Matérias | Reclamações


Barra Velha 

Prefeitura some com símbolos da cidade e revolta moradores

Ossada de baleia e estátua de índia foram retiradas a pedido da Fundação de Turismo, Esporte e Cultura

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Praça ficou sem referenciais históricos, mas Fumtec alega que definirá novos espaços. Fotos Google e Arquivo.


Dois patrimônios culturais importantes da cidade de Barra Velha simplesmente desapareceram e deixaram incompleto um dos cenários turísticos mais conhecidos da cidade. A “Ossada da Baleia” e a estátua da “Índia Mani”, antes instaladas na esquina da rua Ernesto Krause com a Avenida Armando Petrelli, em frente à lagoa municipal, foram retiradas do local pela Fundação de Turismo, Esporte e Cultura (Fumtec). E, segundo apurou o DIARINHO, sem qualquer consulta à comunidade ou ao Conselho Municipal de Patrimônio Histórico existente na cidade. 


“De uma hora para outra, a estátua que estava lá desde o início dos anos 90, esculpida por José Cristóvão Batista, desapareceu”, pontuou ao DIARINHO a moradora F. C. M., nascida ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!



“De uma hora para outra, a estátua que estava lá desde o início dos anos 90, esculpida por José Cristóvão Batista, desapareceu”, pontuou ao DIARINHO a moradora F. C. M., nascida e criada na cidade. Já a moradora Vera Bento, na página “Barra Velha Notícias” do Facebook, reivindicou: “queremos a índia novamente na praça”. 

A Índia Mani é uma representação dos índios carijós, homenagem aos primeiros habitantes do litoral, esculpida no início dos anos 90 e doada à cidade pelo escultor Batista, na época da gestão de Mário Celso Bittencourt (MDB). A ossada da baleia é ainda mais antiga – estaria há mais de 60 anos sendo prestigiada por veranistas e moradores. Os dois monumentos eram chamariz de selfies e fotos turísticas dos visitantes da cidade. 

Ao DIARINHO, o presidente da fundação turística, Pierre Costa, confirmou que foi a prefeitura que retirou estátua e ossada, e negou que houvesse necessidade de consultar comunidade ou conselho, “porque são patrimônio da prefeitura” e a administração “achou que não era o local mais adequado”. No local da ossada, será instalada uma réplica em miniatura da ponte pênsil da lagoa. O esqueleto, entretanto, permanecia na região central de Barra Velha há 69 anos - pelo menos desde 1952, segundo alguns registros históricos. 

Pierre destacou que possui em mãos laudo técnico de 7 de abril deste ano, assinado pelo Museu Oceanográfico da Univali. “A ossada não tem mais serventia para estudo, para exposição, nem para nada, mesmo assim a gente guardou”. Questionado sobre a ossada ser um fóssil, ou seja, ter valor histórico, Pierre não respondeu. 

Segundo ele, será avaliado um novo local para a estátua. “Ninguém jogou fora a estátua da índia. Vamos botar em outro local, no lugar que eu achar adequado”.

Continua depois da publicidade



Doação pra museu 

O laudo do museu da Univali, assinado pelo curador e coordenador do museu, Jules Soto, avalia que “não se trata de um esqueleto”, mas “restos parciais” de uma baleia franca (eubalaena australis), fragmentos do esqueleto original, contendo vértebra, porção do crânio, pequeno pedaço de mandíbula, e uma pequena parte do osso da cabeça.

Continua depois da publicidade



Ao mesmo tempo em que o laudo aponta que “os ossos de baleia não têm sentido ou valor expositivo, visto o péssimo estado de conservação”, o Museu da Univali pede a doação do esqueleto parcial para que alguns ossos sejam “restaurados para uso didático”. Pierre afirma que não é intenção de Barra Velha doar a ossada para a Univali.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.238.104.143

TV DIARINHO


Confira os destaques desta segunda-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 04/07/2022

Publicado 04/07/2022 21:18



Especiais

Cordeiros

Professora Rita de Cássia ensinou matemática a diferentes gerações de itajaienses

SUPERAÇÃO

Deficiência nunca impediu Jailton de fazer o que quis; até elevador em casa ele construiu

Centro de Itajaí

Bravacinas se transforma em referência em vacinação humanizada

Itajaí

Itajaí mantém protagonismo na pesca industrial

A riqueza vem pelo mar

Polo náutico reúne players mundiais do mercado de luxo



Blogs

A bordo do esporte

Brasil realiza único evento de automobilismo do mundo de Ayrton Senna

Blog da Ale Francoise

Chá de sabugueiro!

Blog do JC

Salve o Ribeiro!

Blog do Ton

Consultório médico, em Balneário Camboriú tem pegada chic, mas sem excessos

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Blog Doutor Multas

A Desentupidora mais próxima de você! Desentupidora de emergência 24h SP

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”

Renata Teixeira Pinto Viana

"Não se indica cigarro eletrônico para alguém que queira parar de fumar"

Governador de Santa Catarina

"É importante destacar que as obras só avançam por conta dessa decisão de colocar recursos dos catarinenses nas rodovias federais”

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação