Matérias | Especial


PRIVATIZAÇÃO

Federação das Indústrias prefere a gestão privada

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Aguiar, presidente da Fiesc, defende modelo sem ingerência política, com a adoção de administração portuária autônoma e governança corporativa (Foto: isis lacombe)


A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), que representa parte significativa dos usuários de serviços portuários, é uma das entidades de peso no estado e que apoia a proposta do governo federal. O presidente da Federação, Mário Cezar de Aguiar, disse que a entidade defende modelo sem “ingerência política” com a adoção “de modelo de administração portuária autônoma, com governança corporativa”.

Aguiar afirma que “portos públicos possuem grandes restrições e amarras”, apontando que a gestão privada é “essencial para o desenvolvimento socioeconômico do estado de Santa Catarina”.

A sugestão da Fiesc é de que o município tenha assento no Conselho da nova empresa, que poderá assumir os serviços em 2022, colocando os interesses do município e da região para análise de todo o grupo decisório.



Consultado, o Ministério da Infraestrutura informou que o modelo de desestatização ainda está em análise, podendo ser uma concessão pública ou privatização.

A assessoria do Mistério informou que a injeção de R$ 2,8 bilhões em investimentos previstos da iniciativa privada “mudará o porto de Itajaí de patamar, trazendo competitividade, maior movimentação de cargas e menor custo logístico ao país, além de gerar renda e emprego em toda a região”.

E as promessas já visam mitigar as principais críticas encabeçadas pela administração municipal e por entidades contrárias à privatização. “Haverá também o fortalecimento da relação porto-cidade, com melhorias nos acessos ao porto, na mobilidade em seu entorno, bem como no desenvolvimento não só portuário, mas econômico”, conclui a manifestação do Ministério.


A reportagem questionou quanto o governo federal pretende arrecadar com a desestatização do Porto de Itajaí, mas o Ministério não respondeu.

Modelo australiano teve o aumento de tarifas 

Uma das referências apresentadas pelo governo brasileiro para justificar a desestatização dos portos, no Brasil, é o modelo australiano, conhecido como Landlord privado.

No modelo de governança Landlord, adotado em mais de 80% dos portos no mundo, a gestão da infraestrutura portuária é do setor público e a gestão da superestrutura e operacional é do setor privado.

Já no sistema adotado na Austrália (Landlord privado) e defendido pelo Brasil são transferidos os ativos da gestão da infraestrutura e da autoridade portuária, ficando o Estado apenas em posse e legitimação da propriedade. Além do Brasil, Israel também pretende aderir ao modelo privado para os seus portos.


No entanto, logo após a privatização, o serviço portuário australiano enfrentou aumento de tarifas.

Recentemente, durante as discussões para a desestatização também do porto do Espírito Santo, o diretor-presidente da Associação de Terminais Portuários Privados (ATP), Murillo Barbosa, reconheceu que o modelo australiano aumentou as tarifas, mas ponderou que, no Brasil, o modelo será adaptado à nossa realidade e a Agência Reguladora poderá atuar na política tarifária.

Um relatório da Comissão de Serviços Essenciais (ESC) do parlamento italiano apontou que a insatisfação acerca da desestatização do Porto de Melbourne foi influenciada pelo significativo controle concedido aos acionistas em relação à definição e revisão dos aluguéis na estrutura portuária.

O setor portuário nacional (portos organizados + terminais autorizados e arrendados) movimentaram, no ano passado, 1,151 bilhão de toneladas, um crescimento de 4,2% em relação a 2019.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.223.3.251

Últimas notícias

MORRETES

PM prende traficante com 30kg de maconha em Itapema

BALNEÁRIO

Crianças ganham entrada de graça no Oceanic Aquarium em outubro

Violência

Atirador abre fogo contra dois irmãos no meio da rua

ORGULHO

Empresária de Itajaí é eleita Miss Brasil Plus Size

Economia

Porto sofre fuga de importadores e risco de paralisação é real, alertam empresários

Luto

Morre o promotor de Justiça Flávio Duarte de Souza, aos 55 anos

Pré-pago

Marejada tem cartão de consumo exclusivo pra fazer comprinhas na festa

Denúncia

Comerciante de Navegantes diz que sofre perseguição da PM

Luto

Prefeitura de Brusque publica nota de pesar pela morte de Henrich Passold

Educação 

Universidade e institutos federais de SC sofrem novo corte de verbas do governo federal 



Colunistas

Na Rede

Confira o que foi destaque nas redes do DIARINHO

Coluna Esplanada

Senac (DF), de novo

JotaCê

“Prefeito saiu com a crista alta e voltou com o rabo entre as pernas,” diz Paulinho

Clique diário

Vista privilegiada de Itajaí

Canal 1

A Carrascodependência é uma realidade na Globo dos dias atuais

Vinicius Lummertz

SC do futuro: 2º turno deve privilegiar propostas

Gente & Notícia

Hoje tem Miss Brasil

Direito na mão

11 direitos da pessoa com câncer

Coluna do Janio

Cara de Marcílio Dias!

Coluna Exitus na Política

A cara no espelho

Coluna do Ton

Reis da make

Via Streaming

“O Psicopata Americano”

Coluna Fato&Comentário

Aprender português com quem sabia

Jackie Rosa

Show de Armando

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Instituto Ion | Informando e Inovando

Um ano de Informando e Inovando

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos



TV DIARINHO


- Bolsonaro deve vir a BC durante campanha ao segundo turno - É hoje: começa a temporada de festas ...





Especiais

Brasil

Atingidos por agrotóxicos não conseguem reparação na Justiça, aponta dossiê inédito

OLHO NO CARRINHO

Leite fake: espessantes, gordura vegetal e soro confundem consumidores em busca de preço

Fique ligado

Confira as orientações, regras e serviços para o dia da eleição

ENTREVISTA

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

ELEIÇÕES 2022

Partidos em Santa Catarina receberam quase R$ 194 milhões



Blogs

A bordo do esporte

Circuito Paulista de Kart planeja próxima temporada no Speed Park

Blog do JC

Calculadora fervendo

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorge Boeira

“A saúde de Santa Catarina está esperando vaga na UTI”

Esperidião Amin

"Eu não quero colocar o Bolsonaro dentro da minha gaiola - que é o que alguns querem, ser o dono do Bolsonaro. Já foram até repreendidos por isso”

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação