Matérias | Geral


Região teve 25 pessoas detidas

Foram 10 casos em Navegantes, seis em Balneário Camboriú, quatro em Itajaí, três em Camboriú e dois em Balneário Piçarras

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]




domingo de votação terminou com 25 pessoas detidas por crimes eleitorais na região. Navegantes registrou o maior número de casos, com 10 ocorrências. Em Balneário Camboriú, houve seis prisões entre 22 ocorrências ligadas às eleições atendidas pela polícia Militar. Em um dos casos, três pessoas foram detidas no colégio João Goulart, que também foi palco de briga entre fiscais de coligações adversárias. Outro flagrante resultou em prisão no centro Educacional Antônio Lúcio, no bairro das Nações.


A polícia Militar de Balneário lavrou termos circunstanciados (TCs) contra as pessoas detidas. Os envolvidos, cinco homens de 57, 48, 46, 45 e 43 anos de idade, foram levados pro fórum de Balneário ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A polícia Militar de Balneário lavrou termos circunstanciados (TCs) contra as pessoas detidas. Os envolvidos, cinco homens de 57, 48, 46, 45 e 43 anos de idade, foram levados pro fórum de Balneário. No final do dia eles passariam por audiência na justiça eleitoral. A previsão era que fossem liberados mediante o pagamento de multa.



A mulher do empresário e candidato a vereador Cleber Torra Torra (PDT), Sil Torra, foi detida pela guarda Municipal por boca de urna no colégio João Goulart. Ela estava com uma bandeira do candidato dentro da escola, o que é proibido. Enquanto era conduzida, Sil postou um vídeo no Instagram chorando e pedindo ajuda. “Não é justo, a bandeira não está específica na lei, o tamanho. Eu peguei a que eu tinha”, contou, lamentando que não pode nem votar.

Ainda no João Goulart, os fiscais da coligação do prefeito Fabrício Oliveira (Podemos), o ex-secretário Fernando Marchiori; o diretor da Emasa, Douglas Beber; e o ex-diretor de fiscalização da secretaria de Planejamento, Matheus Rafaeli, se envolveram em uma briga com Victor Probst, filho do vereador Nilson Probst (MDB), que trabalhava como fiscal da coligação do candidato Edson Periquito.


Victor teria chegado empurrando Douglas. Marchiori tentou separar a confusão, com Victor e Matheus se empurrando e trocando socos na frente da escola. Ao DIARINHO, o vereador Nilson deu outra versão dos fatos, dizendo que o filho estava passando quando foi cercado por seis pessoas, entre elas Marchiori, Matheus e Douglas.

“Tem filmagem clara: ele foi atacado. Meu filho iria atacar seis sozinho?! Meu filho é a vítima”, ressaltou. Victor relatou o caso à GM, a um promotor eleitoral e também fez BO. Matheus, Marchiori e Douglas foram embora antes do registro da ocorrência. Fernando Marchiori, ouvido pela reportagem, disse que apenas separou a briga e segurou Victor até a chegada dos agentes da GM.


Três prisões em Camboriú

Em Camboriú, a polícia Militar fez dois termos circunstanciados por crime de boca de urna. Foram conduzidas pro fórum uma mulher de 56 anos e um homem de 40 anos. Além disso, foi realizada uma terceira prisão de um homem de 54 anos pelo crime de corrupção de menores e boca de urna.

Conforme relatório do 12º batalhão de polícia Militar, em Balneário, foram geradas 53 ocorrências eleitorais nas 10 cidades de abrangência do batalhão. Em Balneário Camboriú, entre 22 ocorrências, só duas envolveram crimes eleitorais.

Irmã de candidata é  detida em Itajaí

A polícia Militar de Itajaí registrou quatro ocorrências de crimes eleitorais no domingo. No colégio Aníbal César, no bairro São Vicente, Marisa da Costa, irmã da vereadora Célia da Costa (MDB), foi detida após os policiais receberem denúncias de que ela estava abordando eleitores na rua Estefano José Vanolli, perto do local de votação.


Segundo a PM, a mulher foi orientada a se afastar, mas teria descumprido a medida por duas vezes. Em nova abordagem, ao recusar a deixar o local, acabou detida por desobediência. Marisa foi liberada após assinar um termo circunstanciado. O DIARINHO tentou ouvir a candidata, mas ela não respondeu até o fechamento da matéria.

Perto do colégio Antônio Ramos, na avenida Reinaldo Schmithausen, no Cordeiros, a polícia abordou três mulheres e um homem que tavam abordando eleitores e entregando santinhos. Foram apreendidos 304 panfletos com o grupo, liberado após TC. Na Univali, a polícia também lavrou um termo contra um homem que estava fazendo boca de urna. Com ele foram apreendidos panfletos e adesivos.

Na rua Independência, perto da escola Antônio Ramos, um homem foi detido por desacato, desobediência, boca de urna e desrespeito à medida sanitária.  Segundo a PM, ele estava com panfletos e com uma bandeira e ainda teria xingado policiais e desacatado a promotora de justiça.

A polícia ainda relatou que o homem estava bêbado e não obedecia às ordens dos policiais. Se não bastasse, ele ainda teria se negado a colocar a máscara e a assinar o TC, sendo preso e levado para a delegacia de polícia Federal.

Navegantes e Balneário Piçarras


Na área do 25º batalhão foram 10 ocorrências eleitorais atendidas pela PM em Navegantes e duas em Balneário Piçarras, envolvendo crime eleitoral com boca de urna. Em Penha e Luiz Alves não houve ocorrências. As pessoas abordadas foram autuadas, assinaram termo circunstanciado e foram liberadas dos locais.

Em Navegantes, metade dos atendimentos foram na escola Municipal Rosa Maria Xavier de Araújo, na rua Laudelino Fermino de Morais, na Meia Praia. Segundo o relatório da PM, foram dois casos de pessoas ligadas ao PSD, um do PL, e dois do PP, incluindo um candidato que entregava santinhos.

A PM ainda atendeu casos pertos dos pontos de votação nas ruas Vicente Honorato Coelho, Paulo Ney Laurentino, Santos Maccarini e Francisco de Paula Seara, além da avenida João Gaya, no centro. Em Balneário Piçarras, um candidato do Podemos foi detido entregando santinhos na rua Emanuel Pinto, no centro. Já no bairro Nossa Senhora da Paz, houve boca de urna por apoiador do MDB na rua Geraldo Passos.

PM manda Pavan sair da Univali

O ex-prefeito de Balneário Camboriú, Leonel Pavan (PSDB), foi convidado pela PM a se retirar da Univali, no bairro dos Municípios, no domingo de manhã. Ele estava circulando pelo colégio eleitoral, mas não votava em nenhuma das seções da universidade. Os PMs ao receberem a denúncia de que ele estava por ali o intimaram para deixar o local. Um vídeo foi feito no momento que ele era abordado pela polícia. Pavan foi embora rapidinho. A justiça eleitoral não estava permitindo que candidatos ou pessoas ligadas aos partidos circulassem no interior dos colégios eleitorais.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.239.158.223

Últimas notícias

MUNDO

Queda de helicóptero mata presidente do Irã aos 63 anos

Realeza

Rei e Rainha da Marejadinha visitaram o DIARINHO

ITAJAÍ

Semasa pede economia de água por dificuldades de captação

Santa Catarina

Empresários promovem evento  sobre governança em Floripa

Série D

Barra perde para o Concórdia fora de casa

Receita controlada

Zolpidem vai virar tarja preta no Brasil

LABORATÓRIO

Ford disputará o Rali Dakar 2025

CHUVAS

Itajaí tem alagamentos em ruas do bairro Cordeiros

Chuvas

SC tem 24 cidades atingidas pelas chuvas

Vôlei

Brasil se despede do Rio de Janeiro invicto na Liga das Nações



Colunistas

JotaCê

Montibeller indeciso

Coluna Exitus na Política

Um passeio nas cavernas

Via Streaming

Amor do passado

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Mundo Corporativo

A importância do equilíbrio da autoestima no mundo organizacional

Coluna Esplanada

Palácio x Lira

Gente & Notícia

Níver da Margot

Ideal Mente

Luto coletivo: navegando juntos nas ondas da perda

Show de Bola

Vitória da base

Direito na mão

Mulher entre 54 a 61 anos: como antecipar a aposentadoria?

Coluna do Ton

Chegando de Mendoza

Histórias que eu conto

Armação da infância II

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo

Coluna Fato&Comentário

Anuário de Itajaí - 100 anos da 1ª edição

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste



TV DIARINHO


Uma mulher foi arrastada pela correnteza do rio Itajaí-Açu em Rio do Sul. Ela se agarrou em um pedaço ...





Especiais

NA ESTRADA

BC oferece rolês gastronômicos, culturais, de compras e lazer

RIO GRANDE DO SUL

São Leopoldo: a cidade gaúcha onde quase todos perderam o lar

RIO GRANDE DO SUL

Governo Eduardo Leite não colocou em prática estudos contra desastres pagos pelo estado

Retratos da destruição

“Não temos mais lágrimas pra chorar”: A cidade gaúcha destruída pela 3ª vez por enchentes

MEIO AMBIENTE

Maioria de deputados gaúchos apoia projetos que podem agravar crise climática



Blogs

A bordo do esporte

Maratona fecha etapa de Ouro Branco da Estrada Real

Blog da Jackie

Tá na mão!!!

Blog do JC

Visita na choupana do Chiodini e Rebelinho

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação