Matérias | Política


Itajaí

Dado e Periquito participam de mesma reunião

O plá foi iniciativa do deputado tucano, mas foi Volnei Morastoni quem convidou o prefeito do Balneário pra entrar na conversa

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Se brigas são profanas, só Santa Inês pra trazer o divino. Ontem rolou uma reunião em Florianópolis pra discutir o destino do hospital de Balneário Camboriú que leva o nome da santinha, fechado desde o mês passado. Dado Cherem (PSDB) e Edson Periquito (PMDB) estavam no mesmo plá. Apesar de já terem trocado farpas em várias ocasiões, não teve quebra-pau. Às vezes, o bom senso pode ser considerado um milagre.


De acordo com Dado, a iniciativa da reunião foi dele. Também participaram da conversa o presidente da comissão de Saúde da assembleia legislativa, Volnei Morastoni (PT), os abobrões de Saúde – Dalmo ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






De acordo com Dado, a iniciativa da reunião foi dele. Também participaram da conversa o presidente da comissão de Saúde da assembleia legislativa, Volnei Morastoni (PT), os abobrões de Saúde – Dalmo Claro de Oliveira (PMDB), da Santa & Bela, e José Roberto Spósito (PMDB), da Maravilha do Atlântico, além do médico Jáu Gaya, do Santa Inês. O tucano garante que o convite pro prefeito partiu de Volnei. Mesmo sem troca de sorrisinhos, eles não perderam a compostura. “Não tem como fazer uma ação no Santa Inês sem a participação do município. Esta é a hora de apagar tudo”, destaca o deputado.

Ao final, duas saídas foram apontadas pra tentar reabrir as portas do hospital – que é privado, mas que funcionava por intermédio da prefa do Balneário. O Santa Inês fechou as portas praticamente ao mesmo tempo em que foram abertas as do hospital municipal Ruth Cardoso. A primeira proposta é transferir a urgência e emergência em traumatologia e ortopedia do hospital recém-inaugurado pro que faliu no mês passado, que também manteria o pronto-atendimento aberto e 10 leitos de unidade de Terapia Intensiva (UTI). Neste caso, a quantidade de leitos vai depender do quanto o Estado vai injetar de grana.

A intenção é que o governo da Santa & Bela disponibilize recursos pros próximos quatro meses, quando a região fica sobrecarregada por conta do aumento da população. Nesse meio tempo, as lideranças políticas e a administração do Santa Inês tentarão encontrar uma solução definitiva. O hospital tem um custo aproximado de 500 mil reales ao mês pra poder funcionar direitinho. O segundo encaminhamento ficou pro abobrão estadual de Saúde, que baterá um papo com o governador Raimundo Colombo (PSD) pra saber exatamente qual o valor que o Estado vai poder enviar pro Santa Inês.

De frente com o inimigo

A relação de Dado Cherem e Edson Periquito nunca foi das melhores. Adversários políticos declarados, vira e mexe se alfinetam. Recentemente, o prefeito usou as página do DIARINHO pra atacar o tucano. “O hoje deputado boicotou a saúde da cidade porque não teve competência de ganhar nas urnas. Ele merece o esquecimento do povo, porque ele só causa mal pra cidade”, acusou o homem-pássaro, logo depois que foi absolvido de um processo que rolava na justa eleitoral. Dado não gostou e contratou um advogado pra entrar com uma ação judicial contra o prefeito. Ontem a reportagem quis saber como anda a tal ação, mas o tucano se negou a comentar o assunto.

Continua depois da publicidade



A santinha na política

Se ontem Santa Inês apaziguou a relação entre Periquito e Dado, teve vez em que ela se deu mal por se meter com políticos. Pra quem não conhece a história da virgenzinha que dá nome ao hospital, eis: Santa Inês viveu em Roma no início do século 4. Aos 13 anos, a jovem foi bulinada pelo filho do prefeito da city italiana. Como não cedeu, foi julgada e obrigada a venerar uma deusa romana. Ela não aceitou. E o prefeito mandou Inês pra fogueira. Mas as chamas não pegaram. Então, o vice-prefeito de Roma mandou decapitar a menina. E a cabeça da Santa Inês rolou. Só depois os políticos perceberam o tamanho do erro.

Continua depois da publicidade






Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.205.176.39

TV DIARINHO


Expedição Pedalando - Dia 15 - hora da chegada! Depois de mais de 800km de pedal, os cinco aventureiros ...



Podcast

Cidades Inteligentes no Brasil

Publicado 21/05/2022 19:20



Especiais

Existir para resistir

1ª Virada Afro-Cultural revela uma Itajaí negra e multifacetada

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC



Blogs

Blog do Ton

Sunset party inspirada na Riviera Francesa estreia em Balneário Camboriú neste sábado, dia 28

A bordo do esporte

Inaê Amstel Ultra promove experiência da primeira velejada

Blog Doutor Multas

Um guia para iniciantes para apostar no futebol 2022

Blog do JC

Ferrolho, manifestação hoje

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯