Matérias | Geral


BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Última casinha da avenida Atlântica vai virar prédio

Moradia de 1956 foi comprada em 1973 por empresário

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Alvará de demolição já foi liberado (Foto: João Batista)



Conhecida como a “última casinha da avenida Atlântica” que ainda resiste em meio aos arranha-céus de Balneário Camboriú, a casa de madeira de número 4100 no endereço mais nobre da cidade será demolida e pode dar lugar a um prédio de 12 andares. O pedido de demolição e o protocolo do projeto foram feitos em dezembro pra análise da Secretaria de Planejamento.

O alvará de demolição foi emitido nesta quinta-feira pelo município. Já o novo projeto ainda não foi distribuído internamente pra análise na secretaria e vai aguardar a aprovação.

A área não tem limite pra altura de construções, mas a obra precisa respeitar os recuos laterais, frontal e nos fundos, o que restringe o aproveitamento do terreno. A secretaria não informou quem é o empreendedor.



A casa branca de esquadrias vermelhas tem 139,58 metros quadrados, ocupando a maior parte do terreno de 286,19 metros quadrados entre os edifícios Saint Tropez e o Joana do Mar, no trecho da avenida Atlântica na Barra Sul.

A moradia foi construída em 1956, numa área que integrava um terreno maior, de propriedade na época de um antigo casal de moradores.

Em 1973, a casa foi comprada pelo empresário de Itajaí Lio César de Macedo, que faleceu em 2016. Desde então, o imóvel estava sob responsabilidade dos filhos, o administrador Lio Cesar de Macedo Júnior e o engenheiro civil João Ferreira de Macedo Neto. A casa ainda era usada para o lazer da família, em ocasiões como Natal, Réveillon e Carnaval.


Matéria do DIARINHO em 2019

A história da casinha ganhou matéria no DIARINHO em 2019, quando uma foto postada pela fotógrafa Ghisleine “Naná” Koerich registrando o charme da moradia teve repercussão recorde no Instagram do DIARINHO.

Na época, João Ferreira de Macedo Neta relatou à reportagem que não havia o menor interesse em vender o imóvel, que poderia valer em torno de R$ 50 milhões, considerando a valorização só do terreno.

Ao longo do tempo, a família recebeu diversas ofertas de compra do imóvel, todas recusadas. A promessa era que o imóvel seria preservado pra lembrar a história da família no local, que sempre foi bem cuidado pelo patriarca Lio. O DIARINHO não conseguiu contato com a família pra saber se o imóvel foi vendido ou se os próprios herdeiros vão empreender no terreno.

Não resistiu à ocupação imobiliária


Na ocasião em que a foto de Ghisleine repercutiu no perfil do DIARINHO já se falava que o imóvel não conseguiria resistir ao avanço da ocupação imobiliária e que, a qualquer momento, a simpática casinha poderia virar um edifício, mesmo sendo o terreno limitado para um novo arranha-céu.

A possiblidade de os donos trocarem a casa por apartamentos num futuro prédio no terreno também foi comentada como possível negócio.

Na Atlântica ainda há moradias baixas, como sobrados na Barra Sul, pequenos prédios e a própria casa de praia do empresário Luciano Hang. Mas a casa 4100 é a última no estilo mais tradicional que remonta à época anterior às construções dos primeiros edifícios em Balneário. Apesar de icônica, a casinha não era protegida como patrimônio histórico.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.239.154.201

TV DIARINHO


Leilão de carros apreendidos em Santa Catarina deve ser mais agilizado com parceria entre Detran e Tribunal ...





Especiais

MEIO AMBIENTE

Ibama proíbe pulverização aérea de agrotóxico letal a abelhas, o tiametoxam

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica



Blogs

A bordo do esporte

Inaê Sailing Team segue entre os primeiros da Copa Mitsubishi

Blog do JC

Não sabe de nada...

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação