Matérias | Geral


Pandemia 

BC mantém réveillon e abertura do verão

Festa da virada, por ora, está confirmada pela prefeitura. Já Itajaí resolveu suspender a programação de Natal

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Festa da virada segue confirmada pela prefeitura (Foto: Divulgação/Arquivo)


A nova portaria estadual com restrições para eventos de grande porte ao ar livre fez as prefeituras tomarem decisões sobre as festas de réveillon e a programação natalina. Em Balneário Camboriú, ao menos por enquanto, a festa de Réveillon está mantida na cidade, com show de fogos e tudo. Em Itajaí, a festa está cancelada.


O evento de abertura da temporada de verão em Balneário, marcado para o próximo sábado, foi confirmado pelo município. “À luz dos dados que temos hoje não temos motivos para o cancelamento do evento de sábado. Para frente vamos ficar atentos, avaliar o quadro e sua possível evolução, mas hoje mantemos a programação”, anunciou o prefeito de Balneário, Fabrício Oliveira (Podemos).

“Quanto ao Réveillon, ainda está mantido, mas será  avaliado o quadro e acompanhado de perto, como sempre fizemos”, ressaltou. O prefeito disse que a cidade tem uma alta taxa de vacinados com a primeira dose da vacina contra a covid-19, com taxa de 81%, e, também, alta taxa de cobertura da segunda dose, com 67% da população.

“O que nos dá a segurança para manter o evento de sábado, onde haverá monitoramento e controle de público”, justificou.

A festa de sábado marca a inauguração da nova praia Central, com o alargamento da faixa de areia. A abertura da temporada de verão tem programação a partir das 18h, na estrutura montada na altura da praça Almirante Tamandaré. O local tem palco para shows, arena de esportes e espaço infantil.

Itajaí cancela a festa

Continua depois da publicidade



Com a portaria estadual publicada na terça-feira, a programação do Natal EnCanto de Itajaí foi suspensa e deverá passar por adaptações no formato. Estavam previstos desfiles na rua Hercílio Luz, apresentação musical no museu Histórico e projeção mapeada na igreja Matriz, entre outras atrações, entre 8 e 22 de dezembro. No ano passado, a versão do evento foi online.

“A Fundação Cultural do município avaliará nesta semana a programação prevista e verificará a possibilidade de fazer adaptações no evento para sua realização, conforme as medidas sanitárias vigentes”, informou a entidade em nota.

Continua depois da publicidade



Em Itajaí, a secretaria de Turismo já havia informado o cancelamento da festa de Réveillon devido às restrições impostas pela nova portaria, que inviabilizam o evento, segundo o município. A festa previa show de fogos por 12 minutos e apresentações em três palcos musicais que seriam montados ao longo da avenida Beira-Rio.

Festival da Havan pode

Eventos particulares como o Havan Festival, anunciado para o dia 26 de dezembro na Arena Open, em Camboriú, seguem mantidos. “A realização seguirá o protocolo “Evento Seguro”, regulamentado pelo decreto estadual 1371”, informou a organização. A programação com cantores nacionais não terá mudanças.

Questionada, a secretaria Estadual de Saúde não manifestou esclarecimentos sobre a portaria e quais orientações aos municípios.  O protocolo “Evento Seguro” é obrigatório pra realização de eventos e deve ser amplamente divulgado pelos organizadores, segundo a portaria do estado.

Entre as medidas exigidas está o uso de máscara e o acesso mediante a comprovação de vacinação completa ou apresentação de testes negativos para covid-19. A portaria não especifica os eventos proibidos, apenas informa que os eventos de grande porte ao ar livre, com estimativa de mais de 500 pessoas, devem respeitar o protocolo. A portaria também não faz diferenciação entre eventos públicos e privados, sujeitos ao mesmo regramento.

Estado emite alerta por causa da nova variante

Nota traz orientações pra combater uma possível nova onda de infecções

A secretaria Estadual de Saúde lançou uma nota de alerta na terça-feira para o fortalecimento das medidas de prevenção diante da nova variante Ômicron do coronavírus no mundo. A nota traz uma série de medidas que devem ser adotadas pelas equipes de vigilância sanitária e epidemiológica, serviços de saúde e população em geral.

Entre as principais orientações está a organização de estratégias de preparação e resposta para uma possível nova onda de casos e medidas pra intensificação da vacinação pelas prefeituras. Para a população em geral, o alerta é para manter as medidas de prevenção como uso de máscaras, evitando aglomerações e ambientes com pouca ventilação, higiene das mãos e busca pra completar o esquema vacinal.

De acordo com o superintendente de Vigilância em Saúde, Eduardo Macário, independentemente do tipo de variante do coronavírus, recomenda-se a adesão da população à vacinação contra a Covid-19. O entendimento é que quanto mais pessoas imunizadas, menor o risco de transmissão e de formas graves da doença. “Apenas com o esquema vacinal concluído a imunização tem o seu efeito, e as pessoas estarão protegidas”, afirma Macário.

A gravidade da nova variante ainda é estudada. Segundo a nota da secretaria, ainda não está claro se a infecção com a variante pode resultar em quadros mais graves de covid-19 e nem se a ômicron é mais transmissível que outras variantes. “Evidências preliminares sugerem que pode haver um risco aumentado de reinfecção com a variante Ômicron (ou seja, pessoas que já tiveram covid-19 podem ser reinfectadas mais facilmente com esta variante), mas as informações são limitadas”, alerta.

Variante chega a 20 países

Conforme a organização Mundial de Saúde (OMS), a nova variante da covid-19 possui um número sem precedentes de mutações, o que a torna mais preocupante. A variante ômicron foi detectada em cerca de 20 países, incluindo no Brasil, com três casos.

No caso de São Paulo,  uma casal desembarcou em Guarulhos no dia 25 de novembro, com sintomas da doença. A confirmação da variante foi anunciada na terça-feira. Portaria lançada no dia 27 de novembro proibiu voos com destinos ao Brasil de origem ou passagem por seis países africanos com registros da nova variante. A medida atende recomendação da Anvisa pra controlar os riscos de disseminação da variante no Brasil.

O protocolo prevê quarentena de 14 dias e testagem pra brasileiros que passaram pelos países 14 dias antes do embarque. Para estrangeiros entrarem no país, até o momento o governo Federal não exigiu qualquer comprovante de vacinação, descumprindo uma orientação da própria Anvisa.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





44.192.114.32

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 04/07/2022

Publicado 04/07/2022 21:18



Especiais

Cordeiros

Professora Rita de Cássia ensinou matemática a diferentes gerações de itajaienses

SUPERAÇÃO

Deficiência nunca impediu Jailton de fazer o que quis; até elevador em casa ele construiu

Centro de Itajaí

Bravacinas se transforma em referência em vacinação humanizada

Itajaí

Itajaí mantém protagonismo na pesca industrial

A riqueza vem pelo mar

Polo náutico reúne players mundiais do mercado de luxo



Blogs

A bordo do esporte

Brasil realiza único evento de automobilismo do mundo de Ayrton Senna

Blog da Ale Francoise

Chá de sabugueiro!

Blog do JC

Salve o Ribeiro!

Blog do Ton

Consultório médico, em Balneário Camboriú tem pegada chic, mas sem excessos

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Doutor Multas

A Desentupidora mais próxima de você! Desentupidora de emergência 24h SP

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”

Renata Teixeira Pinto Viana

"Não se indica cigarro eletrônico para alguém que queira parar de fumar"

Governador de Santa Catarina

"É importante destacar que as obras só avançam por conta dessa decisão de colocar recursos dos catarinenses nas rodovias federais”

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação