Colunas


Coluna Fato&Comentário

Por Edison d'Ávila -

Carijós, Peabiru e a foz do Itajaí


A imprensa noticiou na semana passada que vereador da cidade de Joinville abriu processo contra a jornalista e historiadora Rosana Bond, maior especialista brasileira nos estudos sobre o Peabiru.

Acontece que o vereador pretende oficializar através da Câmara Municipal que o famoso caminho indígena passava também pelo território do hoje município de Joinville. Claro que a historiadora catarinense deveria mesmo se contrapor à inciativa, porque a proposta não tem nenhuma base histórica.

Era o Peabiru uma trilha indígena que partindo do litoral chegava até a famosa Serra da Prata, no interior da América do Sul, entre o que agora é  Bolívia e  Peru. Esse caminho, medindo cerca de um metro e meio de largura, afundado no solo por quase 30 centímetros,  tinha dois ramais: um partindo de São Vicente e Cananeia, em São Paulo, e outro começando à margem continental da baía Sul da Ilha de Santa Catarina.

Foram os guaranis que abriram esse caminho ao se deslocarem do interior sul-americano para o litoral do sul do Brasil e nele transitaram por séculos de idas e vindas, o que acabou por perenizar esse itinerário. Os tupi-guaranis, ao se instalarem no litoral, daqui expulsaram os tapuias, que quer dizer “os outros”.

Os carijós, descendentes daqueles primeiros tupi-guaranis, guardavam memória de seu lugar originário e do caminho para lá se chegar. Foram eles que passaram tal informação a náufragos e  viajantes do século XVI. O ramal catarinense seguia pelo litoral e na altura de Camboriú derivava em direção ao Rio do Meio até encontrar o rio Itajaí-mirim em Itaipava. Dali para frente, seguia margeando esse rio até sua foz na Barra do Rio, onde atravessava o Itajaí-açu para a margem direita.

Dali em diante percorria novamente o litoral até a foz do rio Itapocu, em Barra Velha. Margeando o Itapocu atingia o planalto paranaense e encontrava o ramal do Peabiru que vinha do litoral paulista e o rio Iguaçu, que desemboca no rio Paraná, pelo qual atingia o interior sul-americano.

Foi esse caminho que em 1524 o náufrago português Aleixo Garcia, à frente de outros companheiros e de centenas de carijós, percorreu até chegar às minas de ouro e prata do alto Peru, atual Bolívia. Sua expedição somente não se coroou de pleno êxito porque Garcia acabou morto ao voltar para Santa Catarina. Mas alguns companheiros, carijós e parte das riquezas recolhidas conseguiram chegar até o litoral catarinense.

Vê-se que o Peabiru não cortava mesmo o território joinvilense, pois que fletia para o interior, a partir da foz do rio Itapocu, portanto, bem antes das terras da Cidade dos Príncipes. Tem razão, pois, Rosana Bond em contraditar o desinformado edil e nenhuma razão tem ele para a querer processar.   


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Fato&Comentário

O Porto é nosso?

Coluna Fato&Comentário

2024 - Auspicioso ano do Bicentenário

Coluna Fato&Comentário

Abonada e insensível

Coluna Fato&Comentário

Uma santa passou por Itajaí

Coluna Fato&Comentário

O Português de a dama

Coluna Fato&Comentário

Pasquins: livre expressão do povo

Coluna Fato&Comentário

Enchentes: lições da história

Coluna Fato&Comentário

O ambientalista global em Itajaí e o grande susto

Coluna Fato&Comentário

“Montecchios”e “Capuletos” também em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Professor e historiador Moacir Costa

Coluna Fato&Comentário

Itajaí: berço da indústria náutica

Coluna Fato&Comentário

Nóbrega Fontes, em duas comemorações

Coluna Fato&Comentário

Monsenhor Vendelino em Itajaí e sua época

Coluna Fato&Comentário

Trânsito público na Vila de Itajaí: normas de 1868

Coluna Fato&Comentário

Patrimônios em restauro: casas Bauer, Burghardt, Konder

Coluna Fato&Comentário

“Obras de Santa Engrácia”em Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Homens de negócios precisam dar um presente a Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Bicentenário da Paróquia e marco fundacional de Itajaí

Coluna Fato&Comentário

Adão e o alfaiate

Coluna Fato&Comentário

Carros de mola e transporte público



Blogs

A bordo do esporte

Volta da Ilha das Cabras abre temporada de regatas em São Paulo

Blog do JC

Lula e o genocídio

Gente & Notícia

Churrasco On Fire, da dupla Fernando e Sorocaba, chega a Massaranduba

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog da Jackie

O ‘sim’ de Ângela e Dolor

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

TV DIARINHO

Uma criança morreu atropelada por um caminhão no bairro São Vicente, em Itajaí, no final da manhã deste ...




Especiais

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

violência

Brasil tem um assassinato de pessoa trans a cada três dias

Programa diferente

Na Estrada: Escapada pra Curitiba num finde de verão

Presidente do STM

Acampamentos golpistas “foram tolerados por orientação” militar

Agropecuária

Bancada adota ‘discurso tóxico’ em anúncios nas redes sociais



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação