Matérias | Polícia


Itajaí

Corretor de imóveis acusa enteado de agressão; rapaz nega e diz que cara bate na ex-mulher

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O corretor de imóveis Paulo Roberto Correa, 69 anos, entrou em contato com o DIARINHO para denunciar uma suposta agressão que sofreu do enteado, de 36 anos, e da mulher dele, na noite do dia 10 de outubro. O casal nega a acusação. A ex-mulher de Paulo, mãe do acusado, registrou um BO por agressão contra o ex.

O senhor conta que o enteado teria arrastado ele pra fora da cama, no sítio que fica no Rio do Meio, em Camboriú, e lhe dado vários socos. “Eu tinha acabado de jantar na casa da mãe dele, com quem vivo há 30 anos, e após a janta me deitei na cama e fui descansar. Ele desligou as luzes da casa e entrou na minha residência, me puxou pra fora da cama e me arrastou pelo corredor enquanto dava vários golpes e tapas na cabeça e no meu rosto”, narra.

Paulo acredita que o motivo da agressão seja por brigas de  patrimônio.  “Ele sabe que vai precisar entregar o ponto do clube dele no ano que vem, e quer ocupar meu sítio para fazer uma estrutura maior e refazer o Majestic na minha chácara, que possui aproximadamente 27 mil metros quadrados de terra”, alega o corretor.



Paulo diz que foi humilhado pelo enteado. “Me senti muito humilhado. Já fiz um boletim de ocorrência e vou abrir um inquérito contra ele, gostaria que a justiça fosse feita”, falou.

O padrasto conta que ele e o enteado nunca tiveram bom relacionamento. “Continuadamente havia brigas porque ele nunca queria trabalhar”, alega.

Agressor de mulher


A.A.G.J. e D.S. negam as agressões alegadas por Paulo. Eles afirmam que o sítio é da mãe de A. e que Paulo tem um apartamento em Balneário. No dia da confusão, A. foi até o sítio porque Paulo teria batido na mãe dele.

O casal viveu junto por 30 anos, mas há seis anos estaria separado. Apesar disso, o corretor segue frequentando a casa da família, diz o enteado.

No dia da confusão, além de bater na mãe de A., Paulo a teria trancado para fora de casa. “Ele trancou o portão de acesso ao sítio com o carro pra minha mãe não poder entrar. Eu cheguei lá, parei meu carro na frente, empurrei o portão, e fui lá na casa. Chamei pelo nome e ele não respondeu, então fui até o quarto, ele tava deitado na cama e eu perguntei: qual é o teu problema comigo?. Ele bate nela porque ele não gosta de mim”, acredita o enteado.

A. e D. contam que houve muitos xingamentos, mas que não houve briga ou agressão. O enteado também alega que não tem nenhuma intenção em construir nada na chácara da mãe e que as brigas de Paulo são porque ele teria problemas com a bebida. “O que acontece é que ele sai, vai nos bares e bebe, e daí surta e resolve brigar com alguém, então a única pessoa que ele consegue brigar é com a minha mãe. O motivo dessa briga foi esse”, afirma.

A ex-mulher de Paulo também registrou um boletim de ocorrência por agressão. Os dois boletins estão na delegacia de Camboriú, com o delegado Ricardo Labes. Os envolvidos no caso serão interrogados pelo delegado nos próximos dias.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.222.251.91

Últimas notícias

Navegantes

Banhistas disputam espaço com entulhos na praia

Região

Golfinho encalha morto na praia de Piçarras

NOVIDADE

Marina Itajaí lança linha de camisetas 100% sustentáveis 

SANTA CATARINA

MPSC cobra medidas contra filas de até cinco anos na saúde

Itajaí na cena

Vitor Soltau lança o single Atalaia; confira

BALNEÁRIO 

Ciclista morre atropelada na marginal da BR 101

Itajaí

Três pessoas são arrastadas pela correnteza da Atalaia

PREVISÃO DO TEMPO

Olha a chuva: Frente fria traz risco de temporais neste domingo

Balneário Camboriú

Polícia Militar prendeu bando que atacou artista de rua com xingamentos racistas

Crime

Filmado: Motorista largando pitbull na rua



Colunistas

JotaCê

Interventor do Porto?!

Foto do Dia

Horizonte inconfundível

Direito na mão

Quero me aposentar agora e não com mais idade: tem como?

Via Streaming

“Falando a real” aborda terapia e luto

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Canal 1

Um atraso querer comparar TV com serviços da TV paga e streaming

Na Rede

Confira os destaques das redes do DIARINHO nesta semana

Coluna Esplanada

Anistia na canetada?

Gente & Notícia

Lançamento

Clique diário

O pôr do sol!

Coluna do Janio

Rogério Corrêa fica

Coluna Exitus na Política

O dono da política

Coluna do Ton

Show Nacional

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


ACIDENTE FATAL EM BC: Uma ciclista morreu na marginal da BR 101, em Balneário Camboriú, após ser atropelada ...





Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Blogs

A bordo do esporte

CBVela promove a Copa da Juventude no YCSA

Blog Doutor Multas

Divisão de Registro de Veículos: entenda como funciona

Blog do JC

The Ocean Race

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação