Matérias | Política


Itajaí

Júlio Garcia é denunciado por esquema de corrupção

Deputado pode assumir o governo se Moisés for cassado do cargo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

ministério Público Federal (MPF) fez nova denúncia contra o deputado Júlio Garcia (PSD), presidente da assembleia Legislativa e ex-conselheiro do tribunal de Contas de Santa Catarina.

Ele e mais 13 denunciados, entre operadores financeiros, servidores públicos e empresários, são acusados de corrupção, peculato e fraude em licitação. Os crimes foram investigados na operação ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Ele e mais 13 denunciados, entre operadores financeiros, servidores públicos e empresários, são acusados de corrupção, peculato e fraude em licitação. Os crimes foram investigados na operação Alcatraz, em andamento desde o ano passado contra um esquema criminoso que rolava na secretaria estadual de Administração.

Com o processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL) e a vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido), Júlio Garcia é o primeiro na linha de sucessão pra assumir o governo no caso da queda do atual governo. O deputado já havia sido denunciado anteriormente pelo MPF por lavagem de dinheiro dentro da mesma operação. Ainda há dúvidas jurídicas se ele poderá se manter na sucessão ao governo caso as denúncias sejam acatadas pela justiça Federal. O tema é discutido pelo supremo Tribunal Federal (STF) envolvendo o cargo de presidente da República, com possíveis reflexos aos governadores.



A nova denúncia do MPF, feita na quinta-feira, pede a aplicação de multa contra os acusados e que eles devolvam em valores atualizados os recursos desviados nas fraudes que somam quase R$ 1,2 milhão. Conforme a procuradoria, “todos em conluio, com consciência e vontade, livremente frustraram e fraudaram, mediante prévios ajustes e combinações”, a concorrência em um pregão feito em 2016 pela secretaria estadual de Administração.

Na época, Júlio Garcia ainda era conselheiro do TCE. A disputa previa serviço de auditoria de contas telefônicas entre 2010 a 2015, serviços de gestão mensal e serviços de suporte, manutenção e evoluções da plataforma tecnológica web e gestão de contrato. Segundo o MPF, a investigação descobriu que a empresa contratada terceirizava todos os serviços prestados para os órgãos do governo estadual.

“O que revela e reforça, a um só tempo, a fraude do Pregão Presencial nº 118/2016/SEA, totalmente direcionado para contratação dessa empresa, e o elevado superfaturamento dessa contratação, para maximização do lucro da organização criminosa patrocinadora e beneficiária do esquema ilícito,” informa o MPF.


Ainda de acordo com a denúncia, o percentual de propina foi muito além de 10%, que é geralmente encontrado em contratações públicas fraudulentas, chegando até a 86% do valor do contrato. O MPF ainda pediu à justiça Federal a perda do produto dos crimes ou de qualquer bem ou valor vindo da prática dos crimes, entre veículos, dinheiro ou imóveis.

A nova denúncia foi entregue à justiça Federal de Florianópolis, assinada pela subprocuradora-geral da República Samantha Chantal Dobrowolski, e pelos procuradores da República Alisson Campos, Carlos Humberto Prola Junior, Douglas Guilherme Fernandes, Mário Sérgio Ghannagé Barbosa e Rodrigo Joaquim Lima. Eles formam a força-tarefa que trabalha na operação Alcatraz. Os relatórios de investigação apontem mais de R$ 30 milhões em prejuízo aos cofres públicos no esquema.

Defesa diz que não há provas das acusações

Em nota oficial na sexta-feira, o advogado do deputado, César Abreu, afirmou não haver provas do envolvimento de Júlio Garcia nas supostas fraudes e que as acusações tiveram por base uma delação premiada de “valor jurídico nenhum”, com objetivo de “queimar reputações”. “A denúncia recém-ofertada, tão insubsistente quanto a que lhe antecedeu, é a prova mais eloquente de que se esta” a acusar, indevidamente, um homem de Estado”, escreveu.

O advogado considera que se apoia em suposições e cria especulações por conta das relações pessoais do deputado com outros suspeitos denunciados. Ele destaca que despesas particulares pagas por familiares foram expostas como fruto de algum crime e que bens de terceiros são apontados como sendo de Júlio Garcia. “O que temos, portanto, é a caricatura de mais uma queima de reputação, pessoal e política”, rebate.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.235.25.27

Últimas notícias

Investigação

Mulher e familiares são presos por assassinato de namorado violento

Espinheiros

Cocaína é achada em casa de vítima de feminicídio

Agenda

Confira a agenda deste final de semana

ATAQUE DE FÚRIA

Mulher agride trabalhador da coleta de lixo com socos e mordida

Itajaí

Instituto Nadar promove palestra para pais e alunos neste sábado

Santa Catarina

Fecam adia eleição após impugnação de candidaturas

Itajaí

Porto anuncia primeira linha de contêineres de 2023

Brasil

Homem furta celulares em tabacaria

Zona azul

Valor do estacionamento rotativo de Itajaí será 75% mais caro que o de BC

Se liga no Whats!

Grupos de notícia do DIARINHO estão de cara nova no Whats



Colunistas

JotaCê

Interventor do Porto?!

Foto do Dia

Horizonte inconfundível

Direito na mão

Quero me aposentar agora e não com mais idade: tem como?

Jackie Rosa

Niver do Armandinho

Canal 1

Um atraso querer comparar TV com serviços da TV paga e streaming

Na Rede

Confira os destaques das redes do DIARINHO nesta semana

Coluna Esplanada

Anistia na canetada?

Gente & Notícia

Lançamento

Via Streaming

“Tudo Em Todo O Lugar Ao Mesmo Tempo”

Clique diário

O pôr do sol!

Coluna do Janio

Rogério Corrêa fica

Coluna Exitus na Política

O dono da política

Coluna do Ton

Show Nacional

Artigos

Escultura Santa Ceia de Ervin C. Teichmann, prevista para a Igreja Matriz, está sendo oferecida a Itajaí pelo filho do escultor

Vinicius Lummertz

Turismo, para um Feliz Ano Novo

Coluna Fato&Comentário

Menino Jesus, São Nicolau, velho pom-pom e Papai Noel



TV DIARINHO


- Valor do estacionamento rotativo, 75% mais caro que em BC, é questionado por vereadora;  - Grupos ...





Especiais

Pesquisa de preços 

Sorvetes apresentam diferença de até 50,62% nos principais supermercados

80 ANOS

Sorveteria Seara chega à quarta geração unindo receitas de família e novas tendências

NA ESTRADA COM O DIARINHO

Sete dicas pra curtir Balneário Camboriú num fim de semana 

Dia no mar

O que levar para uma refeição perfeita al mare

Deixa o vento me levar

Veleiros alugados navegam com grupos para alto-mar



Blogs

A bordo do esporte

Werhlein vence em Diriyah na Fórmula E

Blog Doutor Multas

Divisão de Registro de Veículos: entenda como funciona

Blog do JC

The Ocean Race

Blog da Ale Francoise

Moringa para imunidade

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

David Fernandes “LaBarrica”

"Meu sonho é ser prefeito de Balneário Camboriú”

Evandro Neiva

"Vila da Regata de Itajaí vai atrair mais de meio milhão de visitantes

Luíza Moreira

"Meu avô tinha uma marca de ferro na coxa. Hoje em dia eu me revolto ainda por causa da escravidão, porque ainda tem muito preconceito”

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação