Colunas


Coluna Fato&Comentário

Por Edison d'Ávila -

Antonico Ramos e o sonho do vigia


Antônio Ramos (1891/1965), ou como era chamado por toda a cidade, Antonico Ramos, foi um empreendedor nato, o mais realizador e inovador da sua época, com criatividade e imaginação em negócios diversificados em Itajaí, pelo que veio a se tornar um grande capitalista.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Ele era filho de Antônio da Silva Ramos e Fortunata da Silva Mafra. A família da mãe, Silva Mafra, tinha grande conhecimento em Santa Catarina. Foi casado com Maria Cândida de Macedo Ramos e pai de Abílio, Osni, Cesar, Hélio, Félix e Irene.

Suas atividades comerciais começaram com armazém de secos e molhados, situado na esquina da rua Blumenau com a rua da Coloninha, em terreno que ia dar na margem do rio Itajaí-açu.

Desse comércio varejista, Antonico Ramos avançou para moinho de beneficiamento de arroz, olaria, torrefação de café, fábrica de fósforos, estaleiro naval, transporte marítimo com navios cargueiros, acionista do Banco Indústria e Comércio de Santa Catarina/INCO, fundado em Itajaí em 1935, e diretor desse mesmo banco.

Todavia, seus empreendimentos não ficaram apenas no campo econômico, também empreendeu na área social. Auxiliou a fundação do CIP Football Club, em 1936, (CIP era a sigla da Companhia Itajayense de Phosforos), único time itajaiense vencedor de um campeonato estadual; e do Grêmio XXI de Julho, popularmente conhecido com o “Salão do Ramos”. Compôs como tesoureiro a Comissão Construtora da Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento  e promovia anualmente conhecidíssima festa junina, pela passagem do Dia de Santo Antônio, em 13 de junho.

Tornou-se figura muito popular em Itajaí e se  elegeu vereador, tendo sido candidato a prefeito municipal pela UDN nas eleições de 1947. Mas não se elegeu, faltando-lhe 175 votos para vencer o adversário do PSD.

Homem empreendedor, tudo comprava e tudo vendia, e muito sagaz,  sempre atento  às minúcias de seus negócios. Assim, dele se contam muitas histórias, que mais à frente se poderão contar. 

Dessa vez, a história é a seguinte. No seu armazém de secos e molhados da rua Blumenau, que era também local de venda do jogo do bicho,  certa feita entrou um homem e, atendido pela caixeira da venda, foi logo dizendo: “quero jogar 500 réis no cavalo, porque passei a noite inteira de ontem sonhando com  esse bicho”.

Quando o jogador se retirou, Antonico Ramos, que ficava  em sua mesa de trabalho, na sala ao lado, porém sempre atento ao que se passava na venda e nos demais negócios, veio ao encontro da caixeira e perguntou: “Esse que agora saiu não era o fulano?”. Ela confirmou. Então,  ele declarou categórico: “Pois, vou botá-lo na rua!”. A moça surpresa, indagou: “Mas por que,  seu Antonico?”. “Ora”,  respondeu ele,  “é  meu vigia noturno. Como é que pode ter sonhado a noite inteira com cavalo? Ele estava era dormindo,  o sem-vergonha!”...


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Fato&Comentário

“A vaquinha do seu Zena”

Coluna Fato&Comentário

Museu histórico de Itajaí: 40 anos

Coluna Fato&Comentário

Dimas Rosa: artista de Itajai desconhecido aqui

Coluna Fato&Comentário

Penha x Navegantes - quase guerra

Coluna Fato&Comentário

Tradição e inovação: a festa do Divino de Itajaí 

Coluna Fato&Comentário

“Chuta, seu Alberto”: corridas de cavalo no Itajaí antigo

Coluna Fato&Comentário

Festa na Vila: Nossa Sra. da Paz e São José Operário

Coluna Fato&Comentário

Coloninha: bairro popular de Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Senhor dos Passos: devoção do povo

Coluna Fato&Comentário

Hugo Calgan: mistério da pintura de Itajaí - 1884

Coluna Fato&Comentário

Sindicato dos Estivadores: 100 anos

Coluna Fato&Comentário

Ariribá, Canhanduba, Itaipava: nomes Tupis em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Brizola e o “grupo de onze”daqui

Coluna Fato&Comentário

Tespis Cia. de Teatro: memória e história

Coluna Fato&Comentário

2022: Comemorações relevantes na cidade

Coluna Fato&Comentário

Hino de Itajaí - cinquentenário

Coluna Fato&Comentário

Casa Burghardt e a casa Bauer: cultura abandonada

Coluna Fato&Comentário

“Anuário de Itajaí”- edição especial

Coluna Fato&Comentário

Matriz do SS. Sacramento de Itajaí: curiosidades e distinções

Coluna Fato&Comentário

Professor Pedro Ghislandi - mestre da língua portuguesa



Blogs

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela inicia treinos para SSL na Suíça

Blog do JC

Isaque Borba

Blog Doutor Multas

Desentupidora de pia em Moema: chegada rápida, orçamento sem compromisso e garantia no desentupimento

Blog do Ton

O Segredo dos Tubarões

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”

TV DIARINHO

Confira os destaques desta sexta-feira



Podcast

Inflação e alta na taxa de juros

Publicado 06/08/2022 14:47


Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação