Matérias | Polícia


Júri popular  

Assassina de grávida é condenada a 56 anos de prisão

Ela foi condenada por homicídio qualificado e tentativa de homicídio

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Julgamento de Rozalba durou quase 20 horas Foto MP.

Rozalba Maria Grime, 27 anos, passa para a história policial catarinense como protagonista de um dos crimes mais bárbaros do Estado. Ela foi condenada na quinta-feira a 56 anos e 10 meses de prisão pela morte de Flávia Godinho Mafra, em agosto do ano passado – o conhecido “Crime de Canelinha”, em que a gestante foi barbaramente assassinada e teve o bebê retirado à força de seu útero.


O julgamento aconteceu na Câmara de Vereadores de Tijucas devido à necessidade de espaço e à repercussão do caso. Rozalba cumprirá pena imediatamente, em regime especial fechado no complexo prisional de São José – sua condenação aconteceu por maioria dos votos dos jurados.

A leitura do processo contra Rozalba iniciou logo às 8h30 da manhã, e estendeu-se até início da madrugada de quinta, quando a sentença foi lida. O julgamento foi presidido pelo juiz José Adilson Bittencourt e teve o depoimento de seis testemunhas de acusação. Rozalba tinha uma única testemunha, um irmão, que alegou estar com suspeita de covid-19 e não apareceu.

A ré acabou condenada por homicídio qualificado e tentativa de homicídio, além de outros quatro chamados “crimes conexos” – fraude processual, parto suposto, ocultação de cadáver e subtração de menor. Ela era ré confessa do crime. Os jurados ainda levaram em conta outro entendimento do Ministério Público: que houve feminicídio por motivo torpe. O sequestro da vítima e o uso de meio cruel contra ela agravaram ainda mais a situação.

O crime

O assassinato de Flavia chocou o Brasil, em 27 de agosto do ano passado. A gestante de 36 semanas foi convidada para um suposto chá de bebê, em Canelinha. Numa cerâmica desativada, ela foi morta com golpes na cabeça, teve sua barriga aberta com estilete e a criança retirada do útero.

Continua depois da publicidade



A amiga assassina confessou que engravidou em 2019, perdeu a criança e escondeu da família – diante dessa situação, planejou então roubar o bebê. As investigações levaram a polícia, na ocasião, à cerâmica, onde o corpo foi encontrado num forno, uma cena chocante não apenas para a família, mas até mesmo para peritos e jornalistas que compareceram no local.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.221.156

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 04/07/2022

Publicado 04/07/2022 21:18



Especiais

Cordeiros

Professora Rita de Cássia ensinou matemática a diferentes gerações de itajaienses

SUPERAÇÃO

Deficiência nunca impediu Jailton de fazer o que quis; até elevador em casa ele construiu

Centro de Itajaí

Bravacinas se transforma em referência em vacinação humanizada

Itajaí

Itajaí mantém protagonismo na pesca industrial

A riqueza vem pelo mar

Polo náutico reúne players mundiais do mercado de luxo



Blogs

Blog do Ton

Casa da Barra

A bordo do esporte

Classe HPE e V.elo fazem parceria no segmento de cabos náuticos para regatas

Blog do JC

Cleo

Blog da Ale Francoise

Chá de sabugueiro!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Doutor Multas

A Desentupidora mais próxima de você! Desentupidora de emergência 24h SP

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”

Renata Teixeira Pinto Viana

"Não se indica cigarro eletrônico para alguém que queira parar de fumar"

Governador de Santa Catarina

"É importante destacar que as obras só avançam por conta dessa decisão de colocar recursos dos catarinenses nas rodovias federais”

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação