Matérias | Geral


MP investiga falta de funcionários de saúde no cadeião da Canhanduba

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O ministério Público do Trabalho recebeu uma denúncia das subseções da OAB de Itajaí, Camboriú e Navegantes sobre a falta de profissionais no quadro médico do complexo Penitenciário da Canhanduba pra atender os casos do novo coronavírus. A denúncia foi apresentada após os órgãos terem confirmado que a empresa de administração prisional Montesinos, que atua em cogestão com o governo de Santa Catarina, oferecia apenas um médico, um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um farmacêutico para atender mais de 1100 detentos no presídio masculino. Um dos motivos pra denúncia foi o fato de 505 presos terem testado positivo pra doença. “Os números deflagram uma exposição grave dos internos, funcionários da empresa contratada e servidores do Estado ao vírus da Covid-19, que já matou mais de 160 mil pessoas no Brasil. Isso vai contra os princípios da Constituição Cidadã, que garante acesso básico de saúde e trabalho decente a todos, bem como da legislação vigente para enfrentamento a este vírus”, declara a presidente da OAB Camboriú, a advogada Maria de Fathima da Costa Santini Teles. O complexo tem três unidades. A penitenciária masculina e o presídio são administrados em cogestão pela empresa denunciada, enquanto o presídio feminino tem gestão exclusivamente pública. Segundo dados do Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina (Coren/SC), o número de internos corresponde a 1158 no presídio, 383 na penitenciária e 240 na ala para mulheres. Nas duas últimas unidades, os casos de covid-19 chegaram a 22 detentos e uma interna, respectivamente. Questionada pela OAB, a empresa Montesinos alegou que o governo do estado não solicitou aumento da equipe por conta da pandemia. Mesmo assim, a empresa havia contratado mais dois técnicos de enfermagem por conta. Sobre a contaminação, a empresa diz que afastou os empregados positivados e o isolamento dos presos, sendo a situação normalizada em agosto. A Montesinos afirmou que a equipe para o presídio masculino tinha dois médicos clínicos gerais, um médico psiquiatra, dois enfermeiros, um farmacêutico, um odontólogo, um atendente de gabinete de odontologia, oito técnicos de enfermagem, três advogados, três assistentes sociais, dois psicólogos, um estagiário de Psicologia e um estagiário de Direito. Como o número de funcionários apresentado pelo Coren foi diferente do apresentado pela empresa, as entidades decidiram levar o caso ao Ministério Público do Trabalho. O MPT começou a investigação sobre o caso.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.225.194.102

Últimas notícias

Caninana

Acidente entre carro e bike deixa ciclista em estado grave   

ESTUPIDAMENTE GELADA

Atacadões apostam em diversidade de marcas e descontos pra venda de cerveja

Beleza

Heaven Salão faz alerta sobre as tendências de corte do verão 2023

Fora de casa

Barra segura o empate com o Joinville

Rio Itajaí-Açu

Procissão em homenagem a Nossa Senhora foi pouco movimentada

Catarinense

Marinheiro vence o Camboriú debaixo de calorão

CIS de Itajaí

Centro de Testagem de covid tem novo horário de atendimento

BALNEÁRIO

Câmeras flagram homem furtando IPhone

Sábado de festa

Praça do Matadouro é entregue à comunidade

Tarde de sáBado

Incêndio destrói caminhão em Ilhota



Colunistas

JotaCê

Achutti embarca no governo e assume educação de BC

Coluna Esplanada

O BNDES hermano

Coluna Exitus na Política

Chiclete mascado embaixo do banco

Na Rede

Se liga no que foi destaque no DIARINHO nesta semana

Coluna do Ton

Seis Aninhos

Gente & Notícia

FÉRIAS

Foto do Dia

Olha a multidão!

Canal 1

Para ex-diretora da Globo, drama do humor também passa pela renovação

Direito na mão

Qual aposentadoria paga mais?

Coluna do Janio

Vitória para a história

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Clique diário

O pôr do sol!

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


ROUBO DE  CARGA DE FRANGO: A Polícia Civil prendeu um bando na quarta-feira acusado de roubo de carga ...





Especiais

ESTUPIDAMENTE GELADA

Atacadões apostam em diversidade de marcas e descontos pra venda de cerveja

MESMA VIBE

Cinco atrações de Alicante que têm tudo a ver com Itajaí

Cinturão verde ameaçado

Inundações colocam em risco produção de hortaliças em Itajaí

Alta temporada

Preços disparam nos supermercados e provocam a indignação de consumidores

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados



Blogs

A bordo do esporte

Barcos e lanchas compartilhadas seguem tendência de mercado

Blog do JC

Racha

Blog da Ale Francoise

Benefícios do chá de funcho

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Volnei Morastoni

“Não sei quem inventou que eu tava com câncer. Eu tive um problema de estafa física e mental”

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação