Matérias | Especial


GRUPO CALVO

Maior enlatadora de sardinha do mundo está em Itajaí

Produtos abastecem mercado brasileiro e são exportados para 28 países  

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

GDC produz 46% do pescado enlatado consumido no país (Foto: Divulgação)


A Gomes da Costa (GDC), empresa líder no segmento de pescados enlatados, mantém, em Itajaí, a maior fábrica de sardinhas em lata do mundo, com uma produção diária de 2 milhões de unidades. A empresa é controlada pelo Grupo Calvo, um dos gigantes globais do segmento de pescados, com unidades em diversos países. A produção da planta fabril catarinense da Gomes da Costa atende a toda demanda do mercado brasileiro e, ainda, exporta para mais 28 países em todo o planeta.

A planta de Itajaí é responsável pela fabricação de mais de 50% do volume de produtos comercializados pelo Grupo Calvo [que detém marcas líderes de mercado como a Calvo, Nostromo e Gomes da Costa]. Produz 46% do pescado enlatado consumido nas mesas brasileiras, sendo que a sardinha representa a fatia de 43% e o atum, 55%.

São produzidos, na unidade da GDC, em Itajaí, o atum enlatado [sólido, em pedaços, atum ralado, filés de atum, cinco sabores de patês e yellowfin], e sardinhas nas versões ralada, filé, salada [quatro sabores], e food service, com nove produtos. A GDC é a maior empregadora privada de Itajaí, com mais de 2 mil empregos diretos e cerca de 10 mil indiretos.



 Sustentabilidade

Além de pesados investimentos em tecnologia, a incorporação da GDC ao Grupo Calvo trouxe também um olhar mais corporativo para a sustentabilidade, que passou a ser tratada com uma abordagem diferente. Para as empresas do Grupo Calvo, é possível gerar valor para a sociedade, o meio ambiente e para o negócio, por meio de uma gestão ainda mais responsável e transparente. “O conceito foi elaborado com base nas melhores práticas de mercado e alinhada aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, esclarece a empresa.

Entre os projetos de destaque, diretamente ligados ao Compromisso Responsável, estão a redução em 10% no consumo de água por tonelada produzida [compromisso esse que a GDC quer alcançar até o ano de 2025] e o Programa Resíduo Zero, transformando os resíduos em subprodutos para geração de renda ou transformação em energia. A empresa também vem trabalhando no sentido de reduzir as emissões de carbono e desenvolve uma agenda ligada à saúde e ao bem-estar dos oceanos e, até 2025, utilizará, pelo menos, 50% de sua energia proveniente de fontes renováveis.


 

Produção de ração a produtos com Ômega 3

 Alinhada à sua premissa de aproveitamento dos subprodutos da pesca, o grupo Gomes da Costa mantém, em Itajaí, desde o ano de 2016, a BFP, uma empresa que  transforma os resíduos de peixes, que seriam descartados, em produtos como farinha e óleo de peixe.  

Hoje, a BFP produz, mensalmente, mais de 600 mil toneladas de insumos para produção de ração animal e suplemento animal, com o processamento de mais de duas mil toneladas de subprodutos da pesca. Seus produtos são ricos em proteína, ômega 3 e outros nutrientes importantes na dieta animal e humana. Dentro desse nicho, atende ao mercado de ração de peixes, camarões, suínos e mercado pet. Abastece o mercado interno e exporta para países da Ásia, África e América do Sul.

A BFP é a primeira empresa brasileira com a certificação GMP+B2 [reconhecida internacionalmente como um selo de garantia de qualidade e segurança alimentar] e gera  cerca de 41 empregos diretos e mais de 35 empregos indiretos.


 

Navegantes tem 78 indústrias de pesca

Navegantes abriga 78 empresas pesqueiras de pequeno, médio e grande portes, que atuam na captura, no manuseio, no resfriamento e na manipulação de pescados, segundo números da secretaria de Agricultura e Pesca. A frota pesqueira, que se dedica à pesca industrial, soma mais de 200 embarcações de médio e grande portes.

A maior indústria beneficiadora e enlatadora de pescados é a Camil, com uma média de sete milhões de caixas de sardinha e atum por ano. A Camil entrou na cidade em 2011 com a aquisição da planta industrial da antiga Femepe [detentora das marcas Pescador e Coqueiro] e, hoje, a unidade produz toda a linha de pescados da Camil Alimentos. Os itens englobam atuns e sardinhas, patês e filés enlatados. A empresa gera 1,25 mil postos de trabalho direto.


 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.223.3.251

Últimas notícias

BALNEÁRIO

Crianças ganham entrada de graça no Oceanic Aquarium em outubro

Violência

Atirador abre fogo contra dois irmãos no meio da rua

ORGULHO

Empresária de Itajaí é eleita Miss Brasil Plus Size

Economia

Porto sofre fuga de importadores e risco de paralisação é real, alertam empresários

Luto

Morre o promotor de Justiça Flávio Duarte de Souza, aos 55 anos

Pré-pago

Marejada tem cartão de consumo exclusivo pra fazer comprinhas na festa

Denúncia

Comerciante de Navegantes diz que sofre perseguição da PM

Luto

Prefeitura de Brusque publica nota de pesar pela morte de Henrich Passold

Educação 

Universidade e institutos federais de SC sofrem novo corte de verbas do governo federal 

Duplicação 

BR 470 tem novo corte de verbas do governo federal nas obras de duplicação 



Colunistas

Coluna Esplanada

Senac (DF), de novo

JotaCê

“Prefeito saiu com a crista alta e voltou com o rabo entre as pernas,” diz Paulinho

Clique diário

Vista privilegiada de Itajaí

Canal 1

A Carrascodependência é uma realidade na Globo dos dias atuais

Vinicius Lummertz

SC do futuro: 2º turno deve privilegiar propostas

Gente & Notícia

Hoje tem Miss Brasil

Direito na mão

11 direitos da pessoa com câncer

Coluna do Janio

Cara de Marcílio Dias!

Coluna Exitus na Política

A cara no espelho

Coluna do Ton

Reis da make

Na Rede

Se liga no que foi destaque nas redes sociais do DIARINHO nesta semana

Via Streaming

“O Psicopata Americano”

Coluna Fato&Comentário

Aprender português com quem sabia

Jackie Rosa

Show de Armando

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Instituto Ion | Informando e Inovando

Um ano de Informando e Inovando

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos



TV DIARINHO


- Bolsonaro deve vir a BC durante campanha ao segundo turno - É hoje: começa a temporada de festas ...





Especiais

Brasil

Atingidos por agrotóxicos não conseguem reparação na Justiça, aponta dossiê inédito

OLHO NO CARRINHO

Leite fake: espessantes, gordura vegetal e soro confundem consumidores em busca de preço

Fique ligado

Confira as orientações, regras e serviços para o dia da eleição

ENTREVISTA

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

ELEIÇÕES 2022

Partidos em Santa Catarina receberam quase R$ 194 milhões



Blogs

A bordo do esporte

Circuito Paulista de Kart planeja próxima temporada no Speed Park

Blog do JC

Calculadora fervendo

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorge Boeira

“A saúde de Santa Catarina está esperando vaga na UTI”

Esperidião Amin

"Eu não quero colocar o Bolsonaro dentro da minha gaiola - que é o que alguns querem, ser o dono do Bolsonaro. Já foram até repreendidos por isso”

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação