Matérias | Geral


Itajaí

Legislativo de BC vota hoje projeto do Funservir

Vereadores devem aprovar hoje o polêmico projeto que muda as regras do plano de saúde dos barnabés de Balneário

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


O projeto que muda as regras de funcionamento do Fundo de Assistência à Saúde do Servidor Público de Balneário Camboriú (Funservir) deve ser aprovado hoje à noite na casa do povo da Maravilha do Atlântico. A proposta já passou pela primeira votação na semana passada, depois que o pedido de vistas do vereador novato Ary Euclides de Souza (PSD) foi negado pelo plenário.


A justificativa da proposta de mudança é que, no ano passado, o modelo de repasse estabelecido em lei pelo município [de três por cento sobre o valor total da folha de pagamento dos barnabés] foi ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


A justificativa da proposta de mudança é que, no ano passado, o modelo de repasse estabelecido em lei pelo município [de três por cento sobre o valor total da folha de pagamento dos barnabés] foi questionado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). A sugestão é que o repasse seja calculado somente sobre os servidores conveniados ao plano. Com base no tal papéli, o prefeito Edson Periquito Dias (PMDB) retirou do cofre do Funservir a quantia de R$ 1,295 mijones, dindim (que teria sido repassado a mais) e, desde então, passou a repassar apenas o valor recomendado pelo TCE.



O projeto do homem-pássaro prevê que, a partir de janeiro do ano que vem, a contribuição do município aumente de 3% pra 5,5% do valor da folha de pagamento dos barnabés que são credenciados no Funservir. Além disso, a proposta estabelece que, em seis meses, a prefa deverá fazer um novo cálculo pra verificar a saúde financeira do plano de saúde dos barnabés.

Não tão de acordo


A vereadora Marisa Zanoni (PT), que é presidente da comissão de Educação e Cultura, Saúde e Assistência Social, esperava que houvesse um tempo maior pra que o projeto fosse discutido. “No meu entendimento, há uma pressa do executivo em aprovar esse projeto. Agora o que nos resta fazer é mobilizar os servidores pra que eles se posicionem sobre essa matéria”, considera a parlamentar.

A petista acha que houve um avanço na proposta do executivo, com a previsão de aumento do repasse de 3% para 5,5% a partir do ano que vem, mas ainda tem um grande problema que é a questão do dinheiro surrupiado do Funservir pela prefa.


O presidente do sindicato dos barnabés de Balneário, Valdir Lolli, cansou de fazer reuniões com os vereadores, com o Conselho Administrativo e Fiscal do Funservir pra tentar chegar a um acordo. O grande temor é que o Fundo acabe quebrando com a diminuição dos repasses da prefa, deixando os barnabés na mão. Além disso, a tchurma questiona a grana que foi retirada sem autorização do Conselho Fiscal. “Nós defendemos que esse dinheiro retorne pro Funservir, pois não há uma justificativa plausível para a sua retirada”, carca o presidente do sindicato.

Conselho Fiscal pode reprovar as contas do Funservir

Para o presidente do conselho Fiscal do Funservir, Luiz Gustavo Mello do Couto, o grande impasse a ser resolvido é mesmo a devolução da grana [um milhão, duzentos e noventa e cinco mil reales] que foi retirada pela prefa. O bagrão acredita que o projeto deva ser aprovado hoje, porque o prefeito tem ampla maioria na câmara. No entanto, como mandachuva do conselho Fiscal do Funservir, ele afirma que as contas do fundo não deverão ser aprovadas no final do ano. “Tenho que lutar com as armas que eu tenho e agir com responsabilidade. O dinheiro saiu dali e não voltou. Tem um saldo e esse saldo tem que estar lá”, carca Couto.

Em função da estranha retirada da grana, o presidente do conselho Fiscal também encaminhou denúncia para o Ministério Público que tá apurando possíveis irregularidades.


O pedido de retirada da grana foi feito através de um memorando no dia 20 de novembro de 2012, assinado pelo diretor de Recursos Humanos da prefeitura, justificando que a base de cálculo tinha sido alterada e o dindim tinha que ser devolvido para a prefeitura.

Na semana passada, representantes da prefa haviam comentado que a grana tinha sido retirada pra construção da sede própria do Funservir, que hoje funciona em um imóvel alugado. Couto carca que isso é uma mentira deslavada. “No memorando não fala absolutamente nada sobre construção da sede. Estão querendo agora arranjar uma desculpa pra algo que não tem justificativa”, ressalta.

Discussão é balela, diz abobrão

O secretário de Gestão Administrativa, João Batista Leal, considera que não tem nem o que discutir. Ele acha que a recomendação do TCE é muito clara e lógica. “O valor tem que ser cobrado apenas em cima dos servidores conveniados. Aí já diz tudo! Inclusive está subentendido que os valores deveriam ser corrigidos e a diferença devolvida pra prefeitura”, ressalta o abobrão.

Leal diz que a prefa tá seguindo o que é correto e afirma que não tem chance dos barnabés ficarem sem o seu plano de saúde. O abobrão explica que existe uma emenda na lei municipal garantindo que, se o fundo precisar de uma grana, a prefeitura tem obrigação de auxiliar. “Isso é conversa pra boi dormir, pois não existe possibilidade nenhuma de falir o Funservir. Pra mim, essa discussão é balela”, discursa o secretário do homem-pássaro. Pra ele, o berreiro todo é só intriga da oposição.


O tal do parecer

Já no dia 25 de novembro de 2010 o Tribunal de Contas do Estado emitiu um primeiro parecer alertando à prefeitura de Balneário Camboriú sobre o repasse feito pelo município ao Funservir, que até então tava sendo calculado em cima do valor total da folha de pagamentos da prefa.

De acordo com o que está escrivinhado no papéli, assinado pelo relator Júlio Garcia, o município tinha que mudar o sistema de repasse por que, do jeito que tava sendo feito, todos os servidores estariam, indiretamente, contribuindo para o plano de saúde, mesmo sem optar pelo plano. Sendo assim, a contribuição da prefa deveria ser proporcional à folha de pagamento dos barnabés que aderiram ao Funservir. No entanto, o parecer não fala em devolução de dindim pro executivo.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.222.189.51

Últimas notícias

FERIADO

Pescadores capturam mais de oito mil tainhas na praia de Bombas

ITAJAÍ

Clarus Construtora entrega residencial com vista para o Saco da Fazenda

TECNOLOGIA INOVADORA

E-Control instala “Aedes do Bem” em residencial Haras Rio do Ouro

RANKING POSITIVO

Catarinenses são os mais gentis no trânsito, aponta pesquisa

TRADIÇÃO

Manifestação de fé e solidariedade no feriado de Corpus Christi; veja a galeria de fotos

MUNDO

Pessoa morre presa ao motor de avião

FOCA NO FINDE 

Lagum, Lulu Santos e Dete Pexera vão aquecer a região com muita música e risada no feriadão

LINDO!

Geada chega à serra catarinense e termômetros baixam a -2,8ºC

ITAJAÍ

Obras na Brava avançam mais um trecho na Delfim de Pádua 

Lindeza 

Animais de rua ganham "hotel all-inclusive" em posto de gasolina 



Colunistas

JotaCê

Aniversariante visita o colunista

Coluna Esplanada

Verbas para o sul

Ideal Mente

*Que país é este?*

Direito na mão

Aposentadoria para PCD: entendendo as regras e benefícios para quem tem redução de capacidade para o trabalho

Show de Bola

Começou a Segundona

Coluna Exitus na Política

Viver de pedras, desejar esponjas

Na Rede

Acidente com ônibus escolares, expedição de surfistas para o RS e mais: se liga nos destaques do DIARINHO na internet 

Coluna do Ton

Vibes da Turquia

Mundo Corporativo

Líderes espiritualizados em tempos difíceis ainda é possível?

Histórias que eu conto

Armação da infância 3

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Via Streaming

Tudo pelo dinheiro

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Gente & Notícia

Níver da Margot

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO


As temperaturas na serra catarinense chegaram a -2,8ºC. A cidade que registrou a menor temperatura foi ...



Podcast

Mãe e filho sofrem grave acidente na BR 470

Publicado 29/05/2024 18:25



Especiais

ALERTA

Itajaí, Ilhota e Porto Belo lideram ‘ranking’ de moradores vivendo em áreas de risco

DENÚNCIA

Vendedores denunciam serem forçados a vender cartão do Itaú em esquema milionário

NA ESTRADA

Pôr do sol de tirar o fôlego é atração o ano inteiro na praia de Armação

RIO GRANDE DO SUL

A história de luta de um quilombo que resiste às enchentes em Porto Alegre

DADOS INÉDITOS

Em meio ao lixo das chuvas no Rio Grande do Sul, catadores não conseguem trabalhar



Blogs

Blog do JC

Pré-candidato a prefeito Fabrício da Shopee, ops, Peeter Lee visita o JC

A bordo do esporte

Semana Internacional de Vela de Ilhabela com mais de 40 barcos confirmados

Blog da Jackie

Sasha Meneghel

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação