Colunas


Coluna Exitus na Política

Por Sérgio Saturnino Januário - pesquisa@exituscp.com.br

Uma torneira na cabeceira da cama


Em qualquer ambiente institucional, público ou privado, a estrutura possibilita a organização. Na construção de uma casa, o conjunto das partes mais resistentes determinam a disposição espacial [quartos, salas, banheiros, cozinhas, corredor]. Os planos de uso estarão adequados aos espaços criados nas estruturas. Sofás, pias, camas, armários indicarão as formas de uso de cada ambiente.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Na medida que nos acostumamos com as coisas e seus lugares, parece difícil recriar os ambientes. Uma reforma aqui, outra ali, e a mudança de móveis não alteram as ordens criadas ali. Somos capazes de viver naquelas condições por muitos anos. As coisas e a vida se acomodam e passamos a ver sem observar. Naturalizamos o mundo social e a vida política.

No mundo político, a “Casa-Estado” é a estrutura para a construção da casa da vida política. O desenho da construção, a engenharia e seus cálculos de segurança possibilitam a execução da obra. Se o pé direito será elevado, como igrejas, então farão com que as pessoas se sintam “pequenas” diante da “vastidão” do teto. As Estruturas Constitucionais indicarão a forma de uso dos ambientes políticos, a distribuição dos poderes e as responsabilidades.

Sistemas de controle são necessários para que as partes funcionem. Para cada ambiente haverá formas de acesso; para cada parte uma função essencial. O Regime Político, ou as formas de organização e distribuição de responsabilidades são orientadores de funcionalidade. Se o Estado será constituído por modelo Presidencialista ou Parlamentarista, reverterá em arranjos de cada ambiente da “Casa-Estado”.

No Presidencialismo há concentração do Poder e a estabilidade é possível na gestão e avaliação dos resultados: Presidente e Governo serão sistematicamente avaliados. Caso algo dê errado, o processo de recuperação de estabilidade é doloroso, prolongado, dispendioso. Os impedimentos de Presidentes são o caminho “belicoso” para tentar reencontrar a “paz”. O evento eleitoral contém componentes de sorte, e os erros se tornam sofrimentos longos. Voto e sorte é acaso; voto e consciência política é reflexão.

O Parlamentarismo desconcentra o poder político e o Primeiro Ministro é o representante que, por sua origem, vai ao Parlamento para defender as políticas de governo e as formas de uso dos “ambientes” políticos. Está em busca permanente de coalisão, estabilidade. Caso algo dê errado, o processo de recuperação de equilíbrio das forças é relativamente rápido, pouco doloroso e menos dispendioso.

Mas quando o projeto da casa a ser construída não prevê a forma de organização e funcionalidade de modo rigoroso e preciso, a “Unidade Habitacional” não produz estabilidade. Quartos servem para tomar banho, cozinhas são feitas dormitórios e salas podem ser utilizadas para preparar refeições. E, de tempos e tempos, pela falta de comodidade, as mudanças dos móveis não encontram a funcionalidade esperada.

Na “Casa-Estado” Brasil é difícil acomodar as coisas: o projeto “Presidencialismo de Coalizão” não protege a política. O Plano Constitucional tem espírito parlamentarista, mas o corpo é presidencialista: não formam unidade. Na casa “Presidencialismo de Coalizão”, de cor verde e amarela situada na avenida Brasil, na cabeceira da cama tem uma torneira a gotejar no colchão: ali ficam pratos sujos.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Coluna Exitus na Política

O dono da política

Coluna Exitus na Política

A estupidez e o juiz do mundo

Coluna Exitus na Política

Alucinação política

Coluna Exitus na Política

A política, o pênalti

Coluna Exitus na Política

Legitimidade em transe

Coluna Exitus na Política

A liberdade do tempo

Coluna Exitus na Política

Futebol sem bola e sem goleiro

Coluna Exitus na Política

Lágrimas retidas

Coluna Exitus na Política

O divã para voar

Coluna Exitus na Política

A escravidão do pensamento

Coluna Exitus na Política

Imutável res-sentimento

Coluna Exitus na Política

Heróis, tolos e votos

Coluna Exitus na Política

Chagas do voto

Coluna Exitus na Política

A política de “Ícaro”

Coluna Exitus na Política

A cara no espelho

Coluna Exitus na Política

A órbita eleitoral

Coluna Exitus na Política

O gênero da política

Coluna Exitus na Política

O medo e a vulgaridade

Coluna Exitus na Política

Um lugar desconhecido

Coluna Exitus na Política

O poder sem face



Blogs

A bordo do esporte

Recife (PE) pronta para receber a Globe 40

Blog Doutor Multas

Divisão de Registro de Veículos: entenda como funciona

Blog do JC

The Ocean Race

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

TV DIARINHO

PROIBIDO ESTACIONAR! O principal acesso à praia do Cascalho, em Penha, voltou a ser palco do desrespeito ...




Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação