Matérias | Geral


ITAJAÍ

Proposta da ACII quer liberar prédios de até 20 andares em Cabeçudas

Modelo de ocupação apresentado na revisão do plano Diretor aumenta os índices construtivos no bairro; moradores são contra

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Associação de moradores considera proposta desproporcional às características do bairro (Foto: João Batista)


Proposta apresentada pelos representantes da associação Empresarial de Itajaí (ACII) no colegiado de revisão do Plano Diretor prevê aumento na altura das construções na praia de Cabeçudas. Com o uso de outorga onerosa, prédios poderiam chegar a 20 andares em lotes acima de mil metros quadrados e na quarta quadra da orla. As mudanças também elevariam os atuais índices na primeira, segunda e terceira quadras.

A proposta é uma das três em discussão e considerada pela associação de Moradores desproporcional às características do bairro. A proposta dos moradores basicamente mantêm os índices atuais, com limites de três pavimentos na 1ª e 2ª quadras, até cinco na 3ª quadra e até sete na 4ª quadra. Nessa opção, não é previsto a concessão de outorga, direito que permite construir acima do permitido. Na avaliação dos moradores, a proposta mantém a harmonia entre as casas existentes e as novas construções.

Os limites defendidos pela associação de moradores foram propostos a partir de ideia da equipe técnica da prefeitura. A principal diferença é que o grupo técnico traz limite de nove pavimentos na última quadra. Também não se permitiria outorgas acima dos limites e mezaninos seriam considerados pavimentos pra definição das alturas máximas, de até 30 metros na última quadra.



O modelo apresentado pelos delegados da ACII traz índices para pequenos lotes, de até mil metros quadrados, e grandes áreas, acima de mil metros quadrados. No primeiro caso, a construções teriam altura de até 10,7 m (1ª e 2ª quadras), até 17 m (3ª quadra) e até 26,3 m (4ª quadra). Nos terremos maiores, os limites ficariam entre 10,7 m, 26,3 m e 38,9 m, já com outorga, mas poderiam ser ampliados.

O delegado Nivaldo Pinheiro, titular da ACII no colegiado e dono da construtora Procave, destacou na proposta que ela é adequada para o bairro e mantém baixíssimo nível de ocupação na primeira e segunda quadras da praia. “Nossa proposta é permitir de forma responsável o melhor aproveitamento para os poucos imóveis disponíveis da terceira e quarta quadras, mas, mantendo-se o baixo índice de construção geral”, explicou na apresentação.

Projeção de 500 apartamentos


Nas últimas quadras, a projeção da entidade  dos empresários é que sejam possíveis no máximo 20 novas construções em lotes acima de mil metros quadrados, o que representaria cerca de 500 apartamentos. Na quarta quadra e em grandes terrenos, a proposta é de prédios com 10 pisos mais a cobertura, no limite de até 38,9 metros de altura. Mas os estudos indicam que os prédios poderiam ficar ainda mais altos.

“Nas simulações que fizemos para o local, onde aplicamos o mesmo índice e a mesma quantidade de apartamentos, alternando entre si altura e afastamentos, observa-se que a melhor opção em termos de qualidade de moradia, comercial e ambiental, seriam prédios de até 20 andares”, defendeu a entidade empresarial.

O diretor de Urbanismo da associação de Moradores de Cabeçudas, Victor Bomtempo Augusto, que é delegado da entidade no processo de Revisão do Plano Diretor, destaca que a proposta da ACII é desproporcional à realidade do bairro, caracterizado por ruas estreitas e ocupação predominante de casas.

O entendimento dos moradores é que a proposta é descabida e não deve nem ser levada pra votação no colegiado. Uma nova reunião nesta sexta-feira vai discutir pontos em aberto das propostas, que pode resultar num único documento a ser levado pra votação, prevista na semana que vem. “Vamos podar essas propostas para não irem contra às questões técnicas e intenções da população”, disse.

 


Busca é por propostas mais amenas, diz coordenador

Bairro tem área de morrarias com Mata Atlântica e ruas estreitas

O arquiteto Dalmo Vieira Filho, coordenador da revisão do Plano Diretor de Itajaí, disse não ver possibilidade de a proposta da ACII ser aprovada, sendo o mais provável que nem chegue a ser votada. “Estamos procurando sanar os excessos e convergir para propostas mais amenas”, informa. “Consideramos que Cabeçudas precisa ter um leve incremento populacional, mas que não deve interferir na paisagem do bairro”, completa.

A proposta do grupo técnico traz parâmetros que abrangeriam também as praias da Atalaia e Geremias, além de Cabeçudas, com limite de três pisos (dois pavimentos mais cobertura) na primeira quadra. O limite de nove  pavimentos na quarta quadra em Cabeçudas só valeria até a cota 20 (altura em relação ao nível do mar) e para ruas com mais de 8,3 metros de largura. Em ruas mais estreitas, o limite seria de sete andares.


Mesmo na proposta do grupo técnico da prefeitura, a associação de Moradores defende mudanças, como a redução de nove pra sete pavimentos na última quadra. “Também teria que ajustar o padrão mínimo de largura de rua pra essas liberações”, comentou o delegado da associação, Victor Bomtempo.

Outro ponto que a associação não concorda é permissão de concessão de outorga, seja qual for o modelo aprovado. “Outorga aqui em Cabeçudas não cabe. O próprio corpo técnico já abordou isso”, lembra.

O processo de revisão do plano Diretor de Itajaí está nas etapas finais, com uma série de reuniões. Segundo Dalmo Filho, a ideia é encaminhar o resultado para a câmara de Vereadores até o final de outubro ou no início de novembro.

 

Associação diz que prefeitura não cumpre decisão judicial

Na praia Brava, a verticalização também é questionada pela associação de Moradores. Após denúncia ao ministério Público Federal (MPF), a entidade conseguiu liminar da justiça que proíbe que o município aprove novas construções que provoquem sombreamento na praia e na restinga.


A decisão foi dada no mês passado. O município prometeu cumprir a liminar mas entraria com recurso. Segundo a presidente da associação, Daniela Occhialini, a prefeitura não está cumprindo as medidas. “É como se a orientação do Ministério Público Federal fosse ignorada. Inclusive o assunto nem é citado nas reuniões do grupo de delegados que discutem possíveis alterações no Plano Diretor da cidade”, acusa.

O município estaria seguindo com as análises de projetos que causariam sombra na praia. A liminar veda liberação de empreendimentos que sombreiem a praia antes das 17h, no solstício de inverno, período em que a incidência do sol é a menor do ano. A secretaria de Urbanismo esclareceu que a denúncia não procede. “O Município de Itajaí segue respeitando a decisão judicial vigente até novo parecer”, informou.

 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.223.3.251

Últimas notícias

ITAJAÍ 

Caminhão derruba poste e arrebenta fiação de avenidas 

Marejada

Festa celebra a cultura portuguesa e a alegria peixeira

Ivo Silveira

Fiasco: goteiras paralisam partida entre Itajaí Vôlei e Bluvôlei

ITAJAÍ

Rede de academia promete devolver dinheiro recebido

EXPOCENTRO BC

Megafeirão terá mais de mil veículos à venda; premiação é voo de helicóptero

ITAJAÍ

Incêndio detona subprefeitura de Cordeiros; ninguém se feriu

Futsal

Camboriú disputa Taça Brasil de futsal sub-16

TRISTEZA

Vigilante de Camboriú morre vítima de infarto

Vôlei

Brasil vence Porto Rico e ficar perto da classificação no Mundial

Attack Fight

Lutador de Itajaí participa de evento nacional de muay thai



Colunistas

Coluna Esplanada

Senac (DF), de novo

JotaCê

“Prefeito saiu com a crista alta e voltou com o rabo entre as pernas,” diz Paulinho

Clique diário

Vista privilegiada de Itajaí

Canal 1

A Carrascodependência é uma realidade na Globo dos dias atuais

Vinicius Lummertz

SC do futuro: 2º turno deve privilegiar propostas

Gente & Notícia

Hoje tem Miss Brasil

Direito na mão

11 direitos da pessoa com câncer

Coluna do Janio

Cara de Marcílio Dias!

Coluna Exitus na Política

A cara no espelho

Coluna do Ton

Reis da make

Na Rede

Se liga no que foi destaque nas redes sociais do DIARINHO nesta semana

Via Streaming

“O Psicopata Americano”

Coluna Fato&Comentário

Aprender português com quem sabia

Jackie Rosa

Show de Armando

Artigos

Marco do sesquicentenário do município destruído

Instituto Ion | Informando e Inovando

Um ano de Informando e Inovando

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos



TV DIARINHO


- Bolsonaro deve vir a BC durante campanha ao segundo turno - É hoje: começa a temporada de festas ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 06/10/2022

Publicado 06/10/2022 16:09



Especiais

Brasil

Atingidos por agrotóxicos não conseguem reparação na Justiça, aponta dossiê inédito

OLHO NO CARRINHO

Leite fake: espessantes, gordura vegetal e soro confundem consumidores em busca de preço

Fique ligado

Confira as orientações, regras e serviços para o dia da eleição

ENTREVISTA

“Já atingimos ponto de não retorno” em algumas regiões da Amazônia, diz pesquisadora

ELEIÇÕES 2022

Partidos em Santa Catarina receberam quase R$ 194 milhões



Blogs

A bordo do esporte

Brasil ganha cinco medalhas na vela nos Jogos Sul-Americanos

Blog do JC

Marejada

Blog do Ton

Zezé Di Camargo & Luciano aterrissam em outubro no Expocentro BC

Blog Doutor Multas

5 golpes comuns que você deve ficar atento ao comprar um carro

Blog da Jackie

Spring Party

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Jorge Boeira

“A saúde de Santa Catarina está esperando vaga na UTI”

Esperidião Amin

"Eu não quero colocar o Bolsonaro dentro da minha gaiola - que é o que alguns querem, ser o dono do Bolsonaro. Já foram até repreendidos por isso”

Décio Nery de Lima

"Vou retomar os investimentos que o Bolsonaro negou para Santa Catarina”

Jorginho Mello

"O candidato do presidente Bolsonaro é o Jorginho Mello”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação