Colunas


Coluna Exitus na Política

Por Sérgio Saturnino Januário - pesquisa@exituscp.com.br

O TEMPO DA INDETERMINAÇÃO


A expressão “Janela Partidária” é reveladora do ambiente político que enfraquece as instituições políticas e, do outro lado da rua, como uma fonte que suga a energia política, fortalece o indivíduo-político. As Janelas Políticas são reveladoras da falta de compromisso político da Fidelidade Partidária. A Falta de Fidelidade, a ausência de compromissos com a “família” partidária, a tolerância com os saltos pela janela no soturno da noite ou no esconderijo das mensagens trocadas nas redes sociais, tudo isso é próprio do caráter político das relações sociais e políticas e do caráter das pessoas.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





O Ambiente Político dos rituais das “Janelas” é a marca da indeterminação e dos jogos de camuflagem, como camaleão que tenta se confundir ao ambiente para se proteger. Partidos Políticos são atrativos e repulsas, oportunidades e utilidades. Até que as “Janelas” sejam fechadas, nada poderá ser definido. Os últimos lances serão a sacralização dos arranjos, dos interesses, do oportunismo, do nunca-ideológico e do sempre-útil.

Nos rituais das “Janelas”, nos entornos das oportunidades de pular o terreno moral e das responsabilidades e do amor tantas vezes declarados ao grupo familiar, para se fazer valorizar, o jogo é, necessariamente, de indeterminação. Todas as promessas não se farão verdadeiras, a camuflagem e a manipulação se farão presentes em cada jogada. E não serão nem mesmo desrespeitosas as mudanças porque, com simplismo e desfaçatez, cada qual fará seu movimento no tabuleiro do destino político. “Família” Política nunca será preservada, posto que todos os seus quesitos de existência nunca estiveram presentes. Vale o aproveitamento da situação. E para se defender, os incautos e fracos buscam as acusações. O fruto se colhe logo em frente, sem demora.

Para a traição, já sacramentada, já revelada, já descoberta nas trocas de mensagens em redes sociais, já flagrada nos intestinos do corpo político, revela o caráter dos indivíduos e dos rituais políticos. As cenas dos rituais do poder político passam por atos tal qual uma peça teatral. Cada membro é personalidade de palco. O Poder dos Ritos de Poder está, em parte apenas, na “classe oficial”, aquela encarregada pelas organizações e desempenho das formalidades dos próprios ritos. Aparecem até mesmo os messiânicos que teriam a clarividência dos passos das pernas no futuro.

A “propriedade ritual” será desenhada ao fim-do-espetáculo político das “Janelas”. Os cenários, de janela em Janela, exigem preparo e capacidade de administrar o Tempo da Política. Os eleitores, como moradores recém-chegados, são considerados de “fora”, estrangeiros porque não são reconhecidos como qualificados para participar das interações rituais da política. O tempo do Eleitor na Política virá, de acordo com o roteiro, logo depois, em dois atos: nos convencimentos de pré-campanha e no convencimento de campanha eleitoral até o momento do voto.

No período dos “Ritos das Janelas Políticas”, estabelecidas as exigências políticas e de figurinos, de comportamentos, de vez-de-falas e deixas, em cenários reais organizados pelos membros da “classe oficial”, cada qual conduz suas visões de oportunidades, faz os cálculos eleitorais e políticos, conjuga as formas e dinâmicas de apoio e vislumbra sua vitória na cena seguinte. Depois, e somente depois, necessariamente depois, entrará no Palco o Eleitor, dono de seu voto, nem tanto de sua atuação. O Tempo das Janelas é de indeterminação.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Coluna Exitus na Política

Valores políticos e frequência eleitoral

Coluna Exitus na Política

Ética para civilização tecnológica

Coluna Exitus na Política

Era uma vez...

Coluna Exitus na Política

Os superespeciais

Coluna Exitus na Política

Os disfarces da linguagem

Coluna Exitus na Política

Público e privado

Coluna Exitus na Política

SOB DESCONFIANÇA

Coluna Exitus na Política

Curtir a cidadania

Coluna Exitus na Política

A conquista do mundo

Coluna Exitus na Política

Papai noel, você tem esperança

Coluna Exitus na Política

O PLANO, O TEMPO

Coluna Exitus na Política

Você não consegue se esconder de você

Coluna Exitus na Política

Os sapatos, as meias

Coluna Exitus na Política

Plantio, cuidado e colheita

Coluna Exitus na Política

Quem és? Conheço você?

Coluna Exitus na Política

Cardápio para você se alimentar

Coluna Exitus na Política

Leis que precisam ficar longe de você

Coluna Exitus na Política

O prego dói no pé

Coluna Exitus na Política

Ao martelo tudo parece prego



Blogs

Blog do JC

Palavra é tudo!

Blog da Ale Francoise

Lanchinho do bem!

A bordo do esporte

Lola Cars na Fórmula E

Blog da Jackie

Os Fort’s e os Koch’s

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”

Robison Coelho

"Nós não estaremos com o MDB aqui em Itajaí”

TV DIARINHO

Um aluno autista estaria sendo vítima de discriminação na escola Francisco de Paula Seara, da rede estadual ...




Especiais

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Legado de amor

Dona Maricotinha, aos 95 anos, tem a vida pautada pela família, religião e dedicação ao próximo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação