Matérias | Geral


Itajaí

MPF pode entrar com ação contra detonação da mata no morro da Atalaia

Procurador Roger Fabre tá de olho no desmatamento pra terraplanagem do local

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Após receber várias denúncias de peixeiros, o Ministério Público Federal (MPF) resolveu bizolhar a ação da prefa de Itajaí, que está pelando o morro da Atalaia. Além disso, os moradores da região tão na bronca com o centro de Educação (CEA), do parque Ambiental da Atalaia, que está desde janeiro sem funcionar por causa dos deslizamentos na área. Um inquérito civil público foi aberto em setembro deste ano pra investigar se o desmatamento no morro é maior do que o permitido.


O MPF informou que uma perícia do corpo técnico do órgão deve ser realizada nas próximas semanas pra avaliar o caso. Sabichões do município garantem que a obra de conformação de taludes do morro ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






O MPF informou que uma perícia do corpo técnico do órgão deve ser realizada nas próximas semanas pra avaliar o caso. Sabichões do município garantem que a obra de conformação de taludes do morro é necessária pra evitar novos deslizamentos. O prefeito da city, Jandir Bellini (PP), afirma que tanto a obra como o centro educacional foram boas coisas pra city, que não pagou nada pelos dois.

Mas o procurador Roger Fabre quer ouvir a opinião da equipe técnica do MPF, que vai fazer uma perícia no morro. Depois disso, ele vai decidir se abre ou não um processo contra a prefa. “Recebemos denúncias de que a área desmatada na formação dos taludes é maior do que o permitido. Já pedimos informações para a Famai (fundação do Meio Ambiente de Itajaí), e o corpo técnico do MPF vai fazer uma perícia no local nas próximas semanas. Depois vamos avaliar se há realmente algo de errado no trabalho que está sendo feito no local”, conta o bagrão.

Quem mora na região reclama do morro da Atalaia todo pelado e também do CEA. “Estão destruindo o morro, e ainda tem o CEA, que nunca funcionou direito porque fizeram numa área de risco. Agora estão gastando uma fortuna pra salvar a casa”, reclama o pescador Jair José Nascimento, 57, que mora no bairro há 50 anos.

O prefeito da city, Jandir Bellini, defende a obra, e ainda revela que nem a terraplanagem no morro nem a construção do CEA saiu do bolso do contribuinte peixeiro. “São obras de compensação ambiental. Ou seja, o dinheiro veio de empresas que desmataram em um lugar e precisam replantar em outro. O município de Itajaí não gastou nada, e ainda vai ganhar uma área em que não há risco de deslizamentos”, explica o mandachuva, que ainda defende o local onde foi construído o CEA. “A casa era de uma empresa e foi desapropriada, então teve custo zero pro município. Na época, não havia risco de deslizamento”, sidefende o bagrão.

Continua depois da publicidade



Sabichões garantem que não há outra saída

A Famai diz que está fiscalizando a obra. Os sabichões da fundação garantem que a terraplanagem vai livrar a região dos casos de deslizamentos de terra. “Após a formação dos taludes, vamos colocar uma biomanta cobrindo o relevo, com um sistema de drenagem e vegetação nativa. Com isso, vamos evitar deslizamentos. Da forma como estava, qualquer pessoa que passasse pela rua estava correndo risco. A obra era necessária e estamos fiscalizando cada passo. De 15 em 15 dias entregamos um relatório ambiental para a Fatma sobre o morro da Atalaia”, defende o superintendente da Famai, Paulo Cesar dos Santos.

Continua depois da publicidade



O professor de engenharia civil especialista em geotenia da Univali, Luiz Fernando Salles, também defende a obra. “Quando a primeira camada de terra se desprende, é mais fácil ocorrer um deslizamento por erosão. Era isso que estava acontecendo no morro da Atalaia. Nesses casos, não há outra opção, a não ser construir os taludes e um bom sistema de drenagem”, afirma.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.205.176.39

TV DIARINHO


Expedição Pedalando - Dia 15 - hora da chegada! Depois de mais de 800km de pedal, os cinco aventureiros ...



Podcast

Cidades Inteligentes no Brasil

Publicado 21/05/2022 19:20



Especiais

Existir para resistir

1ª Virada Afro-Cultural revela uma Itajaí negra e multifacetada

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC



Blogs

Blog do Ton

Médica catarinense participa em Minas Gerais de mentoria sobre gestão clínica

A bordo do esporte

Inaê Amstel Ultra promove experiência da primeira velejada

Blog Doutor Multas

Um guia para iniciantes para apostar no futebol 2022

Blog do JC

Ferrolho, manifestação hoje

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯