Matérias | Polícia


Sinais causam filas, reclamam motoristas

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A instalação de semáforos em frente ao novo supermercado Giassi, no bairro Fazenda, em Itajaí, gerou filas de carros na rodovia Osvaldo Reis. A sinaleira, segundo os motoristas, provoca congestionamentos em horários de pico. “A fila está chegando ao Morro Cortado”, conta Marcos A.

Outro morador gravou um vídeo da fila que mostra tudo parado mesmo com pouco trânsito na rodovia que liga Itajaí a Balneário Camboriú. “Não tem nem trânsito saindo do mercado e já está tudo ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Outro morador gravou um vídeo da fila que mostra tudo parado mesmo com pouco trânsito na rodovia que liga Itajaí a Balneário Camboriú. “Não tem nem trânsito saindo do mercado e já está tudo parado. Triste a modificação que fizeram”, reclama o motorista.

O motorista Marcos acredita que a situação vai piorar quando houver a volta das aulas presenciais.  “Tudo tende a piorar com mais trânsito”, alerta.



Para os moradores, a implantação das sinaleiras foi feita sem qualquer planejamento.

A mudança na Osvaldo Reis, em frente ao ginásio Ivo Silveira, começou em outubro. A passarela pra travessia de pedestres foi retirada. No lugar dela foram instalados dois conjuntos de semáforos,  implantadas duas faixas de travessias elevadas para pedestres e ciclistas, uma na esquina com a rua Osni Melo, e outra na esquina com a José Agripino Corbeta, em frente ao mercado.

O canteiro central da Osvaldo Reis foi aberto no trecho para abrigar o retorno com sentido obrigatório por trás do ginásio Ivo Silveira.


No sentido Balneário-Itajaí, a rodovia ficou com quatro faixas entre os dois semáforos em frente ao mercado: duas pro fluxo normal, uma de retorno e uma para entrar no mercado.

Sinaleira da Promenac 

A moradora W.K., 48 anos, também reclama das filas formadas em horários de picos pelas sinaleiras em frente da Promenac e na esquina da rua Alfreido Eicke com a Curt Hering, no bairro da Barra do Rio.

Os sinais não estão sincronizados e estão gerando filas em toda a avenida Reinaldo Schmithausen, diariamente, sempre em horário de pico. “Em dia de chuva você é obrigado a ir trabalhar de carro e enfrentar 30 minutos parado na fila”, reclama a motorista.

Na manhã de quinta-feira, a fila de carros começava em frente da Promenac e se estendia pela Schmitausen, até a entrada da rua Jovito Anacleto.


O DIARINHO entrou em contato com a Codetran, que até o fechamento desta edição não deu retorno sobre os problemas bo trânsito nos dois pontos da cidade.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.236.138.35

Últimas notícias

DIVISA SC E PR

Obras: Trânsito na Serra volta a ser liberado em quatro faixas

Crimes contra o meio ambiente

Despacho revoga “boiada” que ameaçava prescrever milhares de multas ambientais

INVESTIMENTOS

Águas de Penha investe em tecnologia 24 horas no sistema de distribuição de água

NOVIDADE

Ética Imóveis lança site exclusivo com lançamentos imobiliários

ITAJAÍ

Consultório médico é advertido após funcionária se arriscar pra limpar vidraça

ITAJAÍ

Polícia apreende carro de luxo em operação que combate o tráfico e lavagem de dinheiro

RANKING

Univali está entre as melhores universidades da América Latina

Só carrões

Camboriú teve encontro de supercarros neste final de semana

Penha

Carro invade calçada e atropela adolescente de 14 anos

Caiu

Camboriú anuncia saída do técnico Higo Magalhães após derrota para o Marcílio



Colunistas

JotaCê

Achutti embarca no governo e assume educação de BC

Coluna Esplanada

O BNDES hermano

Coluna Exitus na Política

Chiclete mascado embaixo do banco

Na Rede

Se liga no que foi destaque no DIARINHO nesta semana

Coluna do Ton

Seis Aninhos

Gente & Notícia

FÉRIAS

Foto do Dia

Olha a multidão!

Canal 1

Para ex-diretora da Globo, drama do humor também passa pela renovação

Direito na mão

Qual aposentadoria paga mais?

Coluna do Janio

Vitória para a história

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Clique diário

O pôr do sol!

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


CHEIO DE MOSQUITO: Um terreno abandonado virou alvo de denúncias e reclamações dos moradores da Murta ...





Especiais

Economia

Paixão Nacional Indústria da cerveja representa 2% do PIB e emprega 2,7 milhões de trabalhadores

Em frente à Univali

Bar Manias chega à maioridade atendendo ao fiel público universitário

Pesquisa de preço

Atacadões apostam em diversidade de marcas e descontos pra venda de cerveja

MESMA VIBE

Cinco atrações de Alicante que têm tudo a ver com Itajaí

Cinturão verde ameaçado

Inundações colocam em risco produção de hortaliças em Itajaí



Blogs

A bordo do esporte

Marco Zero de Recife (PE) foi palco da largada da Globe 40

Blog do JC

Racha

Blog da Ale Francoise

Benefícios do chá de funcho

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Volnei Morastoni

“Não sei quem inventou que eu tava com câncer. Eu tive um problema de estafa física e mental”

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação