Matérias | Economia


Itajaí

Itajaí sedia em novembro dois eventos de negócios internacionais

Gringos são os que mais deixam dinheiro por aqui, aponta pesquisa do ministério do Turismo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O empresariado dos setores da hotelaria e da gastronomia, bem como o pessoal das vans e táxis, que se prepare. Itajaí será palco no mês que vem de dois dos mais importantes eventos de negócios internacionais do país: a Aquapesca Brasil e a Itajaí Tradesummit. E é esse tipo de gringo que baixa por aqui, aponta pesquisa do ministério do Turismo, que mais tira dinheiro do bolso. “São dois eventos que trazem para a cidade um bom público e com bom poder aquisitivo”, faz questão de dizer Valdete Campos, da secretaria de Turismo peixeira.

Pela pesquisa do ministério, ano passado os gringos que vieram para eventos de negócios gastaram em média 120 dólares por dia. Pelo câmbio médio de ontem, daria R$ 207. Isso é mais que o dobro dos R$ 70,53 que outros gringos deixam por aqui ao virem passear em busca de lazer.

A bagrona do Turismo da prefa peixeira não tem dúvidas que Itajaí já entrou no circuito brasileiro dos eventos internacionais. Além da Aquapesca e da Tradesummit, comenta, há ainda a Equipaindústria ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Pela pesquisa do ministério, ano passado os gringos que vieram para eventos de negócios gastaram em média 120 dólares por dia. Pelo câmbio médio de ontem, daria R$ 207. Isso é mais que o dobro dos R$ 70,53 que outros gringos deixam por aqui ao virem passear em busca de lazer.

A bagrona do Turismo da prefa peixeira não tem dúvidas que Itajaí já entrou no circuito brasileiro dos eventos internacionais. Além da Aquapesca e da Tradesummit, comenta, há ainda a Equipaindústria, realizada no primeiro semestre. A feira é voltada à cadeia produtiva do petróleo e do gás e traz representantes de empresas estrangeiras de olho no ouro negro brazuca. O quarto evento internacional é a feira de Economia Solidária. “Além do público de todo o Brasil, ela traz gente da Argentina, da Bolívia e do Paraguai”, afirma Valdete. A feira de Economia Solidária vai rolar em meados de dezembro.



Pra agarrar a oportunidade, diz Valdete, a secretaria de Turismo bolou uma parceria com restaurantes. Boa parte do serviço gastronômico de Itajaí de alta qualidade oferece descontos que vão de 10% a 15% pra quem tiver o crachá dos eventos internacionais. “Como esse é um público que vem focado para os negócios, ele gasta bem e muito nos restaurantes e isso movimenta em especial a nossa gastronomia”, argumenta Valdete.

Aquapesca e Tradesummit trarão 18 mil visitantes pra bater perna em Itajaí


A primeira feira é a Aquapesca Brasil. Vai rolar de 9 a 11 de novembro no Centreventos da Marejada, que fica na avenida Ministro Victor Konder, a Beira-rio, no centrão da city. Organizado oficialmente pelo sindicato dos Armadores e da Indústria da Pesca (Sindipi) de Itajaí e Região, vai pra sua segunda edição e já é considerado o maior evento internacional do setor em terras brazucas.

No ano passado, a Aquapesca reuniu cerca de 10 mil pessoas. Boa parte desse público veio de países da América Latina e da Europa. Pra este ano, a expetativa é que aumente o número de visitantes. Com apoio do governo federal e de grandões como a Eletrobras, os Correios e o Banco do Brasil, nesta edição cerca de 70 empresas já compraram espaços para montar seus estandes e apresentar as mais novas tecnologias de produtos e serviços ao mercado.

A Itajaí Tradesummit 2011 não fica atrás. Ano passado, a feira que é voltada à cadeia logística do transporte e do comércio internacional botou mais de oito mil pessoas batendo pernas pelos corredores do Centreventos. A Tradesumitt, que iria rolar em setembro, foi remanejada para o período entre 16 e 18 de novembro por conta da enchente que castigou o Vale do Itajaí.

Cerca de 60 expositores dos setores de logística, comércio internacional e transporte, vindos de diferentes regiões do Brasil e Mercosul, participarão do encontro, que também contará com fórum e palestras. Esta será a quarta edição da feira.


Os gringos pelaqui

Apesar de gastarem mais, os turistas que vêm pra eventos de negócios representaram 23,3% dos gringos que chegaram em terras brazucas no ano passado. O grupo mais volumoso foi mesmo do pessoal que vem pra passear. Foram 46,1% de todos os estrangeiros.

A América do Sul foi a que mais mandou gringos pra cá em 2010, com 46% do total. Los hermanos argentinos foram a maioria deles. Depois vieram os europeus com 31% e os norte-americanos (contando aí o pessoal dos EUA, México e Canadá), com 15%.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.222.218.145

TV DIARINHO






Especiais

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

violência

Brasil tem um assassinato de pessoa trans a cada três dias

Programa diferente

Na Estrada: Escapada pra Curitiba num finde de verão

Presidente do STM

Acampamentos golpistas “foram tolerados por orientação” militar

Agropecuária

Bancada adota ‘discurso tóxico’ em anúncios nas redes sociais



Blogs

A bordo do esporte

Volta da Ilha das Cabras abre temporada de regatas em São Paulo

Blog do JC

Lula e o genocídio

Gente & Notícia

Churrasco On Fire, da dupla Fernando e Sorocaba, chega a Massaranduba

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog da Jackie

O ‘sim’ de Ângela e Dolor

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação