Matérias | Esporte


Itajaí

SHOWenck chega pra ser o artilheiro do Marinheiro

Já anunciados, Bruno Octávio, Márcio Careca e Léo Franco também foram apresentados ontem no Gigantão das Avenidas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A camisa número nove do Rubro-anil já tem dono. Cléber Schwenck Tiene, 34, o SHOWenck, fechou contrato com o Marinheiro e já foi apresentado na tarde de ontem no Gigantão das Avenidas. Com passagens por clubes como Botafogo, Cruzeiro, Vitória e títulos nas ligas de Israel (com o Beitar Jerusalém, temporada 2006/2007) e Coreia do Sul (com o Pohang Steelers, 2007), o matador chegou prometendo lutar pra repetir as boas fases que viveu em dois clubes da Santa & Bela: Figueira e Tigre.

“Esta é mais uma oportunidade de mostrar meu futebol. Minhas passagens por aqui sempre foram boas”. Com 14 gols, terminou o campeonato Brasileiro de 2006 na vice-artilharia, atrás apenas de Souza ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


“Esta é mais uma oportunidade de mostrar meu futebol. Minhas passagens por aqui sempre foram boas”. Com 14 gols, terminou o campeonato Brasileiro de 2006 na vice-artilharia, atrás apenas de Souza, do Goiás, que fez 17. Foi um dos melhores anos de sua carreira e uma das melhores temporadas do Figueira, que terminou o Brasileirão em 7º, a três pontos da vaga na Libertadores. Meses antes, ele tinha sido campeão catarina. Ele voltou a viver boa fase no Tigre, em 2001, seu último ano no estado, quando a turma da Terra do Carvão ficou com o vice do estadual, ao perder o caneco pra Chapecoense. “Estou feliz em estar de volta”.

Ao olhar o concreto azul e vermelho do Gigantão das Avenidas, o rodado atacante se lembra de uma data especial na carreira. “Foi neste estádio que eu fiz minha estreia no Figueirense, em 2006; a partida terminou empatada”, relembra Schwenck. Foi na segunda fase do Catarinense daquele ano, e o jogo ficou em 2 a 2, depois de os manezinhos abrirem 2 a 0 no placar. Ele garante que vem pra ajudar o clube a conquistar a vaga na Série D e elogiou os companheiros. “O Marcílio está montando um elenco forte”, avalia.



Mais chegadas

Três nomes não são novidade. Já haviam sido anunciados como reforços pela diretoria no fim de semana, mas só ontem se apresentaram ao clube. São eles: Márcio Careca, Bruno Octávio e o meia Léo Franco, que estava na Lajeadense.

Um dos mais experientes do grupo, o lateral-esquerdo Márcio Careca tem passagem por mais de 10 clubes, entre eles Santos, Ceará e Vasco, onde foi campeão da copa do Brasil em 2011. Apesar de rodado, o jogador tá pela primeira vez na Santa & Bela. “Fiquei sabendo do clube pelo Renê, que estava no Barueri. Eu tinha outras propostas, mas o projeto é muito bom e decidi vir”, diz o veterano, que estava no Santo André no começo do ano.


Feliz em ver alguns conhecidos no elenco, Márcio sente falta de ver mais garotada. “A experiência conta, mas você tem que ter os meninos também”, acredita. O boleiro avisou que quer se aprofundar na história do Marinheiro.

Bruno Octávio teve uma passagem marcante pelo Corinthians e já jogou na Santa & Bela. Não pisou no Gigantão, mas já encarou o Cílio. “Foi no returno do campeonato Catarinense de 2009, lá em Florianópolis. Depois disso me machuquei”, conta o volante. Na ocasião, o Figueirense venceu por 2 a 1. Nenhuma das duas equipes passou pro quadrangular, e o Marcílio Dias terminou a competição como rebaixado.

Ele jura que veio porque gostou de tudo: da cidade, do planejamento e do grupo que tá sendo montado. “A oportunidade de vencer é o que atrai”, garante. Pra ele, além da vaga na Série D, o objetivo é classificar pro quadrangular.

Além dos nomes conhecidos e com passagens por clubes grandes, algo que tem chamado a atenção entre os 17 nomes anunciados até o momento é a alta média de idade do grupo. Apenas o volante Maycom Jr e o meia Dênis têm menos de 25 anos, o que deixa a média da turma em 29,9 anos. O técnico Guilherme Macuglia já defendeu a escolha por atletas mais experientes, alegando que num campeonato de tiro curto isso não vai prejudicar o time.

  • Confira a lista

Goleiros


Eduardo – 32 anos

Fabiano Borges – 30 anos

Laterais


Thoni – 34 anos

André Luiz – 30 anos

Márcio Careca – 35 anos

Itauê – 29 anos

Zagueiros


Toninho – 32 anos

Gustavo – 31 anos

Helton – 27 anos

Volantes

Bruno Octávio – 28 anos

Fabiano Silva – 32 anos

Xipote – 31 anos

Maycom Jr – 21 anos

Meia

Harison – 33 anos

Dênis – 23 anos

Léo Franco – 27 anos

Atacante

Schwenck – 34 anos

 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.208.126.232

TV DIARINHO


Minuto DIARINHO- Ciclone extratropical deixa rastro na região;- Em Balneário Camboriú, clube flutuante ...



Podcast

Minuto DIARINHO 09/08/2022

Publicado 09/08/2022 20:22



Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Blogs

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela faz sessão de treinos contra a Argentina

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação