Matérias | Polícia


Itajaí

Assaltantes quase acertam tiro em gerente

Mandaram balas para amedrontar os funcionários. Renderam todo mundo e fugiram com toda a grana dos caixas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Um assalto que parece ter sido planejado parou a cidade de Luís Alves na sexta-feira. Quatro assaltantes encapuzados assaltaram a agência do banco do Brasil. Armados, deram pelo menos três tiros, um deles disparado de fora pra dentro da agência, pra amedrontar funcionários e clientes. Um dos disparos quase acertou o subgerente. Após ter rendido todo mundo, os criminosos levaram o dindim dos caixas. Fugiram em direção a Gaspar e não foram mais localizados. O valor levado da agência não foi divulgado.

O assalto rolou por volta das 14h50, quando os quatro criminosos chegaram até a agência, que fica na rua 18 de Julho, no centro. Eles estacionaram um Gol branco bem em frente ao banco. Todos estavam ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O assalto rolou por volta das 14h50, quando os quatro criminosos chegaram até a agência, que fica na rua 18 de Julho, no centro. Eles estacionaram um Gol branco bem em frente ao banco. Todos estavam com moletons com capuz, que era usado pra esconder o rosto.

Três deles desceram e o quarto assaltante, que tava de motora, permanaceu no carro. Foi ele quem anunciou o assalto quando, de dentro do possante, atirou contra a agência. Esse disparo passou de raspão pelo subgerente da agência.



Com o aviso, os outros três malacabados aproveitaram pra estourar a marretadas a porta lateral, que serve de acesso aos caixas eletrônicos pro interior da agência. Durante o estouro do vidro, um dos criminosos se cortou, pois havia sangue espalhado pelo chão. O trio rendeu todos que estava dentro da agência e, como os bandidos usavam armas de cano curto, deram dois tirombaços como forma de intimidar os funcionários.

Em seguida, pegaram o dindim dos caixas e, em menos de dois minutos, fugiram no carro. A direção dos criminosos foi a cidade vizinha de Gaspar. A polícia Militar foi acionada e fez rondas pelo local, mas os criminosos não foram localizados.

Segundo o coronel Marco Antônio Otávio, que comanda a PM de Luís Alves, até o final da tarde, a polícia não tinha conseguido a placa do carango, mas acredita que o possante usado pelos assaltantes tenha sido furtado em Blumenau.


Pra tentar cercar a quadrilha, o comandante acionou as polícias de Joinville, Blumenau e de Gaspar, além de passar informações sobre o ataque pra todas as unidades da PM e da polícia Civil da região. Até o helicóptero Águia da PM foi chamado pra fazer buscas. Até o final da tarde de ontem, os bandidões não tinham sido localizados.

Terceiro ataque em menos de um ano

Este foi o terceiro ataque que o banco sofreu em menos de um ano. De acordo com o responsável pela depê de Luís Alves, Arlindo Artner Junior, pra tentar identificar os malacabados, a polícia vai analisar as imagens das câmeras de segurança da agência. Segundo ele, o sangue que ficou no local foi recolhido pelos peritos do instituto Geral de Perícia (IGP) pra ser analisado. O material pode servir para identificar e enjaular os integrantes da quadrilha.

No dia 18 de março deste ano, o bandidão Edson Francis de Souza, 19, participou da explosão a um caixa eletrônico da agência do BB da rua 18 de Julho, trocou tiros com a polícia e foi preso, ao tentar cruzar o rio Itajaí-açu a nado, em Ilhota. Os outros cinco comparsas conseguiram siscapar. Pelo caminho, o bando deixou R$ 7,2 mil em cheques, o revólver e um colete. O dindim que tiraram do caixa eletrônico não foi encontrado pela polícia. O valor não foi revelado.


No ano passado, nesta mesma época, os bandidos já tinham atacado a agência. Na madruga de sábado, dia 29 de dezembro, seis bandidos armados arrombaram e explodiram os caixas eletrônicos dessa agência e também do Bradesco de Luís Alves. O ataque começou às 2h30, quando seis homens foram vistos saindo de um Ecosport. Armados com uma espingarda, um fuzil e pistolas, eles botaram algumas bananas de dinamite na porta da agência e arrebentaram o local. Com o caminho livre, ainda instalaram outros explosivos na frente de dois caixas eletrônicos, no hall de entrada do banco. A grana foi levada das máquinas cospe-dinheiro.

 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






35.168.110.128

TV DIARINHO


Entrevistão com Douglas Costa Beber  - Diretor Geral da Emasa



Podcast

Avalie o que importa

Publicado 13/08/2022 09:56



Especiais

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Brasil

Quem está destruindo as unidades de conservação do cerrado

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás



Blogs

A bordo do esporte

Maquete eletrônica do Salão Náutico Salvador com o Grand Pavois

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Douglas Costa Beber

"Somos a cidade mais saneada de Santa Catarina e uma das mais saneadas do Brasil”

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação