Matérias | Polícia


Itajaí

Bandidagem invade casa de bagrão

Para provocar Ely, os safados largaram maconha na baia

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Nem mesmo Carlos Ely, policial federal aposentado e secretário de Segurança e Defesa do Cidadão da prefeitura de Itajaí, escapou das garras da bandidagem. Na noi­te de quarta-feira, ele teve sua casa, que fica no bairro Fazenda, arrombada, invadida e furtada. Os bandidos ainda deixaram no local duas buchas de maconha que, pro abobrão da Segurança, foi um simbolismo pra afrontá-lo por conta de sua luta contra as drogas. Na hora do atraque não tinha ninguém em casa e os la­drões levaram joias da família e uns aparelhos eletroeletrônicos.


O secretário de Segurança mora na rua Jorge Fernandes, na região da Fazenda. Pra entrar na baia, os bandidos arrombaram uma das portas com um pé-de-cabra, que foi deixado no local depois do furto ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O secretário de Segurança mora na rua Jorge Fernandes, na região da Fazenda. Pra entrar na baia, os bandidos arrombaram uma das portas com um pé-de-cabra, que foi deixado no local depois do furto. De lá, levaram uma bai­ta tevezona de 40 polegadas, um computador e algumas joias.

Carlos Ely acredita que pelo me­nos duas pessoas entraram na sua baia. Pro abobrão da Segurança, mais do que levar objetos de va­lor, os bandidos tinham a intenção de provocá-lo. “Eles não entraram com esse objetivo [de roubar]. Reviraram meu quarto, mas não houve destruição. Normalmente, quando é o casqueiro pé de chinelo, entra destruindo”, dispara o federa aposentado.

O chefão da segurança da city peixeira faz questão de dizer que o atraque à sua casa foi algo pla­nejado. Mas admite que não ima­gina quem possa ter sido o autor da invasão. “Não tenho suspeito. Foi uma afronta. Foi marcado ho­rário. Sabiam que eu estava traba­lhando”, argumenta, na tentativa de defender sua tese de que só foi vítima da bandidagem porque é se­cretário de Segurança.

Os dois torrões e o pé-de-cabra que foram encontrados na porta da casa é, pra Carlos Ely, outro indício de que os bandidos cometeram o crime em sua residência justa­mente pra provocá-lo. “Deixaram na entrada da casa, bem visível para eu enxergar”, comenta, completando: “Tive aqui e deixei um torrãozinho pra tu puxar um baseado”, ironiza, cabreiro.

Defensor de uma guarda mu­nicipal armada, Carlos Ely é um declarado inimigo do tráfico. Mesmo com a invasão da sua baia, ele faz questão de dizer que não tem medo da bandi­dagem. “Não é isso que vai me intimidar”, avisa. O boletim de ocorrência do arrombamento e do furto foi registrado na 1ª depê de Itajaí. As investigações estão sob o comando do delegado Car­los Quilante.

Continua depois da publicidade






Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.50.79

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 17/05/2022

Publicado 17/05/2022 22:27



Especiais

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC

Praia Brava

Via polêmica atrás da Lagoa do Cassino está em pauta



Blogs

Blog do JC

Candidatos daqui

A bordo do esporte

Boxing For You confirma Sportv, Combate e BandSports ao vivo no dia 29/05

Blog Doutor Multas

Especialista garante que dinheiro ‘físico’ vai acabar e criptomoedas estão com dias contados

Blog do Ton

Sócias de Brusque inauguram franquia da Hausz na cidade

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯