Matérias | Geral


Perigo nas encostas

Chuvarada provoca deslizamentos

Defesa Civil está em alerta porque o solo encharcado aumenta o risco de novas ocorrências

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Desmoronamento na avenida Ruy Barbosa interditou o trânsito (foto: João Batista)

Os mais de 130 mm de chuva em Itajaí e Balneário Camboriú encharcaram o solo e provocaram deslizamentos de terra graves nas últimas 24 horas. Em Itajaí, o caso mais preocupante foi em Cabeçudas onde o deslizamento derrubou um poste da Celesc e quase atingiu uma casa. Já em Balneário Camboriú houve registro de deslizamento na Vila Fortaleza, no Ariribá e na Praia dos Amores. Não houve o registro de vítimas durante as ocorrências.

Em BC, as chuvas provocaram a queda de terra no final da rua Pica-pau, no bairro Ariribá. Um rancho foi atingido, mas não houve vítimas. Os bombeiros e equipes da Defesa Civil prestaram atendimento no local, que foi isolado.

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Em BC, as chuvas provocaram a queda de terra no final da rua Pica-pau, no bairro Ariribá. Um rancho foi atingido, mas não houve vítimas. Os bombeiros e equipes da Defesa Civil prestaram atendimento no local, que foi isolado.



O município informou que o local já era uma área de risco mapeada e atestada por vários relatórios técnicos. Em razão disso, os proprietários foram notificados para autorização de uma obra para que a contenção seja feita na encosta.

O primeiro passo da obra é o da sondagem. Para isso, um acesso foi providenciado na vegetação. Em razão das chuvas das últimas semanas, porém, não foi possível concluir a etapa do trabalho.

O rancho ao lado da casa já tinha sido interditado e após o deslizamento o local foi interditado. A família teve que se hospedar na casa de parentes. Também houve um deslizamento na avenida Ruy Barbosa, n Praia dos Amores, que interditou a via no sentido Balneário Camboriú, entre as ruas Clarice Lispector e Machado de Assis, altura da Pousada Reimar.


Um esquema de contrafluxo foi montado pelos agentes de trânsito no sentido Itajaí, deixando a via em mão dupla. Uma árvore também caiu na avenida Interpraias, na altura da Praia de Taquaras, deixando um lado da pista interditado.

Abrigo ativado

A Defesa Civil e a Secretaria de Assistência Social ativaram um abrigo no salão paroquial da igreja São Vicente de Paulo, no bairro São Vicente. O espaço atende 30 pessoas do loteamento Beija-Flor, no Portal 1, que tiveram que deixar suas casas em decorrência do extravasamento do ribeirão da Murta. No fechamento desta edição, os níveis do ribeirão estavam baixando.

Escolas detonadas


A chuva também provocou estragos em 10 escolas de Itajaí. Na Jorge Domingos Gonzaga, no São Roque, um banheiro e um corredor alagaram. Também houve alagamento na escola Henrique Marques, também no São Roque.

A maior parte das escolas alagadas fica em Cordeiros: Gisele Kawikioni, Amélia Muller, Ana da Silva Fontes, Rosinha de Souza. Na Murta houve problemas na Manoel Ferreira; no Salseiros na João Vieira Ramos, nas escolinhas  Léa Leal e Laércio Malburg, da Barra do Rio, e Ângela Dias, do São Vicente. Apesar dos alagamentos, não haverá suspensão de aulas, segundo a secretaria de Educação. Todas as aulas estão mantidas.

Saúde

O posto de saúde da Canhanduba, na rua João Thomaz Pinto, teve os atendimentos suspensos nessa terça-feira por alagamentos. O serviço volta ao normal nesta quarta.


 

Deslizamento derruba casa na Vila Fortaleza

Casa deslizou junto com o morro (foto: leitor)

Casa deslizou junto com o morro

 

Um desmoronamento de terra derrubou uma casa de madeira na Vila Fortaleza, em BC. A mãe que vivia com os três filhos no local conseguiu se salvar com a família. Ninguém ficou ferido.

Segundo Fabrício Mello, coordenador da Defesa Civil, a casa foi interditada. “Teve um rompimento de uma caixa d'água, a casa praticamente foi destruída, mas não houve feridos”, explicou.  A defesa Civil disse que não há riscos para os vizinhos.


Durante a ocorrência, moradores agrediram o coordenador do Departamento de Desocupações Irregulares (DECOI) com socos no rosto.  A Guarda Municipal e a Polícia Militar foram acionadas.

O advogado Rafael Pierozan, que representa a Associação de Moradores da Vila Fortaleza, cobrou providências da prefeitura. Ele explica que há mais de três anos foi feito um acordo com o Ministério Público e a associação para regularizar a área e retirar as famílias do local de risco, mas o prefeito Fabrício até hoje não assinou o documento para dar prosseguimento à ação. “Essas pessoas precisam de ajuda. Nós estamos precisando do poder público para uma solução”, disse o advogado.

 

BC e Itajaí tiveram mais de 130 mm de chuva

Chuvarada alagou ruas da região (foto: Amanda Moser)

Chuvarada alagou ruas  (foto: Amanda Moser)

 

Nas últimas 24 horas, os volumes de chuva acumulados em Itajaí superam os 140 milímetros. Os bairros Cordeiros, Espinheiros, Fazenda, Itaipava, Limoeiro, São Roque, Praia Brava e Colônia Japonesa foram os que mais registraram chuva.

Já Balneário Camboriú registrou 136 mm de chuva. A cidade teve alguns pontos de lâminas d’água, mas que foram se dissipando conforme o escoamento. Problemas com a chuva foram registrados nos bairros Ariribá, Praia dos Amores, centro e Vila Fortaleza.

 

Morraria de Cabeçudas cede e derruba poste   

Casa quase foi atingida por deslizamento (foto: reprodução)

Acidente foi em área com desmatamentos (foto: reprodução)

 

Moradores do bairro Cabeçudas sofreram com a chuva. Os vídeos mostram um deslizamento de terra na rua Geremias Caldeira, que fica na primeira travessa da rua Floriano Peixoto, com muito barro escorrendo pelas ladeiras.

A água desceu do morro com força e escorreu no sentido da praia.   No alto do morro, perto da área que deslizou, existe uma casa em construção que devastou grande área de mata Atlântica. Ninguém se feriu.

A prefeitura de Itajaí informou que o trecho do deslizamento está bastante perigoso. “O local foi sinalizado pela Defesa Civil e continua interditado. As equipes da Secretaria de Obras estão aguardando a Celesc desligar a energia e assim que parar as chuvas, e não tiver mais risco de deslizamento, vão fazer a limpeza da área”, informou a Secretaria de Obras.

A Celesc informou que não desligou a energia imediatamente porque foi impedida pelo Corpo de Bombeiros de acessar o local devido aos riscos de novos deslizamentos. 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






100.26.196.222

Últimas notícias

ITAJAÍ

Lei que obriga uso de sacolas ecológicas aguarda regulamentação

queridinhos

Carros da Fiat são os mais procurados para aluguel

ITAJAÍ

Vereadora e mais quatro são condenados por fraudes à licitação

Final de semana

BC Fight Week tem ingressos esgotados

Vale muito

Barra recebe o Hercílio Luz em confronto direto por classificação

Catarinense

Marinheiro encara o Brusque em Balneário Camboriú

ITAJAÍ

Vereador tira da pauta projeto que queria mudar o nome da Praça dos Correios

TRISTEZA

Empresário morre ao cair de prédio em Itapema

SE LIGA!

Cruzeiro aposta em grandes nomes para esta temporada; confira elenco do time

GIRO DA ECONOMIA

Governo do estado libera terceira operação de crédito para empréstimo de até R$ 5 mil



Colunistas

Histórias que eu conto

Anos cinquenta II

Coluna do Ton

Giro pelo mundo

JotaCê

Vereadora mandou colega praquele lugar

Via Streaming

Neurônios em ação

Coluna Esplanada

Imortalidade em risco

Gente & Notícia

Dupla de estrelas

Ideal Mente

Precipitação

Direito na mão

Planejamento previdenciário: ponto a ponto

Coluna Exitus na Política

O TEMPO DA INDETERMINAÇÃO

Empreender

Balneário Camboriú no radar dos investimentos norte-americanos

Na Rede

Se liga nas notícias que bombaram nas redes do DIARINHO

Jackie Rosa

Ai que calor!

Artigos

O novo Plano Diretor de Itajaí só tem vencedores

Coluna Existir e Resistir

United Colors Sarará

Foto do Dia

A ver navios

Show de Bola

Grande campanha

Clique diário

Tesouro

Coluna Fato&Comentário

O Porto é nosso?



TV DIARINHO


O projeto que obriga o uso de sacos e sacolas ecológicas no lugar de sacos de lixo e sacolas plásticas ...





Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Blogs

Blog do JC

Mudou

A bordo do esporte

Thiago Pereira e Swim Floripa levam Troféu José Finkel para Floripa

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação