Matérias | Geral


FUTURO DA PRAIA ITAJAIENSE 

Delegados do Plano Diretor votam propostas para o bairro Cabeçudas

Revisão do plano diretor debate modelo de ocupação

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]

Altura dos prédios é debatida por delegados do Plano Diretor (Foto: Arquivo)

Os delegados do Plano Diretor de Itajaí estão reunidos na noite desta quarta-feira analisando as propostas previstas para a ocupação do bairro Cabeçudas, em Itajaí. Eles vão escolher o modelo de construções permitidas para o bairro.


A votação iniciou cerca de 19h e não tem previsão de término. A proposta escolhida pela maioria será enviada para a câmara de Vereadores para a votação definitiva do novo plano diretor de Itajaí.

Continua depois da publicidade



O colegiado aprecia duas propostas. A primeira, apresentada pelos representantes da associação Empresarial de Itajaí (ACII), prevê aumento na altura das construções na praia de Cabeçudas. O modelo traz índices para pequenos lotes, de até mil metros quadrados, e grandes áreas, acima de mil metros quadrados.

No primeiro caso, a construções teriam altura de até 10,7 m (1ª e 2ª quadras), até 17 m (3ª quadra) e até 26,3 m (4ª quadra). Nos terremos maiores, os limites ficariam entre 10,7 m, 26,3 m e 38,9 m. Com o uso de outorga onerosa, prédios poderiam chegar a 20 andares em lotes acima de mil metros quadrados na quarta quadra da orla. Ali, a entidade também prevê a construção de 20 novos prédios em lotes acima de mil metros quadrados, o que representaria cerca de 500 apartamentos.

Já a proposta dos moradores mantém os atuais índices para construção, com limites de três pavimentos na primeira e segunda quadras, até cinco na terceira quadra e até sete na quarta quadra. Nessa opção, não é prevista a concessão de outorga, direito que permite construir acima do permitido pagando uma multa.

Os limites defendidos pela associação de moradores foram propostos a partir de projetos da equipe técnica da prefeitura. A principal diferença é que o grupo técnico traz limite de nove pavimentos na última quadra. Também não se permitiria outorgas acima dos limites e mezaninos seriam considerados pavimentos quando se fala em altura máxima, de até 30 metros na última quadra.

Continua depois da publicidade



O arquiteto Dalmo Vieira Filho, coordenador da revisão do Plano Diretor de Itajaí, explica que o processo de revisão está nas etapas finais. Com a votação desta quarta-feira, a ideia é encaminhar o resultado para a câmara de Vereadores nos próximos dias.



Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





3.236.232.99

TV DIARINHO


Confira os destaques desta sexta-feira





Especiais

Efeitos colaterais da pandemia

Outubro Rosa tem a missão de resgatar pacientes que não fizeram os exames preventivos em 2020

AMPLIAÇÃO

Portonave projeta investimentos de mais R$ 500 milhões

NAVEGANTES

Atividade portuária consolida a economia

SANTA CATARINA

Navegantes tem o segundo maior aeroporto do estado

NAVEGANTES

Cluster da construção naval é aqui



Blogs

Blog do JC

Mentirada pra cima do alcaide

Blog da Jackie

Balneário Fashion Best Summer

A bordo do esporte

Brasileiros aprovam desempenho no Mundial de Formula Kite

Blog da Ale Francoise

Magnésio e suas funções!

Blog Clique Diário

Ilha das Cabras - Balneário Camboriú

Blog Doutor Multas

Como comprar o melhor carro dentro de seu orçamento

Blog do Ton

Chefs Bruno Faro e Willian Vieira comandam noite gastronômica nesta quinta-feira no Quatro7, em Balneário Camboriú

Bastidores

Um olhar sobre o teatro de escola



Entrevistão

Guido Petinelli

O melhor empreendimento é aquele que enriquece o bairro.”

Ana Tereza Canziani Pereira Boschi

"O Implanon é tecnologia de ponta, e a gente vai oferecê-lo para as mulheres de Itajaí”

Ana Paula Bastos Cardoso

“O luto tem que ser encarado como uma forma natural da vida”

Fábio da Veiga

"Todos os players do mercado são favoráveis a esse modelo de gestão Landlord”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯