Matérias | Geral


Projeto local quer tornar a prática de Yôga acessível a todos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Em tempos de isolamento social forçado pela pandemia, o casal Raphaela Moreira e Jerônimo Rocha, de Camboriú, lançou um projeto pioneiro de aulas online de Yôga pelo Instagram. Conforme os idealizadores, seria a primeira escola de Yôga online e ao vivo do mundo pela rede social. A proposta visa democratizar a prática da atividade, com preços acessíveis e planos de exercícios que podem ser feitos em casa ou onde o aluno quiser. Segundo Raphaela Moreira, influenciadora digital que toca a parte comercial e de marketing da escola, as aulas eram feitas em Balneário Camboriú, mas quando surgiu a pandemia, houve a migração pro online, com boa aceitação do público. As aulas são ministradas pelo marido de Raphaela, que tem mais de 20 anos de experiência. Juntos, o casal criou os perfis @yogalivee, que reúne as informações do projeto, e @yogaliveeteam, por onde são transmitidas as aulas. “É uma aula por dia ao vivo, todos os dias, onde visamos democratizar o sistema. Geralmente Yôga era coisa de classes mais altas e, nesse modelo on-line, conseguimos cobrar um real por dia”, explica. O plano mensal é de R$ 29,90, com acesso a todo o conteúdo e práticas pra iniciantes, intermediário ou avançado, além de acompanhamento da evolução do aluno. “Ainda temos uma grande missão. Quando chegarmos a 100 mil alunos, nossa mensalidade cairá pra 1 real por mês”, adianta Raphaela. “Porque acreditamos que o Yôga transforma e tem que ser uma ferramenta social”, argumenta. O instrutor Jerônimo Rocha tb conta que o Yôga tem se tornado uma disciplina com demanda cada vez maior devido aos benefícios, mas ainda esbarra em preços altos e falta de qualificação. “Nossa missão é tornar o Yôga em um hábito possível e acessível para todos, com excelente custo-benefício e aulas no conforto e segurança de casa, através das lives do Instagram", comenta. O contato com a escola para matrículas e informações pode ser feita por mensagem direta pelo Instagram @yogalivee. A escola indica que o aluno seja maior de 16 anos e esteja saudável para praticar atividade física. Linha clássica Raphaela explica que o Yôga praticado pela escola e presente no Brasil e mundo é diferente da linha do “Ioga”, uma modalidade específica que só existe no Brasil, incrementada com técnicas de ginástica. Ela lembra que o Ioga foi fundado por um brasileiro e ensina de outras formas os princípios do Yôga. As vertentes da prática são tratadas em postagens do projeto. A escola do casal trabalha com técnicas corporais do Yôga antigo, somando mais de duas mil técnicas criativas clássicas que favorecem a saúde física e mental. Além de exercícios físicos, as atividades incluem exercícios mentais que, com a prática regular, desenvolvem o equilíbrio emocional e a força psicológica e são capazes de ajudar nas relações sociais das pessoas.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.235.186.94

Últimas notícias

CAMBORIÚ

Polícia liberta mulher que era feita de refém com o filho pelo marido

Famosos

Andressa Urach passeia de lancha em Balneário Camboriú

Crime

Mulher mata marido após discussão em Navegantes

Balneário

Ladrão furta bike na avenida Brasil e acaba preso

Itajaí

Briga termina com homem esfaqueado no bairro Cidade Nova

Itajaí

Acusado de estuprar criança sobe em poste e ameaça se matar

Centro de BC

Vândalo solta fogos do carro em direção à apartamentos

ITAJAÍ

Prefeitura exonera gerente de posto de saúde acusado de assediar funcionárias

TRAGÉDIA

Quatro pessoas da mesma família morrem em acidente na BR 470

HORROR EM BOMBINHAS

Com fio enrolado no pescoço, menor é estuprada pelo padrasto



Colunistas

Na Rede

Se liga no que foi destaque no DIARINHO nesta semana

JotaCê

Jogo nos bastidores

Coluna do Ton

Seis Aninhos

Coluna Esplanada

No pass

Gente & Notícia

FÉRIAS

Foto do Dia

Olha a multidão!

Canal 1

Para ex-diretora da Globo, drama do humor também passa pela renovação

Direito na mão

Qual aposentadoria paga mais?

Coluna do Janio

Vitória para a história

Coluna Exitus na Política

Queimação no estômago

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Clique diário

O pôr do sol!

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


ROUBO DE  CARGA DE FRANGO: A Polícia Civil prendeu um bando na quarta-feira acusado de roubo de carga ...





Especiais

MESMA VIBE

Cinco atrações de Alicante que têm tudo a ver com Itajaí

Cinturão verde ameaçado

Inundações colocam em risco produção de hortaliças em Itajaí

Alta temporada

Preços disparam nos supermercados e provocam a indignação de consumidores

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências



Blogs

A bordo do esporte

Regata em Angra dos Reis promete levar mais de 130 barcos

Blog do JC

Racha

Blog da Ale Francoise

Benefícios do chá de funcho

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Volnei Morastoni

“Não sei quem inventou que eu tava com câncer. Eu tive um problema de estafa física e mental”

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação