Colunas


Artigos

Por Artigos -

“Um furacão chamado depressão “


Prevenção do suicídio.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Setembro Amarelo.

O dia estava lindo. Céu azul, algumas nuvens brancas e uma leve brisa. Aos poucos o vento começou a soprar, algumas nuvens escuras começam a se formar. Tudo muito sutilmente, escondendo o que haveria de chegar.  Dia após dia, assim, vento e céu nublado, o sol não brilhava mais.

Só que, de repente, numa velocidade inimaginável, tudo mudou. O céu cinzento anunciava uma tempestade e eu não havia me dado conta. Pensei em pedir ajuda, porém, refleti: Quem nunca passou por uma tempestade? Vou dar conta. Esse foi o meu engano. Dias de tempestades e eu esperando que aquilo passasse, mas me enganei mais uma vez.

A tempestade evoluiu para um furacão categoria 5 na escala de furacões, ventos de quase 300 km por hora. Agora, pedir ajuda não era mais uma decisão: era uma necessidade. Tentei pedir, porém, já era tarde demais. Visibilidade distorcida pela chuva, pelos raios e pelo vento. Não sabia mais qual era o caminho de volta. Eu esperava que acontecesse o que muitas pessoas chamam de chegar ao fundo do poço. O pensamento era: chegando ao fundo do poço eu não cairei mais. Porém me enganei novamente. Depressão não te dá nem a oportunidade de chegar ao fundo do poço, ela é uma queda livre sem fim.

Os meses passaram e então aconteceu algo que muita gente pensa que é uma decisão e eu respeito, porém não concordo. Penso que o suicídio não é uma decisão. Falar “decidiu tirar a própria vida”, para mim, está errado. Pois chega um ponto que o sofrimento é tão brutal que suicídio se torna a única solução, na interpretação de uma mente transtornada. Na interpretação de uma pessoa que enxerga o mundo com a lente da depressão.

Então ir embora naquele momento era a única solução. Mas as pessoas que estão a sua volta? Você não está sendo egoísta? Não está pensando só em você?  Você vai aliviar o seu sofrimento e fazer muitas pessoas sofrerem. Que pessoas? Estou meses aqui no meio desse furacão, estou sozinho, completamente isolado. Não me reconheço mais. Não tenho mais nenhum sentimento dentro de mim. O vento varreu tudo, deixou só o medo e a angústia. Preciso ir embora. Nada pode ser pior que esse furacão. Nesse momento, já não era eu falando, era a depressão falando por mim.

Ninguém que tenta tirar a sua própria vida está querendo morrer. Está apenas querendo mudar uma situação, porém o sofrimento excessivo impede que a pessoa tenha uma visão mais ampliada do mundo.  Há um estreitamento cognitivo, ela só enxerga a sua própria dor. Enxerga o mundo com a lente da depressão.

Quero dizer a você que está lendo esse pequeno texto que, se em algum momento da sua vida você não se sentir muito bem, entristecido, sem energia, às vezes muito irritado, a vida parecendo que ficou meio preta e branca, não tenha medo e nem vergonha de pedir ajuda. Transtorno mental é doença e tem tratamento. Gostaria de observar algo muito importante: nem todo caso de transtorno mental evolui para pensamentos suicidas. Suicídio é sintoma de gravidade de alguma patologia psiquiátrica. Por isso é muito importante pedir ajuda e começar um tratamento para que a doença não evolua. É imprescindível o acompanhamento de um profissional da área da saúde metal.

“Dentro de todo suicida há alguém querendo viver.”

Dra. Alexandrina Meleiro.

Psiquiatra.

 

Falar é melhor solução.

 

José Roberto Silva.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Artigos

Não queremos viver numa pátria dominada pela bandidagem

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Artigos

OAB MUDA

Artigos

Os limites constitucionais da atuação da guarda municipal, segundo o STJ

Artigos

Parabéns, Navegantes!

Artigos

Cenas para mudar o cenário

Artigos

Sobre a preservação da caixa d’água

Artigos

Onde há defensoria há justiça e cidadania

Artigos

Poeta mensageiro

Artigos

Reforma trabalhista é injustamente atacada

Artigos

Justiça Fiscal

Artigos

2022, um novo tempo para o turismo e para SC

Artigos

Um tributo à verdade

Artigos

A ‘sombra’ do Judiciário no Executivo – o caso da Praia Brava

Artigos

Inflação preocupa

Artigos

Colocando os pingos de grãos nos is

Artigos

Construindo pontes

Artigos

O Dia Estadual da Defensoria Pública

Artigos

Amigo é um lugar



Blogs

Blog do JC

The Ocean Race

A bordo do esporte

Regatas do Brasileiro de Snipe 2023 agitam a raia de Jurerê, em Floripa

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog Doutor Multas

O que o exame toxicológico consegue detectar?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

TV DIARINHO

PROIBIDO ESTACIONAR! O principal acesso à praia do Cascalho, em Penha, voltou a ser palco do desrespeito ...




Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação