Matérias | Economia


Itajaí

Empresa das Piçarras fabrica tanques pra experimento na Antártida

Equipamentos construídos pelaqui embarcaram ontem com destino ao continente gelado

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O navio Ary Rangel, da Marinha do Brasil, partiu ontem pra Antártida levando a bordo uma tecnologia inovadora fabricada pela empresa Arxo, do Balneário Piçarras. Quatro enormes tanques pra um gerador movido a álcool serão usados pra experimentar o uso de etanol em condições extremas e de baixa temperatura. Essa será a primeira produção de energia limpa que já pintou no continente gelado do sul do mundo, informa a direção da Petrobras, que toca o projeto em parceria com a Marinha do Brasil e a Vale Soluções em Energia (VSE).

A Arxo já é uma das maiores fornecedoras do país de tanques combustíveis. Os galões gigantes produzidos especialmente pro projeto na Antártida, foram montados sobre trenós, que é a única maneira de transportar os monstrengos sobre o gelo. “Para nós, é muito importante ver que estes equipamentos serão utilizados em um projeto inovador, que contribui para a redução de emissões e utilização de recurso renovável, além de contribuir tecnológica e cientificamente para o mundo todo”, sigaba em nota oficial Cidemar Dalla Zen, gerente comercial da fábrica piçarrense.

Cada tanque construído pela Arxo tem capacidade pra 10 mil litros, que vão fornecer o combustível pra um motogerador com capacidade de 250 quilowatts. A Petrobras vai fornecer 350 mil litros pro ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A Arxo já é uma das maiores fornecedoras do país de tanques combustíveis. Os galões gigantes produzidos especialmente pro projeto na Antártida, foram montados sobre trenós, que é a única maneira de transportar os monstrengos sobre o gelo. “Para nós, é muito importante ver que estes equipamentos serão utilizados em um projeto inovador, que contribui para a redução de emissões e utilização de recurso renovável, além de contribuir tecnológica e cientificamente para o mundo todo”, sigaba em nota oficial Cidemar Dalla Zen, gerente comercial da fábrica piçarrense.

Cada tanque construído pela Arxo tem capacidade pra 10 mil litros, que vão fornecer o combustível pra um motogerador com capacidade de 250 quilowatts. A Petrobras vai fornecer 350 mil litros pro projeto, que foi criado pelos cientistas da VSE, braço tecnológico da mineradora Vale (antiga estatal Vale do Rio Doce).



O projeto todo tá orçado em R$ 2,5 milhões. A ideia dos cientistas brazucas é demonstrar que o álcool, sem qualquer aditivo, pode movimentar motores pesados – que em geral funcionam com diesel ou carvão. Além disso, também querem provar que o etanol funciona bem até mesmo em temperaturas abaixo de zero.

O navio da Marinha chega na Antártida no comecinho do mês que vem. A intenção é botar o gerador movido a álcool pra funcionar no máximo em duas semanas.


O que o Brasil faz na Antártida

Cientistas e militares brasileiros fazem parte das poucas equipes mundiais que pisam na Antártida. Desde 1961, há tratados internacionais que consideram o continente patrimônio internacional e uma reserva mundial ambiental e de paz. Pelo último acordo, firmado em 1998, até 2047 lá não pode haver exploração de qualquer recurso econômico e tá proibido o uso de equipamentos de guerra. Oficialmente, somente rolam pesquisas na Antártida.

Ao Brasil, cabe estudar o tal efeito estufa. Por isso, os tanques construídos pela catarinense Arxo são importantes, já que o álcool é considerado uma energia limpa e que não detona a camada de ozônio, aquela que protege a terra dos raios ultravioletas emitidos pelo sol.

O continente é considerado o ambiente mais inóspito da terra. E não é por menos. É o mais frio, mais seco, com a maior média de altitude e de maior índice de ventos fortes do planeta. A temperatura mais baixa da terra foi registrada por lá: -89,2 graus centígrados. As ventanias, que são constantes, costumam ter em média uns 100 km/h, mas há registro que chegam a 320 km. A média de altitude é de 2 mil metros acima do nível do mar.

É por conta disso que a Antártida nunca teve povos nativos. Mas como há muitos minérios por lá, tá todo mundo de olho. Sete países - Argentina, Austrália, Chile, França, Noruega, Nova Zelândia e Inglaterra - reivindicam a posse do território. Atualmente, entre 1000 e 4000 cientistas e militares batem perna pelo maior deserto de gelo da terra.


Era de Itajaí

A Arxo era uma empresa de Itajaí. Foi criada em 1967, como Soldas Pereira. Depois se transformou em Sideraço. O que era uma serralheria e metalúrgica especializada em soldas, acabou se transformando numa grande fornecedora da cadeia produtiva do petróleo e gás. Em 2007, por conta de incentivos fiscais e pra aumentar a estrutura física, a fábrica se mudou pras margens da BR-101, no Balneário Piçarras.

Em agosto desse ano, a Arxo já foi matéria do DIARINHO, por quebrar preconceitos e botar a mulherada pra trampar no chão de fábrica.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






100.26.196.222

Últimas notícias

Emoção pura

Última rodada do Catarinense define quatro classificados e um rebaixado

MIRAGE CIRCUS

Michael Jackson deu uma volta na roda-gigante de BC; veja o vídeo 

Treinamento

Itajaí recebe atletas de base da Seleção Brasileira de Águas Abertas

RADICAL

SC terá primeira tirolesa dupla em curvas do Brasil

ITAJAÍ

Vazamento de água na Murta deixa ônibus atolado na lama

Campeão!

Fluminense marca no fim e conquista a Recopa Sul-Americana contra a LDU

PENHA

Penha abre vagas para ensino integral da criançada

SENADO

PEC de senador catarinense dá super imunidade parlamentar no Congresso Nacional

ALTURA DE PENHA

Vídeo: BR 101 está interditada após acidente

CRUEL

Assassino de empresário de Balneário é condenado a quase 20 anos de prisão 



Colunistas

JotaCê

Bate-papo com o reitor

Coluna Esplanada

Imortalidade em risco

Gente & Notícia

Dupla de estrelas

Via Streaming

“Um Dia”

Ideal Mente

Precipitação

Direito na mão

Planejamento previdenciário: ponto a ponto

Coluna Exitus na Política

O TEMPO DA INDETERMINAÇÃO

Empreender

Balneário Camboriú no radar dos investimentos norte-americanos

Na Rede

Se liga nas notícias que bombaram nas redes do DIARINHO

Jackie Rosa

Ai que calor!

Histórias que eu conto

Histórias da Hercílio Luz

Artigos

O novo Plano Diretor de Itajaí só tem vencedores

Coluna Existir e Resistir

United Colors Sarará

Foto do Dia

A ver navios

Show de Bola

Grande campanha

Coluna do Ton

Destaque da Salgueiro

Clique diário

Tesouro

Coluna Fato&Comentário

O Porto é nosso?



TV DIARINHO


O fluxo da rodovia federal no sentido sul, na altura de Penha, foi fechado após um acidente na manhã ...





Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Blogs

Blog do JC

Liba tá ON

A bordo do esporte

Thiago Pereira e Swim Floripa levam Troféu José Finkel para Floripa

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação