Colunas


Ideal Mente

Por Vanessa Tonnet - Vanessatonnet.psi@gmail.com

CRP SC 19625 | Contato: (47) 99190.6989 | Instagram: @vanessatonnet

O desamparo da infidelidade


(foto: reprodução)

Quem trai nunca diz toda a verdade. Esta é a verdade que não se comenta. A pessoa que trai conta somente parte da história, a parte mais inofensiva, mais aceitável do envolvimento paralelo.

Há uma edição da narrativa para evitar conflitos maiores e constrangimentos morais. O infiel não esclarece quantas vezes saiu com o outro, quantas viagens bancou, quantos passeios realizou, quantos programas românticos executou na surdina, quantos presentes ofereceu, quantas confissões partilhou, onde se encontravam e em quais horários.

Não descreve minúcias e detalhes da escapada. Mal fala da terceira pessoa. Mantém os rumores sufocados no silêncio.

Se tudo fosse dito de uma vez por todas, o ódio conheceria uma única explosão, um único surto, uma única catarse. Mas, na infidelidade, você desmascara a farsa aos poucos, por capítulos.

Por isso dói tanto. Você perde gradualmente a cumplicidade, a admiração, a amizade e, no fim, não sobra nem o respeito.

O “chifre” não é apenas uma coroa do deboche, um adorno do desastre que se coloca na cabeça: suas pontas serão fincadas em sua pele devagar, lentamente, com sucessivas incisões e desdobramentos, fazendo uma cicatriz irreversível.

É como ter a sua casa furtada. A cada dia, vai descobrindo mais um objeto que sumiu, mais um sentimento que foi subtraído de seu lar.

É sempre algo a mais que se leva do patrimônio emocional da relação, e você se desespera de raiva, por não acreditar em monumental desdém e frieza.

É sempre mais uma mentira que você desvenda no decorrer dos fatos.

Viverá abastecido por uma rede de informantes arrependidos ou culpados pela sua tristeza. Um amigo ou um colega próximo adicionará um elemento, uma cena dos amantes, uma situação da duplicidade, de que você não desconfiava.

A sensação é de que todo mundo sabia do que estava ocorrendo nos bastidores, menos você. O que aumenta a sua perplexidade diante da dissimulação do parceiro, transformando o que era intimidade em completa estranheza, a ponto de questionar: “Com quem eu vivi até agora?”.

Depois da infidelidade, não é possível ficar junto. Exige-se no mínimo um tempo longe para ver o tamanho do estrago.

Não contar que traiu tampouco salva o casamento. Só vai adiar o fim certo e líquido.

A infidelidade não prescreve. Pode-se esconder a verdade por cinco anos, 10 anos, 20 anos. Quando ela vir à tona, a dor não terá esfriado, a vergonha não será esquecida, a injúria não será perdoada.

Não importam o tamanho da convivência depois do caso, as alegrias que surgiram posteriormente, as conquistas mútuas. Assim como não faz diferença se a infidelidade foi um flerte de uma noite ou uma aventura demorada.

Ninguém aguenta ser enganado. Em Nápoles, na Itália, um idoso de 99 anos decidiu se divorciar de sua mulher de 96, após 77 anos de matrimônio. Ele localizou cartas de amor escondidas num gaveteiro antigo, e ela confirmou um romance secreto nos anos 1940. O desamparo da traição não tem idade.

 

" Na infidelidade, você desmascara a farsa aos poucos, por capítulos”


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.



Bons negócios

CN Empreendimentos completa 15 anos entre as 100 maiores construtoras do Brasil

Aquário de BC tem promoção de ingressos por R$ 79,90 até o próximo domingo

BMW Série 3 ganha atualização em 2024


Veículos

Motos

Nxr160 Bros Esdd

R$ 22.900,00

Bicicletas

Vende-se Montain Bike

R$ 750,00

Motos

Cg 160 Titan

R$ 22.500,00

Motos

Shadow 750

R$ 42.000,00

Motos

Biz 110i

R$ 14.600,00

Motos

Biz 125

R$ 19.600,00


Imóveis

Sítio, Chácara ou Fazenda

Vendo Ou Troco Sítio Em Piçarras

R$ 850.000,00

Sítio, Chácara ou Fazenda

Vende-se Linda Chácara Na Paciência

R$ 1.500.000,00

Kitnet

Kitnetes Completas P/ Solteiros

Quartos

Quarto Para Alugar

Apartamento

Vendo Apartamento Em Bc

Casa

Vendo / Troco (sobrado)

R$ 300.000,00


Empregos

Tenho vaga para

Contrata-se Barbeiro

Ofereço-me para trabalhar

Pedreiro, Encanador E Eletricista

Ofereço-me para trabalhar

Casal Para Cuidar De Chácaras E Sítios

Tenho vaga para

Fetrammasc Contrata

Tenho vaga para

Santlux Constrata

Tenho vaga para

Contrata-se Empregada Domética


De tudo

Comércio, escritório e indústria

Grampear Comércio E Assistência






Entrevistão

Márcio Dedé

"Houve um racha de parte do União Brasil com parte do MDB”

LEONEL PAVAN

“Este muro imaginário de [BC] rica e [Camboriú] pobre que tem que acabar”

Edson Piriquito

"No momento que eu implanto o pronto-socorro dentro de uma das alas do Ruth, eu resolvo atender o ser humano e não comprovante de residência e título de eleitor”

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

ENQUETE

Qual o seu favorito se as eleições municipais de Penha fossem hoje?

Evandro dos Navegantes (PSD)

Gilberto Rodrigues (PP)

Janete Krueger (PSB)

Júnior Mafra (MDB)

Juraci Alexandrino (MDB)

Luizinho Américo (PL)



TV DIARINHO






Especiais

BRASIL

Marcha para Jesus se tornou um terreno político em disputa

15 de junho

Confira 10 dicas para curtir Itajaí no feriado

LUXO É VIVER BEM

10 edifícios recomendados como um ótimo investimento

Desde o século 19

Costa itajaiense coleciona casos de naufrágios

Tradição

Sapataria artesanal é um negócio de família 



Colunistas

Jackie Rosa

Festerê família Silva e Sodré

JotaCê

60 anos da Univali

Histórias que eu conto

Colégio Catarinense 5

Artigos

Nos 164 anos de Itajaí, as pontes são para o futuro

Coluna Esplanada

Memória

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: 164 anos de município, não de fundação

Via Streaming

“Pose”

Diário do Investidor

O dinheiro te serve ou você serve o dinheiro?

Ideal Mente

Você tem fome de quê?

Direito na mão

Como o tempo de trabalho rural pode beneficiar sua aposentadoria

Show de Bola

O busão voltou

Na Rede

Explosão na oficina de motos, catarinense no leilão do Neymar e mais: o que bombou nas redes do DIARINHO

Coluna do Ton

Niver da Candice

Mundo Corporativo

Cansado das mesmas coisas na empresa, é hora de mudar?

Coluna Exitus na Política

O CHARME DA POLÍTICA: IGUALDADE E LIBERDADE [1]




Blogs

Blog do JC

Fábio Negão, joga merda no ventilador

A bordo do esporte

VelaShow abre quarta edição

Blog da Jackie

Chinelagem chic

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação