Matérias | Geral


Itajaí

Diretor do Semasa foi demitido mas prefeito Volnei voltou atrás

Cúpula do Semasa, depois de reunião, ganhou voto de confiança pra resolver sal na água

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]



diretor Geral do Semasa, Diego Antonio da Silva, confirmou à reportagem do DIARINHO, ontem à tarde, que foi demitido pelo prefeito Volnei Morastoni (MDB). Horas depois, o próprio Diego anunciou que o prefeito Volnei voltou atrás na decisão.

Segundo Diego, ele e os demais diretores da autarquia ficam no cargo. Ao DIARINHO, Diego disse que o problema da salinidade na água será resolvido até a próxima segunda-feira e que o prefeito acreditou na competência dos diretores para resolver a crise no abastecimento.

Já a prefeitura de Itajaí não se manifestou sobre a crise no Semasa durante todo o dia, mesmo com insistentes pedidos de informação da reportagem.



A grave crise no abastecimento de Itajaí começou no dia 13 de outubro com o rompimento da ombreira da barragem do Semasa e a contaminação da água da rede com água do mar.

Itajaí e Navegantes, depois de duas semanas sofrendo com altos índices de salinidade na rede do Semasa, desde domingo, sofrem, também, com a falta de água.  A causa do novo problema foi o rompimento de uma adutora do bairro Cordeiros, incidente que secou as torneiras da cidade por mais de 72 horas.

Ao meio-dia de quarta-feira, Diego, Vitor Silvestre, e Jorge Andrade foram demitidos do comando da autarquia. Só que em uma reunião com Volnei, no início da noite, as demissões foram revertidas. “O prefeito acreditou na nossa competência e vamos resolver o problema da água. A nossa equipe é competente, capaz e vai solucionar o problema em até cinco dias”, afirmou Diego ao DIARINHO.


Pra resolver o problema, Diego está com três frentes: a obra na barragem pra conter a cunha salina, a compra de água da Emasa pra abastecer a praia Brava, e a finalização da obra da adutora da Mario Uriarte.

Ontem, a adutora de Cordeiros foi consertada por completo. “Até quarta-feira 60% da cidade estava sem água”, explicou. Com o conserto, os reservatórios começaram a encher e o abastecimento seria normalizado nas próximas horas.

A obra pra evitar o sal na captação de água foi finalizada na parte traseira da barragem. Hoje, a obra recomeça com a colocação de pranchas metálicas e escoramento com estacas e sacos de areia. “O sal já tem caído consideravelmente na água”, afirmou.

Água da vizinha

Outra medida emergencial  é a compra de água da Emasa pra abastecer a Praia Brava – um dos bairros mais atingidos porque depende da água do reservatório do Morro da Cruz, que pode levar até três dias para encher e abastecer o bairro distante.


Na terça-feira, Diego pediu apoio da Emasa pra abastecer o bairro. Ontem, o processo já tinha começado, mas foi suspenso.

Segundo o diretor da Emasa, Douglas Costa Beber, os registros foram abertos pra abastecer o bairro da cidade vizinha, mas não chegaram a ficar duas horas ligados. Com a demissão de Diego, o pedido de água foi suspenso, mas hoje será retomado.

A compra de água vai ajudar comerciantes como Max Brahma, dono da Gamers Pizzaria, na rodovia Osvaldo Reis. Ele está há 72 horas sem água na pizzaria e tem comprado água mineral para conseguir trabalhar e manter a pizzaria aberta.

Além de cozinhar, ele  também compra água pra dar conta da limpeza do restaurante. “Estou gastando R$ 50 diários com a compra de pelo menos cinco bombonas de 20 litros de água mineral”, lamenta Max.


Água, quando chega, está suja, denunciam consumidores

Outra grande reclamação tem sido sobre a água imprestável que chega da rede  do Semasa nas casas.

Um morador da rua Ivo Stein Ferreira, no São Vicente, diz que a água estava chegando suja depois de ter ficado na secura por dois dias.

A água é salgada e queimou o chuveiro da casa. “Não estou usando a água para cozinhar.  Tive um problema com a resistência do meu chuveiro, que queimou e está esgotada em toda a cidade. Tive que comprar um chuveiro novo, mas o Semasa não quis me ressarcir,” reclama.

O morador conta que o chuveiro era simples e não encontrou a resistência mais  para vender. Ele teve que comprar o aparelho novo. “Quando levei no Semasa eles disseram que só pagam a resistência. Daí expliquei a situação de que não achei a resistência em lugar nenhum e eles falaram que iriam pagar somente o valor da resistência à venda na internet. Ou seja, não viram meu problema como um todo, achei um grande descaso da Semasa por causa de R$ 115”, desabafa.

Outro consumidor, morador na rua Anastácio José Mendes, no Cidade Nova, sofre com a falta de água há cinco dias consecutivos. “Quando vem, vem um fio e preta. Estamos tomando banho frio há dias para não estragar o chuveiro. Porém,  os encanamentos da casa já estão sofrendo com o acúmulo de terra”, relata.


O mesmo está acontecendo com uma moradora do bairro São João, que relatou que a água que tem chegado na sua casa, na rua José Candido, é marrom, salgada e mal cheirosa. Outro caso semelhante foi relatado também na rua José Quirino, também no bairro São João.

O Semasa diz que ontem deu várias descargas na rede para limpar a tubulação, após o conserto da adutora da rua Mário Uriarte. A promessa é que a manobra deve melhorar a qualidade da água a partir de hoje.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.235.25.27

Últimas notícias

Investigação

Mulher e familiares são presos por assassinato de namorado violento

Espinheiros

Cocaína é achada em casa de vítima de feminicídio

Agenda

Confira a agenda deste final de semana

ATAQUE DE FÚRIA

Mulher agride trabalhador da coleta de lixo com socos e mordida

Itajaí

Instituto Nadar promove palestra para pais e alunos neste sábado

Santa Catarina

Fecam adia eleição após impugnação de candidaturas

Itajaí

Porto anuncia primeira linha de contêineres de 2023

Brasil

Homem furta celulares em tabacaria

Zona azul

Valor do estacionamento rotativo de Itajaí será 75% mais caro que o de BC

Se liga no Whats!

Grupos de notícia do DIARINHO estão de cara nova no Whats



Colunistas

JotaCê

Interventor do Porto?!

Foto do Dia

Horizonte inconfundível

Direito na mão

Quero me aposentar agora e não com mais idade: tem como?

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Canal 1

Um atraso querer comparar TV com serviços da TV paga e streaming

Na Rede

Confira os destaques das redes do DIARINHO nesta semana

Coluna Esplanada

Anistia na canetada?

Gente & Notícia

Lançamento

Via Streaming

“Tudo Em Todo O Lugar Ao Mesmo Tempo”

Clique diário

O pôr do sol!

Coluna do Janio

Rogério Corrêa fica

Coluna Exitus na Política

O dono da política

Coluna do Ton

Show Nacional

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


- Valor do estacionamento rotativo, 75% mais caro que em BC, é questionado por vereadora;  - Grupos ...





Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Blogs

A bordo do esporte

Werhlein vence em Diriyah na Fórmula E

Blog Doutor Multas

Divisão de Registro de Veículos: entenda como funciona

Blog do JC

The Ocean Race

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação