Matérias | Geral


Mariana Ferrer

TJ absolve empresário acusado de estupro

Decisão de segunda instância manteve absolvição do empresário André Aranha

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A decisão reconheceu a existência do ato sexual, porém cita que não é possível confirmar a tese de que a vítima estaria dopada Foto: Reprodução

O acusado de estupro  por Mariana Ferrer foi absolvido, também, em segunda instância, nessa quinta-feira. O Tribunal de Justiça de Santa Catarina acordou pela manutenção da decisão de primeira instância que absolveu o empresário André Aranha. Ele foi acusado de estupro de vulnerável pela modelo e influenciadora digital Mariana Ferrer. A decisão se deu por unanimidade entre os três desembargadores que entenderam que não há provas de estupro.

Em 2019, o juiz Rudson Marcos, da 3ª Vara Criminal de Florianópolis, decidiu inocentar o empresário das acusações por falta de provas. A defesa de Mariana Ferrer recorreu da decisão, pedindo que a absolvição fosse anulada.

Mariana Ferrer, atualmente com 25 anos, acusou o empresário André Aranha de ter cometido estupro de vulnerável dentro de uma casa noturna de Florianópolis no dia 15 de dezembro de 2018. Segundo seu relato, ela era virgem e teria sido dopada pelo rapaz antes do ato sexual. Em julho de 2019, o ministério Público apresentou à justiça denúncia contra o empresário.



Baseada na investigação, a justiça inocentou André Aranha das acusações, em primeira instância, por falta de provas. Mariana Ferrer sustenta que teria havido um complô que envolveu a casa noturna, pessoas que trabalhavam no estabelecimento, a polícia Civil, peritos que atuaram no caso, promotor de justiça, o juiz responsável pela ação e até mesmo suas próprias amigas para favorecer a inocência do réu. Por outro lado, a defesa do acusado, alegou que a vítima nunca apresentou provas que comprovassem a denúncia.

No exame de corpo de delito da influenciadora, a perícia constatou que o hímen havia se rompido e detectou sêmen do empresário em uma peça  de roupa da vítima. O exame toxicológico, no entanto, não constatou presença de drogas nem álcool no organismo.

O resultado do exame toxicológico e a gravação das imagens foram citados pelo juiz Rudson Marcos em sua decisão pela absolvição do empresário, cuja defesa sustenta que o ato sexual foi consensual.


A decisão reconheceu a existência do ato sexual entre a modelo e o empresário, porém cita que não é possível confirmar a tese de que Mariana estaria dopada e, consequentemente, impossibilitada de oferecer resistência ao ato sexual, o que caracteriza o estupro.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu, no dia 28 de setembro, abrir um procedimento para analisar a conduta do juiz Rudson Marcos ao conduzir uma audiência do caso. A defesa de Mariana Ferrer alega que o advogado de Aranha teria sido desrespeitoso com a influencer, e que o juiz não teria feito intervenções contra a postura.

Em dezembro, a Corregedoria do Tribunal de Justiça de Santa Catarina fez um procedimento disciplinar, que apurou a atuação do magistrado na condução da audiência. A  Corregedoria decidiu pelo arquivamento do caso. Conselheiros do CNJ, no entanto, irão reativar o procedimento e revisar a decisão do órgão de Santa Catarina.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.229.119.176

Últimas notícias

Homenagem

Cortejo do cabo Teodoro circulou pelas ruas de Itajaí e Penha

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Motociclista morre em acidente no bairro Nova Esperança

Violência

Itajaí registra duas tentativas de feminicídio em menos de 24h

TRAGÉDIA

Pescadores morrem queimados em embarcação catarinense encalhada no Rio Grande

FOI LINDO!

Brasil faz quatro no primeiro tempo e passa fácil pela Coreia do Sul

RIO GRANDE

Barco encalhado pega fogo na praia do Cassino

Rede famosa

Balneário Camboriú ganha filial do Galeto Mamma Mia

Balneário Camboriú

PG Tur corta linhas e pede subsídio de R$ 800 mil pra não abandonar serviço

Cliente no prejuízo

Academia que fechou as portas e deixou alunos na mão é denunciada ao Procon e à polícia

ITAJAÍ

Dois postos de guarda-vidas continuam desativados na Praia Brava



Colunistas

Foto do Dia

Dia de chuva

Coluna do Janio

Apresentação do Marinheiro

JotaCê

Prestação de contas de Seif na mira

Coluna Esplanada

Dança das cadeiras

Coluna Exitus na Política

A liberdade do tempo

Clique diário

Curvas da Atalaia

Canal 1

“Fazenda” entra na reta final com a certeza do dever cumprido

Na Rede

Confira o que bombou nas redes sociais do DIARINHO

Via Streaming

“Rainha de Katwe”

Jackie Rosa

Mulherada reunida

Vinicius Lummertz

SC do futuro: nas BRs, 2023 pode ser pior do que 2022

Gente & Notícia

Família Koch na Copa

Direito na mão

O que acontece se a empresa não pagou o INSS do funcionário? Como fica a aposentadoria?

Coluna do Ton

Mãe & Filha

Coluna Fato&Comentário

Alvim Sandri: "História de vida", aos 99 anos

Artigos

Não queremos viver numa pátria dominada pela bandidagem



TV DIARINHO


Confira as principais notícias desta segunda-feira no DIARINHO: - Brasil faz quatro no primeiro tempo ...





Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Blogs

A bordo do esporte

Araruama (RJ) confirma calendário de regatas de 2023

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação