Matérias | Esporte


Itajaí

Kashiwa Reysol vai enfrentar o Santos na semifinal

Clube japonês venceu o Monterrey do México nos pênaltis depois de empatar no tempo normal por 1 a 1

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O torcedor santista acordou cedo ontem pra ver em ação o adversário da equipe brazuca na semifinal do Mundial de Clubes da Fifa. No duelo entre Kashiwa Reysol e Monterrey, os dois times fizeram um disputado duelo de quartas de final, onde atravessaram uma prorrogação pra decidir a vaga, que ficou pro time treinado pelo brazuca Nelsinho Baptista, após disputa por pênaltis, por 4 a 3. No tempo normal a partida terminou empatada em 1 a 1, gols do brazuca Leandro Domingues, pros japoneses, e do chileno Suazo, pra equipe mexicana.


Com o resultado, o atual campeão japonês se credenciou a enfrentar o Santos na semifinal que definirá o primeiro finalista do torneio, no mesmo estádio Toyota que sediou os duelos das quartas de ...

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 






Com o resultado, o atual campeão japonês se credenciou a enfrentar o Santos na semifinal que definirá o primeiro finalista do torneio, no mesmo estádio Toyota que sediou os duelos das quartas de final, nesta quarta-feira, às 8h30 (de Brasília). No dia seguinte, o outro finalista sai do confronto entre Barcelona e Al-Sadd, em Yokohama, também às 8h30.

O jogo

Sob os olhares do técnico Muricy e de alguns jogadores do elenco do Santos presentes ao estádio, o Monterrey fez valer, em grande primeiro tempo, sua melhor qualidade técnica diante do campeão japonês. Logo aos dois minutos, a agilidade dos mexicanos foi vista na enfiada em profundidade pra Suazo, que limpou o goleiro Sugeno, mas o atacante chileno perdeu o ângulo e teve que tocar pra trás de calcanhar. A bola explodiu na zaga e sobrou limpa para Cardozo, que soltou a bomba, bem espalmada pelo arqueiro japonês.

Dinovo no toque de bola e aproveitando a marcação débil no lado esquerdo do ataque, Cardozo teve liberdade de ir à linha de fundo e cruzar na medida pra Suazo, que finalizou tirando de Sugeno, mas viu seu arremate explodir no poste.

Mais uma vez, o Monterrey não viu o placar se abrir por pouco, quando Lucho cobrou falta frontal rente ao gol japonês, sem a reação do goleiro Sugeno. O time de Nelsinho Baptista só acordou para valer aos 34 minutos, quando o pouco acionado Jorge Wagner arriscou da intermediária e a bola passou com perigo ao gol de Orozco.

Continua depois da publicidade



Gols só no segundo tempo

Ao contrário da etapa anterior, o Kashiwa voltou em cima do adversário e perdeu chance logo aos três minutos, quando Jorge Wagner resvalou de cabeça e deixou Kudo na cara do gol, mas o meia nipônico isolou. E o gol inicial veio quatro minutos depois, por meio de Leandro Domingues. Apagado até então no confronto, o brazuca começou a jogada que resultou no cruzamento de Tanaka, completado por ele mesmo com belo voleio.

Continua depois da publicidade



A resposta do time mexicano veio em seguida, aos 13 minutos, em uma jogada repetida durante a primeira etapa: a bola enfiada em profundidade na zaga japonesa. Desta vez, César Delgado foi o acionado na direita e cruzou rasteiro pra Suazo, que chegou antes da cobertura e estufou as redes de Sugeno. O empate deixou a partida mais acesa e franca, com as equipes se arriscando mais no ataque. Porém, as disputas de bola ficaram mais ríspidas, com alguns lances mais violentos.

Pouco após o gol, o Monterrey tentou abafar o Kashiwa, que passou a esperar o adversário em seu campo de defesa, mas sem sucesso. E o torcedor santista deve ter ficado contente quando o neozelandês Peter O’Leary apitou o fim do tempo regulamentar. Com a prorrogação, o adversário da equipe comandada por Muricy Ramalho, certamente, viria muito mais desgastada.

Prorrogação

A primeira substituição da partida só viria na prorrogação, com o meio-campo equatoriano Ayovi em lugar de Darvin. Mesmo com sangue novo, a equipe de Nelsinho seguiu sem fazer mudanças e parecia mais inteira no início do tempo extra e pressionava os mexicanos. Nos 10 minutos iniciais, o zagueiro Mier afastou duas bolas muito perigosas da grande área, mas não houve chances concretas de gol.

Somente nos 15min finais das quartas de final, Nelsinho resolveu mexer no time, colocando Hayashi no lugar do pouco eficiente Kudo. Com as duas equipes visivelmente mais cansadas, o jogo perdeu ainda mais em dinâmica. Contudo, o Kashiwa parecia mais disposto a não deixar o jogo ir para a decisão por penalidades máximas, enquanto o Monterrey poupava-se já pensando no pós-prorrogação.

Na disputa de pênaltis, o Monterrey desperdiçou já na primeira cobrança, quando o meia Lucho bateu pra defesa de Sugeno. Com os japoneses convertendo as próximas três cobranças, bem batidas pelos brazucas Leandro Domingues, Jorge Wagner, além do japonês Kurosawa. Suazo e Ayovi deixaram o Monterrey vivo. Entretanto, o goleiro Orozco desperdiçou a quarta cobrança ao mandar no poste. Tanaka desperdiçou a primeira chance de garantir a inédita vaga (Delgado converteu depois), mas Hayashi, na quinta e derradeira cobrança, colocou o campeão japonês como semifinalista do Mundial.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×





18.205.176.39

TV DIARINHO


Expedição Pedalando - Dia 15 - hora da chegada! Depois de mais de 800km de pedal, os cinco aventureiros ...



Podcast

Cidades Inteligentes no Brasil

Publicado 21/05/2022 19:20



Especiais

Existir para resistir

1ª Virada Afro-Cultural revela uma Itajaí negra e multifacetada

febre entre jovens

Uso de Cigarros eletrônicos acende alerta

Revitalização

Nova orla da Brava está em fase de projeto

Praia Brava

Novo acesso, através de Cabeçudas, será urbanizado

Praia Brava

Duplicação da Osvaldo Reis deve facilitar ligação com BC



Blogs

Blog do Ton

Grife feminina Lu de Leon promove evento em Balneário Camboriú

A bordo do esporte

Inaê Amstel Ultra promove experiência da primeira velejada

Blog Doutor Multas

Um guia para iniciantes para apostar no futebol 2022

Blog do JC

Ferrolho, manifestação hoje

Blog da Ale Francoise

Enema de café e suas funções

Blog Clique Diário

Itajaí - Navio - Panorama

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

José Evaldo Koch

“O hortifruti é nosso berço”

Laerte Jacomel

"Estamos buscando o que todo mundo busca: paz de espírito”

Édison Carlos

“100 milhões de brasileiros não têm coleta de esgoto”

Walter Orthmann

"Quero ser útil enquanto eu puder”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯