Matérias | Polícia


prefeitura de CAMBORIÚ

Cobravam propina para corte de Mata Atlântica

Operação mira ex-agentes da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam)

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Gaeco investiga funcionários da prefeitura que cobravam propina pra liberar corte de árvores (Foto: Divulgação)

Seis ordens de busca e apreensão foram cumpridas na quinta-feira em operação que investiga ex-agentes públicos que teriam cobrado propina para liberar cortes de árvores e obras de terraplanagem licenciados pela Fundação Municipal do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam).

As investigações seguem e buscam apurar o envolvimento de servidores que estariam liberando autorizações de corte com dados falsos, sem a realização dos trâmites administrativos ou estudos e pareceres técnicos e recolhimento das taxas. As facilidades eram liberadas mediante propina.

Um dos investigados seria o ex-presidente da Fucam, Valmor Dalago, que já foi exonerado do cargo. O DIARINHO tentou contato com Valmor, mas não recebeu resposta até o fechamento da edição ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


As investigações seguem e buscam apurar o envolvimento de servidores que estariam liberando autorizações de corte com dados falsos, sem a realização dos trâmites administrativos ou estudos e pareceres técnicos e recolhimento das taxas. As facilidades eram liberadas mediante propina.

Um dos investigados seria o ex-presidente da Fucam, Valmor Dalago, que já foi exonerado do cargo. O DIARINHO tentou contato com Valmor, mas não recebeu resposta até o fechamento da edição. Outros dois investigados são Ricardo Simas e Brenno Muniz. Os três foram exonerados da prefeitura de Camboriú há cerca de seis meses.



Os fatos são investigados pela 3ª Promotoria de Camboriú. As suspeitas são  de crimes como corrupção passiva, falsificação de documento público e a concessão de autorização em desacordo com as normas ambientais. O caso corre em segredo de justiça.

Em nota oficial, a Fucam alega que não houve cumprimento de ordens judiciais dentro da fundação. “A ação não aconteceu dentro das dependências da Fucam e as informações recebidas constam que há a possibilidade de envolvimento de ex-servidores”, informou.

O atual presidente do órgão é Edson Godinho Mafra Júnior.  e disse que está à disposição da justiça para fazer todos os esclarecimentos.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.239.154.201

TV DIARINHO






Especiais

MEIO AMBIENTE

Ibama proíbe pulverização aérea de agrotóxico letal a abelhas, o tiametoxam

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica



Blogs

A bordo do esporte

Inaê Sailing Team segue entre os primeiros da Copa Mitsubishi

Blog do JC

Não sabe de nada...

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação