 e foi estudar em Manchester (ING), onde se formou em Física. Apaixonada por automobilismo, não pensou duas vezes antes de aceitar o convite da Jaguar.

"Resolvi pular nessa aventura e estou muito feliz. Minha mãe me inspira demais. Sempre a vi, assim como todos da minha família, muito dedicados aos seus trabalhos. Isso me inspira a dar o meu máximo sempre. Meus colegas de trabalho também são motivações. Quando você vê o outro se esforçando, acredita que deve fazer o mesmo e somos todos assim na equipe", comentou Laís.


Este será o segundo ano consecutivo em que o Sambódromo do Anhembi será o palco do E-Prix de São Paulo. Na temporada passada, a prova foi marcada pelo alto número de ultrapassagens e troca de liderança, e foi vencida pelo neozelandês Mitch Evans, da própria Jaguar. O pódio, aliás, teve domínio da fabricante britânica, com Nick Cassidy (Envision Racing, cliente da Jaguar) em segundo e Sam Bird em terceiro.

"No ano passado, tive a oportunidade de ir a São Paulo e assistir à etapa brasileira. Pude estar com o meu time e felizmente tivemos uma grande vitória. Foi especial estar ali com todo mundo. Agora, temos que trabalhar para repetir o resultado em 2024", acrescenta a engenheira.

A etapa de São Paulo será a quarta do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E de 2024, no circuito montado no Sambódromo do Anhembi. Os ingressos para o E-Prix de São Paulo estão à venda e podem ser adquiridos através do site da Eleven Tickets. 

Nas três primeiras provas desta temporada, os vencedores foram Pascal Wehrlein (ALE), da Tag Heuer Porsche; Jean-Éric Vergne (FRA), da Andretti, e Oliver Rowland (GBR), da Jaguar.
 
"A competição deste ano em São Paulo deve ser mais difícil do que a do ano passado, porque os competidores têm mais informações sobre carros e estratégias. Em 2023, estava todo mundo meio que aprendendo a correr com a nova geração do carro. Então, acredito que a disputa vai ser bem mais acirrada", finaliza Laís.

 


Resultados da Copa ICS - Volta da Ilha das Cabras 2024

Publicado 26/02/2024 11:18

A regata de estreia da vela oceânica paulista ocorreu neste sábado (24) com a disputa da primeira etapa da Copa ICS - Volta da Ilha das Cabras. A prova de 15 milhas náuticas reuniu 23 veleiros na baixada santista.

Barcos das classes ORC, RGS nas categorias A, B e Mini 6,5 correram a regata, que foi marcada por muito calor nas primeiras horas e ventos de fraca intensidade. A parte tática fez a diferença para as equipes no percurso entre as cidades de Santos e Guarujá, obrigando os barcos a beirar a costa.

O evento, que teve apoio da ABVO - Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, teve como Fita-Azul e vencedor na ORC o S40 King.  Logo na largada, os dois S40 Inae Soto Transbrasa e King pularam na frente, vendo o Asbar IV atrás. O veleiro de Bayard Neto ficou a frente em boa parte da prova, mas foi superado na parte final pelo time de Marcello Sestini.

''O barco King é um Soto40 é muito competitivo, um veleiro preparado para correr regatas e andar rápido até em ventos fracos'', disse Alejandro Alex.

O vencedor King fez a regata em 2 horas e 39 minutos, levando no tempo corrigido. Entre os RGSs, o melhor foi o Fantasma (Marcello Polonio) seguido por Cooperação (Thiago Santana) e Peppa XIX (Paulo Ferraz).

''Esse evento representa muito. O ICS representa a vela Santos e levar mais de 20 barcos mostra que estamos no caminho certo'', contou Jonas Penteado - vice-comodoro do ICS e comandante do Asbar.

A próxima disputa em São Paulo será no Yacht Club de Ilhabela com a Copa Mitsubishi 2024. As regatas iniciais serão em março nos dias 2,3,9 e 10. Estão convidados os velejadores de oceano das classes ORC, C30, HPE-25, BRA-RGS, Clássicos e Bico de Proa. 

O campeonato é dividido em quatro etapas durante o ano, tradicionalmente em março, junho, setembro e novembro.

Em 2023, o campeão geral da ORC foi o Xamã, de Sergio Klepacz. Na bico de Proa, a primeira colocação foi do Blu 1. Os vencedores do HPE25 foram os tripulantes do Ginga.

Sobre a ABVO

Fundada em 1955, a Associação Brasileira de Veleiros de Oceano é a única entidade de promoção da Vela de Oceano no Brasil. Braço oficial da Confederação Brasileira de Vela (CBVela), a ABVO é responsável por organizar competições anuais e contribuir para o legado de um dos esportes mais vitoriosos do país, tanto nas classes olímpicas quanto nas não olímpicas.

A ABVO tem o santista Bayard Umbuzeiro Neto como Comodoro, o bicampeão olímpico Torben Grael como 1º Vice-Comodoro, e Paulo Cezar Gonçalves, o Pileca, como 2º vice-Comodoro.

Dentre os objetivos da atual gestão, estão promover a otimização e a racionalização do calendário nacional, estreitar o relacionamento com os clubes para viabilizar eventos e agregar um maior número de barcos participantes das diversas flotilhas regionais, oferecer suporte técnico em todos os níveis para as competições, otimizar a apuração instantânea dos resultados e articular com o Governo Federal incentivos tributários e melhores condições para a importação de embarcações, entre outros.

Foto: Flávio Perez | On Board


Inaê Soto Transbrasa volta às regatas com pódio

Publicado 25/02/2024 22:51

O veleiro Inaê Soto Transbrasa conquistou a segunda colocação na estreia da temporada 2024 da vela oceânica. A equipe disputou neste sábado (24) a tradicional Regata Volta da Ilha das Cabras válida pela Copa ICS - Iate Clube de Santos.

A tripulação comandada por Bayard Neto fez a prova de 15 milhas náuticas em 2 horas e 42 minutos, sendo superada apenas pelo King, de Marcelo Sestini, fita-azul e ganhador no corrigido na ORC. Ao todo, a regata contou com 23 barcos.

Logo após o tiro de largada, os dois S40 Inae Soto Transbrasa e o King pularam na frente, vendo o Asbar IV atrás. O veleiro de Bayard Neto ficou a frente em boa parte da prova, mas foi superado na parte final pelo time de Marcello Sestini.

O resultado foi comemorado por Bayard Neto, já que o Inaê Soto 40 passou reformas e ficou sem competir na categoria após um acidente. ''Foi a primeira regata do ano abrindo a temporada no nosso estado. Depois de seis meses parado e com muitos problemas no meio do caminho, a gente conseguiu colocar o barco na água sem pressão. Foi bom para ver o que precisa ser feito e corrigido'', explicou Bayard Neto.

Barcos das classes ORC, RGS nas categorias A, B e Mini 6,5 correram a regata, que foi marcada por muito calor nas primeiras horas e ventos de fraca intensidade entre as cidades de Santos e Guarujá.

Sobre a Transbrasa

A Transbrasa é reconhecida pela inovação e qualidade nos serviços de armazenagem, como recinto alfandegado independente e de transportes. Possui a missão de trabalhar para o desenvolvimento e o progresso, com apelo social e respeito ao meio ambiente, objetivando a satisfação do cliente, resultado de eficiência e lucros. 

 


Volta da Ilha das Cabras abre temporada de regatas em São Paulo

Publicado 23/02/2024 09:29

No próximo sábado, dia 24, será realizada a primeira etapa da Copa ICS de Vela Oceânica com a Volta da Ilha das Cabras, destinada aos veleiros das classes ORC e RGS nas categorias A, B e Mini 6,5. O evento conta com o apoio da ABVO - Associação Brasileira de Veleiros de Oceano e espera reunir mais de 20 veleiros.

A largada está agendada para as 11h no Iate Clube de Santos, e a regata terá um percurso de 15 milhas náuticas. A previsão do tempo aponta ventos de fraca intensidade e calor intenso na região da baixada santista.

Em 2023, o barco Phytoervas 4Z sagrou-se vencedor da regata de estreia da temporada, conquistando a Volta da Ilha das Cabras no tempo corrigido da classe ORC e sendo premiado como Fita-Azul, o primeiro a cruzar a linha de chegada.

Os velejadores do Phytoervas lideraram a regata de ponta a ponta, completando o percurso em 2 horas, 53 minutos e 13 segundos. Em segundo lugar ficou o Asbar 4, seguido pelo Inaê Soto Transbrasa.

"A abertura da temporada 2024 da vela promete muito equilíbrio, como sempre, nas principais classes de oceano. As equipes paulistas entram com energia renovada para mais uma temporada repleta de regatas. Vamos ver como foram as atualizações de equipes e, principalmente, as novas e renovadas embarcações", comentou Bayard Neto, comodoro da ABVO e velejador.

Sobre a ABVO

Fundada em 1955, a Associação Brasileira de Veleiros de Oceano é a única entidade de promoção da Vela de Oceano no Brasil. Afiliada à Confederação Brasileira de Vela (CBVela), a ABVO é responsável por organizar competições anuais e contribuir para o legado de um dos esportes mais vitoriosos do país, tanto nas classes olímpicas quanto nas não olímpicas.

A ABVO é presidida por Bayard Umbuzeiro Neto, com Torben Grael, bicampeão olímpico, como 1º Vice-Comodoro, e Paulo Cezar Gonçalves, conhecido como Pileca, como 2º Vice-Comodoro.

Dentre os objetivos da atual gestão, estão a promoção da otimização e racionalização do calendário nacional, o fortalecimento do relacionamento com os clubes para viabilizar eventos e aumentar o número de barcos participantes das diversas flotilhas regionais, a oferta de suporte técnico em todos os níveis para as competições, a melhoria na apuração instantânea dos resultados e a articulação com o Governo Federal em busca de incentivos tributários e melhores condições para a importação de embarcações, entre outros.

 


Com visuais deslumbrantes, novo percurso curto do L'Étape Cunha é anunciado

Publicado 23/02/2024 00:11

A organização do L'Étape Cunha by Tour de France 2024 revelou o novo percurso curto da competição, oferecendo aos participantes uma experiência desafiadora e renovada. Com a largada e chegada em Cunha, o trajeto de 59 km e 1.300 metros de altimetria promete surpreender os participantes.

A alteração no percurso foi baseada em uma pesquisa com os atletas inscritos, onde a maioria expressou o desejo de enfrentar novos desafios. Segundo Fernando Cheles, Diretor Técnico da prova, a mudança é uma resposta direta aos anseios dos atletas, em busca de um equilíbrio entre desafio e segurança.

Além disso, o novo trajeto, ligeiramente mais longo que o anterior, oferece visuais deslumbrantes das serras da Bocaina, do Mar e da Mantiqueira.

"É uma estrada muito bonita, que vai proporcionar uma pedalada ainda mais especial aos atletas", afirma Cheles.

O antigo percurso curto, realizado nas edições de 2015, 2016, 2017 e 2023, tinha 54 km e 1.400 metros de altimetria acumulada. A mudança para 2024 visa proporcionar uma experiência mais permissiva, mantendo a exigência técnica, mas com menos trechos de inclinação acentuada, tornando a prova mais acessível aos participantes.

“Esse novo percurso é muito mais permissivo, sem tantos trechos de altíssima inclinação, que exigem mais da parte técnica e dos equipamentos. Ainda é uma prova muito desafiadora, continua tendo muitas subidas acumuladas, porém o nível de exigência técnica, motora e também do equipamento é menor”, completa o Diretor Técnico da prova.

Ciclistas veteranos, como Elisabete Villalobos, que participa do L'Étape há nove anos, compartilham o entusiasmo pelo novo percurso.

"Adorei o novo trajeto, pois o desafio começa com tempo para se aquecer até as subidas íngremes com paisagens arrebatadoras. A chegada na cidade é realmente a 'cereja' do bolo", afirma a ciclista.

A prova em Cunha está confirmada para acontecer de 5 a 7 de abril, e os ciclistas intensificam a preparação para enfrentar as subidas intermitentes e curvas diferenciadas da região. A expectativa é de um aumento no número de inscritos, mantendo o L'Étape Brasil como uma das provas mais importantes do ciclismo amador no país.

Em 2024, os atletas inscritos no L’Étape Brasil em Cunha poderão optar por um dos dois trajetos: o curto, com 59 km e 1.300 metros de altimetria acumulada, ou o longo, com 110 km e 2.870 metros de altimetria.

As inscrições seguem abertas no site do L’Étape Brasil.

Clique abaixo e assista os melhores momentos da prova em Cunha 2023:


 O L'Étape Brasil

O L'Étape Brasil by Tour de France é uma das provas mais importantes do ciclismo amador do país. Em 2024 completa dez anos no país e terá três etapas: em Cunha, em abril, no Rio de Janeiro em junho, e em Campos do Jordão, em setembro.

O evento possui 30 etapas espalhadas pelo mundo. Entre os países que recebe as etapas amadoras estão: México, Canadá, Colômbia, República Tcheca, Dinamarca, França, Equador, Grécia, Brasil, Indonésia, Bolívia, Estados Unidos, Espanha, Romênia, Eslovênia, Eslováquia, Suíça, Portugal, Holanda, Bulgária, Chipre, Malásia e Tailândia.

O Tour de France é a mais tradicional prova do ciclismo de estrada mundial, assim como o maior evento esportivo anual do mundo. Criado em 1903, o Tour de France reúne a nata do ciclismo: somente os melhores do mundo podem percorrer os 3.600 km da competição. É um evento de 22 dias (sendo apenas 2 dias de descanso para os atletas) que acontece sempre ao longo mês de julho.

Foto: Fernando Genaro


Barco Show tem mais de 90% dos estandes vendidos na Bahia

Publicado 22/02/2024 23:40

O Barco Show Bahia 2024 tem praticamente todos os estandes confirmados para a edição da Bahia. O evento será realizado entre os dias 7 a 10 de março, no Terminal Náutico da Bahia, em Salvador (BA).

São esperados mais de 40 expositores de toda a cadeia produtiva náutica, além do turismo nas cidades e regiões apresentadas. A edição deste ano no Terminal Náutico da Bahia terá 2.500 m² de área para exposição seca e 200 m para exposição molhada.

A feira proporciona uma oportunidade exclusiva para exposições, lançamentos, entretenimento e transações comerciais relacionadas ao setor náutico.

''O evento é fundamental para quem faz parte do setor náutico e deseja apresentar seus produtos e serviços para um público qualificado e apaixonado. É o maior da região Norte e Nordeste. No ano passado, por exemplo, mais de R$50 milhões em negócios foram feitos'', contou Hugo Leonardo, CEO da Barco Show. 

A Barco Show confirmou o calendário de 2024 desta que é considerada a maior feira náutica do Norte-Nordeste do Brasil. O evento, que chega à sua terceira edição nesta temporada, visitará Salvador (BA), de 7 a 10 de março, Aracajú (SE) de 22 a 24 de março, Manaus (AM) de 25 a 28 de julho, e Recife (PE) de 24 a 27 de outubro.

Após uma bem-sucedida expansão nos estados de Sergipe e Amazonas no ano passado, a Barco Show Eventos retorna à sua origem com uma experiência ainda mais enriquecedora, pronta para elevar o padrão da edição Bahia em 2024.

Em 2024, haverá ainda um sorteio de um jet ski entre os convidados. A Barco Show eventos é uma empresa genuinamente baiana, situada na cidade de Salvador, que nasceu com o intuito de promover e auxiliar a cultura náutica no estado da Bahia e região.

Link para ingressos – https://www.sympla.com.br/evento/barco-show-bahia-2024/2248662?

07-03-2024 - Quinta feira:

13:00 - Cerimônia Oficial de Abertura;
14:00 - Abertura dos portões público geral;
21:00 - Encerramento

08-03-2024 - Sexta feira:

14:00 - Abertura dos portões público geral;
19:00 - Degustação de vinhos e charutos;
21:00 - Encerramento

09-03-2024 - Sábado:

14:00 - Abertura dos portões público geral;
17:00 - Desfile de barcos;
21:00 - Encerramento

10-03-2023 - Domingo:

13:00 - Abertura dos portões público geral;
20:00 - Encerramento

O Banco Alfa será a financiadora oficial gerando taxas e condições exclusivas durante o evento para todos os participantes da Barco Show em Salvador (BA).

Foto: Fernando Fernandes


CEO da Fórmula E faz aposta se alguém bater Verstappen na F1 2024

Publicado 22/02/2024 12:33

O mundo do automobilismo repercutiu, nesta quarta-feira (21), a entrevista do a CEO da Fórmula E, Jeff Dodds para a TNT Sports, onde o mandatário da categoria dos carros elétricos prometeu doar US$ 250 mil - mais de R$ 1 milhão para instituições de caridade caso algum piloto consiga derrotar o holandês Max Verstappen na temporada 2024 da Fórmula 1.

A declaração tem como objetivo destacar a imprevisibilidade da categoria Fórmula E - especialmente quando comparada à F1 - e fazer uma doação substancial para uma causa beneficente. A Fórmula E a cada temporada tem um piloto diferente conquistando o Campeonato Mundial. Apenas um piloto foi bicampeão mundial de Fórmula E, que foi o francês Jean-Éric Vergne.

"Se algum dos outros 19 pilotos ganhar, daremos um quarto de milhão de dólares à instituição de caridade escolhida por ele", afirmou Jeff Dodds durante uma entrevista na TNT Sports para o ex-jogador de futebol e apresentador Jermaine Jenas.

Em 2024, a F-E está em sua décima temporada e nas três primeiras corridas do ano, três pilotos diferentes subiram ao degrau mais alo do pódio. A próxima etapa será em São Paulo, no Brasil. ''Espero que em São Paulo a gente mantenha esse momento''.

O alemão Pascal Wehrlein venceu na Cidade do México e na rodada dupla da Arábia Saudita foram o britânico Jake Dennis e o neozelandês Nick Cassidy.

A corrida paulistana será a quarta do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E de 2024, no circuito montado no Sambódromo do Anhembi. Os ingressos para o E-Prix de São Paulo estão à venda e podem ser adquiridos através do site da Eleven Tickets

Sobre a Fórmula E e 'ABB FIA Formula E World Championship':

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA - Federation Internationale de l'Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão ao esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que acelerem a transformação industrial.

www.abb.com

 


F-E prestigia evento de sustentabilidade na capital paulista

Publicado 22/02/2024 12:26

A comitiva do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E em São Paulo participou, nesta quarta-feira (21), do evento que marcou a assinatura dos decretos que declaram de utilidade pública 32 áreas verdes particulares de São Paulo (SP) ao lado do prefeito Ricardo Nunes e de seus secretários. Serão 16.531 hectares no total, o equivalente ao tamanho da cidade de Paris, na França,

O evento, realizado no Parque Linear Córrego do Bispo, na Zona Norte, apresentou números que colocam a capital como a Cidade Verde. O trabalho visa a garantir que mais 10,9% do território da maior cidade da América Latina seja transformado em área de preservação ambiental, somando-se aos atuais 18.280 hectares.

Com isso, a cidade passará a ter 26% de seu território sob proteção das gestões municipal, estadual ou da federação. Ricardo Nunes novamente destacou a importância da F-E, que volta a São Paulo em 16 de março, com a quarta etapa da temporada 2024 no Sambódromo do Anhembi.

''A Fórmula E, que está presente na capital desde o ano passado, tem fundamental importância para essa cidade, que fala muito sobre sustentabilidade e carros elétricos. A F-E tem tudo a ver com São Paulo, que hoje assina um decreto com mais de 1/4 da cidade de área de preservação'', disse Ricardo Nunes.

''Se você não tiver a conscientização das pessoas não terá o sucesso que se deseja. Quando tem a Fórmula E com uma corrida internacional aqui é possível difundir essa informação. A prefeitura oferece incentivo a carros elétricos e estamos fazendo o processo de substituição dos ônibus (elétricos). A corrida Fórmula E ajuda na economia da cidade e gera muito emprego e renda, mas tem a conscientização pela sustentabilidade''.

A Fórmula E levou mais uma vez seu show car estilizado por Adhemar Cabral. A instalação artística é feita com sucata eletrônica e outros materiais reciclados, além de plantas brasileiras vivas e irrigadas, em composição feita pela florista Sandra Bacchin, além de colaboração da ONG Sucataria São Paulo.

Ao lado do prefeito estavam Guilherme Birello, coordenador da F-E São Paulo, e Bruno Grassi, também integrante da organização do evento.

Os ingressos para o E-Prix de São Paulo estão à venda e podem ser adquiridos através do site da Eleven Tickets

O Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E e a São Paulo Turismo/SPTuris fizeram na semana passada um evento para jornalistas e influenciadores no centro da cidade sobre a contagem regressiva de um mês para a corrida.

Guilherme Birello, diretor da Fórmula E local, e Gustavo Pires, presidente da SPTuris, falaram dos desafios de receber pela segunda vez a categoria dos carros elétricos. Alex Peixe, chefe de gabinete da SPTuris, e Sandro Cuoghi, diretor de negócios SPTuris, também estiveram no local.

A expectativa é receber 25 mil pessoas no Sambódromo do Anhembi. Uma das novidades é que após a corrida, um show surpresa será aberto a todos os presentes na reta principal da passarela do samba.

''A Fórmula E mobiliza a cidade de São Paulo e o Brasil como um grande chamariz para uma alta sustentabilidade, mobilidade elétrica e meio ambiente. Não à toa, a F-E terá junto a semana da sustentabilidade, justamente dias antes do evento'', disse Gustavo Pires.

Na pista, 22 carros e 11 equipes vão acelerar em busca da vitória neste campeonato equilibrado. Nas primeiras etapas do ano, três vencedores diferentes. A pista conta com aproximadamente 3 km de extensão e três grandes retas, sendo uma delas a maior da Fórmula E - com 750 m.

Sobre a Fórmula E e 'ABB FIA Formula E World Championship':

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA - Federation Internationale de l'Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão ao esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que acelerem a transformação industrial.

www.abb.com

foto: VaiFoto/ Duda Bairros




Crianças e adolescentes da Casa do Zezinho conhecem mais sobre a Formula E

Publicado 21/02/2024 07:46

As crianças e adolescentes da Casa do Zezinho, projeto social de destaque na Zona Sul de São Paulo (SP), foram apresentados ao mundo do Campeonato Mundial ABB FIA Fórmula E nesta terça-feira (20), na sede da entidade.

Integrantes da categoria dos carros elétricos e personalidades do mundo do automobilismo, como a piloto Bia Figueiredo conversaram com os jovens e mostraram o crescimento da categoria, que volta à capital paulista em 16 de março, na quarta etapa da décima temporada da F-E. 

A Casa do Zezinho, que completa 30 anos em 2024, recebeu também o show car da Fórmula E estilizado por Adhemar Cabral com plantas e produtos para reciclagem e lixo eletrônico fornecidos pela Sucataria São Paulo. 

O carro conceito na sede da Casa do Zezinho tem as medidas reais do Gen3, que estará na pista do Sambódromo do Anhembi no mês que vem. A expectativa é receber 25 mil pessoas. Antes, o show car passou pelo Camarote do Prefeito Ricardo Nunes no carnaval.

''A educação das crianças que vai trazer um mundo melhor para todo mundo! É uma missão da F-E deixar esse legado, apoiando e revertendo os ingressos para projetos e instituições como essa. Eles estão tão preocupados com o futuro quanto a Fórmula E'', explicou Guilherme Birello diretor da Fórmula E no Brasil.

As crianças do projeto social escreveram mensagens para as gerações futuras e colocaram no carro estilizado. Muitos colocaram o sonho de ser um atleta ou piloto profissional, já outros o objetivo de ter uma profissão de destaque, como é o objetivo da Casa do Zezinho.

Parte da renda dos ingressos solidários da Fórmula E 2024 em São Paulo serão revertidos para a Casa do Zezinho. As entradas para o E-Prix já estão à venda e podem ser adquiridas por meio do site da Eleven Tickets.

''A Fórmula E é um evento comprometido com a mobilidade sustentável, que visa combater a poluição do ar e diminuir os efeitos das mudanças climáticas, valores sustentáveis e de transformação social que também multiplicamos na Casa para nossos Zezinhos e Zezinhas'', contou a fundadora da ONG, Dagmar Rivieri, conhecida como Tia Dag.

''A parceria traz benefícios para todos os lados, tanto para quem compra os ingressos por valores mais baratos e para as ONG's que recebem essas arrecadações. Todo valor arrecadado será fundamental para alcançarmos nossa meta, que é contribuir na manutenção nas diversas áreas da Casa e também de seguirmos firmes com nossa missão de transformar vidas por meio da educação''.

As obras de adequação da passarela do samba para uma corrida de carros elétricos já começaram.  Na pista, 22 carros e 11 equipes vão acelerar em busca da vitória neste campeonato equilibrado.

Nas primeiras etapas do ano, três vencedores diferentes. A pista conta com aproximadamente 3 km de extensão e três grandes retas, sendo uma delas a maior da Fórmula E - com 750 m.

''É muito legal conversar com as crianças e adolescentes e mostrar a importância da sustentabilidade, mobilidade urbana e igualdade de gênero. Vi muitas meninas que conhecem bastante da modalidade e isso é muito importante'', contou Bia Figueiredo, maior nome do automobilismo feminino do Brasil e responsável pelo Girls on Track no país pela Fórmula E.

Sobre a Casa do Zezinho

A Casa do Zezinho é uma organização sem fins lucrativos que atende mais de 1.000 crianças, adolescentes e jovens. Oferece acesso gratuito a bilinguismo, gastronomia, programação, audiovisual, artes, esportes e alimentação de qualidade. Estas oportunidades farão com que os atendidos rompam as barreiras da exclusão e sejam protagonistas para a construção de uma sociedade mais justa. Fundada em 1994, por Dagmar Rivieri, conhecida como Tia Dag, a ONG fica localizada no Capão Redondo, zona sul de São Paulo.

Sobre a Fórmula E e 'ABB FIA Formula E World Championship':

Primeiro campeonato mundial elétrico da FIA - Federation Internationale de l'Automobile, a Fórmula E desponta como único esporte neutro em carbono da história, certificado desde a concepção.

O Campeonato Mundial de Fórmula E da ABB FIA realiza corridas eletrizantes ao redor das cidades mais icônicas do mundo, onde tornou-se importante plataforma internacional para o desenvolvimento da tecnologia de veículos elétricos e a promoção da mobilidade limpa, através do automobilismo de alta-performance.

Na Fórmula E, equipes e parceiros unem-se pela paixão ao esporte e pela crença no potencial para acelerar o progresso sustentável, criando um futuro melhor para as pessoas e para o planeta.

www.FIAFormulaE.com

Informações à imprensa: media@fiaformulae.com

Sobre a ABB:

A ABB é líder tecnológica em eletrificação e automação, permitindo um futuro mais sustentável e eficiente. As soluções da empresa conectam conhecimento de engenharia e software para otimizar processos de fabricação, transporte, alimentação e operação. Com mais de 130 anos de excelência, os cerca de 105.000 funcionários da ABB atuam comprometidos em impulsionar inovações que aceleram a transformação industrial.

Foto: Luis França


Lars Grael e Maurício Bueno vencem 80ª Regata Darke de Mattos

Publicado 19/02/2024 11:49

Lars Grael e Maurício Bueno venceram a 80ª edição da regata Darke de Mattos, prova disputada neste sábado (17), no Iate Clube do Rio de Janeiro. A disputa com barcos das classe Star contou com 12 duplas.

Os ventos na capital fluminense foram fortes na direção sudoeste, que aumentaram o desafio dos participantes. A regata mais antiga do ICRJ foi particularmente rápida e com várias transições de vento.

A segunda posição ficou com Admar Gonzaga Neto Ronald Seiffert. Campeões em 2023, Carlos Dohnert e Gustavo Kunze ficaram em terceiro desta vez.

''Foi uma honra ganhar com o Lars essa regata. Foi a minha primeira vitória depois de várias participações. É uma regata tradicional da classe Star e foi muito divertido'', disse Maurício Bueno.

A 80ª edição da regata Darke de Mattos teve apoio da CBVela e da Avène. A marca francesa de dermocosméticos é patrocinadora da CBVela - Confederação Brasileira de Vela desde dezembro de 2023. A primeira ação da Avène com a entidade máxima da vela brasileira foi na 52ª edição do Mundial da Juventude de Búzios (RJ), no ano passado.

Sobre a CBVela

A Confederação Brasileira de Vela (CBVela) é a representante oficial da vela esportiva do país nos âmbitos nacional e internacional. É filiada à Federação Internacional de Vela (World Sailing) e ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A vela é a modalidade com o maior número de medalhas de ouro olímpicas na história do esporte do Brasil: oito. Ao todo, os velejadores brasileiros já conquistaram 19 medalhas em Jogos Olímpicos.

A CBVela foi a primeira confederação esportiva brasileira a integrar a Rede Brasil do Pacto Global da ONU e a incorporar a agenda global da sustentabilidade – a Agenda 2030, com seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – ao seu planejamento estratégico.



Bons negócios

Mini Cooper apresenta nova versão elétrica E Classic

Univali seleciona empresas parceiras para expansão internacional

Fiat apresenta nova picape Titano


Veículos

Motos

Ys150 Fazer Sed

R$ 15.900,00

Motos

Biz 125

R$ 14.700,00

Motos

Xre 300 Abs

R$ 30.900,00

Automóveis

Vendo Renault Logan

R$ 19.000,00

Motos

Adv 150

R$ 22.900,00

Motos

Biz 125

R$ 15.900,00

Motos

Xre 300 Abs

R$ 30.900,00

Motos

Biz 125

R$ 15.300,00


Imóveis

Apartamento

Alugo Apto Em Bc

Apartamento

Vende-se Cobertura

R$ 340.000,00

Comercial

Sala Comercial

R$ 3.000,00

Apartamento

Vendo Apto Mobiliado

R$ 470.000,00

Comercial

Vendo Ou Alugo

R$ 30.000,00


Empregos

Tenho vaga para

Fetrammasc Contrata

Ofereço-me para trabalhar

Diarista / Auxilar De Cozinha

Ofereço-me para trabalhar

Diarista (residências, Comércio, Escritórios)

Ofereço-me para trabalhar

Pedreiro Com Boas Referências

Ofereço-me para trabalhar

Doméstica, Passadeira, Cozinheira

Tenho vaga para

Navtruk Contrata

Ofereço-me para trabalhar

Diarista Pós Obra, Consultórios, Casa

Tenho vaga para

Coordenador Comercial


De tudo

Esporte e saúde

Cantinho Da Massagem

Comércio, escritório e indústria

Grampear Comércio E Assistência

Diversos

Vendo Cd's E Dvds De Rock, Blues, Mpb E Outros

Esporte e saúde

Psicólogo Gabriel






Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

ENQUETE

Sacolas plásticas terão que ser substituídas por ecológicas em Itajaí

Estava na hora e espero que a prefeitura regulamente a lei de uma vez

Só não beneficia os pequenos comerciantes que terão que arcar com esse custo

Baboseira! As sacolas plásticas já são reutilizadas pela maioria das pessoas

Não tenho uma opinião formada a respeito



TV DIARINHO






Especiais

MEIO AMBIENTE

Ibama proíbe pulverização aérea de agrotóxico letal a abelhas, o tiametoxam

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica



Colunistas

JotaCê

Grande evento vai lançar Osmar candidato a prefeito

Show de Bola

Campanha de destaque

Direito na mão

Quem parou de pagar o INSS pode pedir aposentadoria?

Coluna Esplanada

Bola da vez

Empreender

Meeting de paradesporto

Coluna Exitus na Política

Os superespeciais

Via Streaming

A dona do poder

Na Rede

Veja os destaques do DIARINHO nas redes sociais

Histórias que eu conto

Anos cinquenta II

Coluna do Ton

Giro pelo mundo

Gente & Notícia

Dupla de estrelas

Ideal Mente

Precipitação

Jackie Rosa

Ai que calor!

Artigos

O novo Plano Diretor de Itajaí só tem vencedores

Coluna Existir e Resistir

United Colors Sarará

Foto do Dia

A ver navios




Blogs

A bordo do esporte

Inaê Sailing Team segue entre os primeiros da Copa Mitsubishi

Blog do JC

Não sabe de nada...

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯


Fotos







MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação