Matérias | Geral


Itajaí

Filha é a nova chefona da Embraed

Tatiana Rosa Cequinel assume o comando da Embraed, empresa criada pelo pai, que morreu com um tirombaço no peito neste domingo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

“Ainda estou procurando”. Esta foi a resposta de Tatiana Rosa Cequinel, 34 anos, quando questionada se o pai havia deixado algum bilhete antes de ter tirado a própria vida neste último domingo, dia 17. Rogério Rosa, 59, fundador da Embraed, foi encontrado morto com um tiro no peito no closet da sua luxuosa cobertura, no edifício Beverly Hills, na Barra Sul, em Balneário Camboriú. A família descarta qualquer possibilidade de homicídio e concorda com a polícia, que aponta o suicídio como hipótese mais provável para a morte do empresário.

Ontem Tatiana foi anunciada como a nova presidenta da empresa e vai atuar ao lado da diretora executiva Adriana Amorim, braço direito de Rogério. A sucessão era um pedido do próprio Rogério, feito ainda em 2007, quando a empresa se tornou uma holding - tipo de sociedade criada pra administrar todas as firmas do grupo.

Visivelmente triste, a herdeira de Rogério diz que nunca desconfiou que o pai se mataria, mas confessou que ele estava triste na última semana. “Mas passou por vários momentos tristes na vida, meu ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Ontem Tatiana foi anunciada como a nova presidenta da empresa e vai atuar ao lado da diretora executiva Adriana Amorim, braço direito de Rogério. A sucessão era um pedido do próprio Rogério, feito ainda em 2007, quando a empresa se tornou uma holding - tipo de sociedade criada pra administrar todas as firmas do grupo.

Visivelmente triste, a herdeira de Rogério diz que nunca desconfiou que o pai se mataria, mas confessou que ele estava triste na última semana. “Mas passou por vários momentos tristes na vida, meu pai sempre foi uma fortaleza”, afirma, surpresa. Ela não confirmou se ele era acompanhado por algum médico específico, apenas se limitou a dizer que Rogério cuidava muito da própria saúde e era normal encontrar exames médicos no seu escritório.



Ela conta que, volta e meia, ele tomava medicamentos para dormir. “Mas isso é até comum, tendo em vista a pressão que ele tinha”, referindo-se ao império montado e mantido pelo empresário.

Tatiana diz que não estranhou o fato de a acompanhante do pai, Ana Cristina Araújo, 20, não ter chamado os bombeiros, ao ver o empresário agonizando em cima do tapete do closet. “Ela desceu e chamou o monitor do prédio. Na hora do desespero é difícil a gente julgar a atitude de uma pessoa. A primeira coisa que ela fez foi descer e pedir ajuda”, diz a diretora da firma, Adriana Amorim. Tatiana diz que ninguém da família sabia da existência da arma. “Nem combinava com ele”, aponta.

Sabendo do baita desafio que tem pela frente, Tatiana promete que não vai deixar de realizar nenhum sonho do pai e garante que vai assumir todas as funções, inclusive a administração de 15 dos 30 prédios erguidos pela empresa. Entre os projetos que ficaram em andamento está a construção da Embraed Tower, a reforma do resort Infinity Blue, a construção do centro de produção, com 13 mil metros quadrados, que vai abrigar o depósito da empresa e uma marcenaria que poderá, inclusive, atender a concorrência.


A herdeira diz, ainda, que pretende manter e até ampliar as obras e os projetos sociais que o pai mantinha. “Ele sempre ajudava, mas era discreto, não gostava de confetes. Pretendo seguir com isso, talvez até mais atuante”, promete. Na primeira vez que falou com os jornalistas, a filha de Rogério Rosa diz que não faz ideia do que fez o seu pai cometer suicídio. “Ainda estou tentando entender. Não desconfio de nada, estou tentando processar isso ainda”, diz, com tristeza no olhar.

Diretora garante que firma está às pampas

Na entrevista coletiva, a executiva Adriana Amorim, conhecida por ser o braço direito de Rogério Rosa, fez questão de frisar, em vários momentos, que a empresa está super bem das pernas. “Estamos no nosso melhor ano”, afirmou, quando o DIARINHO perguntou se o boato de dívidas era verídico e seria a causa do suicídio do patrão.

Sem revelar nenhum valor ou detalhe em números, Adriana diz que é natural que o mercado sinta o impacto, mas garante que nada mudou dentro da empresa. “A empresa não se abalou nem vai se abalar. A alma do Rogério era essa empresa, por isso a decisão de mantê-la aberta na segunda-feira [18]”, explica.

Sem dar nome aos bois, Adriana garante que, na prática, não houve alteração no grupo gestor que atuava ao lado do empresário na tomada de decisões. Segundo a executiva, a empresa estava preparada para o trampo caso Rogério quisesse se afastar da diretoria. Ela destaca que, nos últimos anos, a firma entregou 13 novos prédios e outras 14 obras estão em andamento, que totalizam 320 mil metros quadrados. Segundo a bagrona, a empresa tem cerca de mil funcionários e terrenos que somam mais de 1,2 milhão de metros quadrados para novas construções.


Tragédia aconteceu na véspera do níver

O dono da Embraed, Rogério Rosa, morreu com um tiro no peito um dia antes de completar 60 anos. A única pessoa que estava com ele na cobertura onde morava era a funcionária da empresa, Ana Cristina Araújo, 20 anos, que se identificou à polícia como namorada do patrão. Assim como a família, a polícia acredita tratar-se de suicídio.

No depoimento, a jovem disse ao delegado que investiga o caso, Osnei Valdir de Oliveira, da DIC, que estava dormindo quando ouviu o tiro e foi até o closet, onde encontrou Rogério agonizando. A moça chamou o porteiro do edifício, que recorreu ao superior. Só depois disso é que os bombeiros foram chamados.

De acordo com Osnei, o depoimento da jovem é condizente com as imagens das câmeras de segurança do circuito interno do prédio. Em entrevista ao DIARINHO, a diretora do instituto Geral de Perícias da Maravilha do Atlântico, Lúcia Beduschi, confirmou que o tiro que matou o empresário foi à queima-roupa, mas os laudos que vão confirmar na mão de quem estavam os resquícios de pólvora só serão revelados no final do inquérito, daqui a cerca de 20 dias.


A missa de 7º dia da morte do empresário será celebrada no sábado, dia 23, às 19h, na igreja Matriz Santa Inês, centro de Balneário Camboriú.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.227.240.72

Últimas notícias

Brasileirão

Criciúma arranca empate com o Galo em Minas

Futebol

Internacional vence o Palmeiras e segue 100% no Brasileiro

jiu-jitsu

Lutadores de Piçarras conquistam medalhas

Copa do Brasil

Brusque pega o Galo; Criciúma enfrenta o Bahia

hora H

Hyndai apresenta Nexo, o carro movido a hidrogênio

HEY JUDE!

Balneário Camboriú tem nesta quinta espetáculo em homenagem aos Beatles

PORTO BELO

Vítima fatal de acidente de trânsito é corretora de imóveis

Jogão

Real Madrid elimina o City e pega o Bayern na semifinal

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Mustang celebra 60 anos de lançamento e fabricação ininterruptas

BRASIL

PF suspende novos passaportes após suspeita de ataque hacker



Colunistas

JotaCê

Univali nos States

Coluna Esplanada

Fila contida

Gente & Notícia

Dudinha em Londres

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Direito na mão

Trabalho sem carteira assinada conta para aposentadoria?

Show de Bola

Empréstimos feitos

Via Streaming

Visões de uma guerra de interesses

Na Rede

Agroboy mais gato dos EUA, última casinha de BC e romance no ar: confira os destaques das redes do DIARINHO

Histórias que eu conto

Armação da infância I

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Mundo Corporativo

Dicas para líderes desorientados e equipes perdidas

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Jackie Rosa

Simplesmente Gisele

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO


O trecho do viaduto da duplicação da BR 470 com a BR 101 será inaugurado nesta quinta-feira pelo Ministro ...





Especiais

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Legado de amor

Dona Maricotinha, aos 95 anos, tem a vida pautada pela família, religião e dedicação ao próximo



Blogs

A bordo do esporte

Biografia de Robert Scheidt vem aí

Blog da Ale Francoise

Cuidado com os olhos

Blog do JC

Vereador Fábio Negão siscapa da cassação

Blog da Jackie

Catarinense na capa da Vogue

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação