Matérias | Polícia


Itajaí

Feriadão começa com 19 trombadas na região

Acidentes rolaram entre Barra Velha e Tijucas. A maioria foi enrabadas. PRF lavou a égua nos canetaços para cima dos folgadinhos

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]


O início do feriadão de Proclamação da República não registrou acidentes com vítimas fatais ou graves nas rodovias federais da região, mas nem por isso a bruxa deixou de andar solta e provocar uma pá de acidentes. Entre o início da tarde de quinta-feira e o comecinho da tarde de ontem, os agentes da polícia Rodoviária Federal contabilizaram um total de 19 trombadas, a maioria de colisões traseiras. A previsão é de que, a partir do início da tarde de domingo, o fluxo volte a aumentar na BR 101 e também na 470. Por isso a tendência é que o número de inhacas aumente.


As velhas conhecidas enrabadas, provocadas na maioria dos casos pela desatenção do motoras, responderam por mais de 60% dos acidentes que rolaram na BR 101 em Itajaí e na BR 470, em Navegantes. ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


As velhas conhecidas enrabadas, provocadas na maioria dos casos pela desatenção do motoras, responderam por mais de 60% dos acidentes que rolaram na BR 101 em Itajaí e na BR 470, em Navegantes. De acordo com o patrulheiro Ronaldo Caçan de Almeida, do posto da PRF de Itajaí, quatro das seis trombadas rolaram devido ao mesmo problema. “São colisões típicas de períodos como esse, em que o trânsito fica lento por causa do movimento”, explica o policial.



Um dos acidentes rolou por volta das 9h30 da matina de ontem, na altura do Km 118 da BR 101, em Itajaí. O motora de um Gol saiu de uma das ruas que dão acesso à pista norte da rodovia e entrou na BR sem dar sinal. O motociclista de uma CGzinha não conseguiu frear a tempo e acertou em cheio a traseira do carango. O motoqueiro só ralou a perna. Apesar da barbeiragem do motorista do Golzinho, na opinião do patrulheiro, o motoqueiro teve uma parcela de culpa no acidente. “A moto vinha em velocidade alta”, carcou o policial.

O movimento mais intenso no trecho peixeiro da BR 101 e também na BR 470 foi registrado entre as 14h de quinta-feira e o comecinho da tarde de ontem. O trânsito ficou lento em boa parte do trecho entre a ponte do rio Itajaí-açu e a divisa com Balneário Camboriú. A previsão é que o finde seja calmo até domingo. “No começo da tarde de domingo, o trânsito se intensifica novamente, devido à volta pra casa depois do feriadão”, concluiu Ronaldo.


Seis trombadas rolaram só na região de Barra Velha


Capital do Pirão recebeu reforços de patrulheiros

A polícia Rodoviária Federal de Barra Velha também trabalhou pouco neste início de feriadão de Proclamação da República. Os seis acidentes registrados pelo posto da Capital do Pirão, que fiscaliza o trecho entre os quilômetros 58 (Araquari) e 112 (Navegantes), foram de pequena monta e sem vítimas graves. “Foram todos bem simples e nenhum fora do comum, até pro movimento intenso”, surpreende-se o patrulheiro José Costa, que encarava um plantão no primeiro dia do feriadão.

Pelo que informou o policial do posto da Capital do Pirão, o horário em que mais se verificam acidentes naquele trecho, durante feriadões, é entre o início da tarde de quinta-feira e o meio da tarde de sexta. “O pior já passou. Agora, o movimento tende a baixar e ficar tranquilo. Nossa preocupação é com o domingo”, disse o patrulheiro, reforçando a mesma preocupação de seu colega do posto de Itajaí.

Em Itapema, 90% foram colisões traseiras


Entre os quilômetros 128 da BR 101, em Tijucas, e 174, em Balneário Camboriú, o início da mamata do feriadão também foi tranquilo. Entre o comecinho da tarde de quinta e as 14h de ontem, a PRF de Itapema contabilizou sete acidentes de trânsito. “Cerca de 90% foram colisões traseiras”, informou o patrulheiro Jair Inácio. Nenhum dos acidentes terminou com vítimas.

Curiosamente, o número de trombadas nessas 24 horas bateu certinho com a média anual de acidentes verificada pelos patrulheiros do posto da Capital dos Ultraleves. “Nós fazemos uma média de sete ocorrências por dia”, explica Jair. O trecho da BR 101 fiscalizado pela PRF de Itapema inclui, além da própria city, os municípios de Balneário Camboriú, Porto Belo e Tijucas.

Postos receberam reforços pro feriadão

Os três postos da polícia Rodoviária Federal da região ganharam um efetivo extra pra ajudar a monitorar o trânsito nas rodoviais BR-101 e BR-470 durante o feriadão. O posto da PRF da Itapema, que em dias normais trampa com três agentes por turno, funciona com seis desde quinta-feira. Esse incremento no efetivo, segundo o patrulheiro Ivair Cunha, já surtiu resultados já que há mais policiais na beira do asfalto fazendo a fiscalização. “O nosso radar móvel já pegou umas 700 imagens de veículos, a maioria por excesso de velocidade”, ressaltou o policial. Ironicamente, a maioria dos cliques rolou justamente em frente ao posto da polícia Rodoviária Federal da Capital dos Ultraleves.


O valor das multas aplicadas pelo radar móvel pode variar de acordo com a velocidade aferida pelo equipamento. De acordo com Ivair, a multa mais leve já caneteada vai custar aos apressadinhos R$ 85. A mais cara ainda não foi computada.

A convocação de escala extra pro feriadão aumentou também o efetivo no posto da PRF da Barra Velha. O turno tem dois agentes a mais, só pra bizolhar o trânsito naquele trecho da BR-101. O posto também ganhou uma viatura. “Cada uma fiscaliza uma pista”, explicou o policial rodoviário Alexandro de Souza Ferreira.

Deixar de respeitar a distância de segurança e andar sem cinto de segurança foram as infrações que mais resultaram em multas pros motoras naquele trecho da rodovia. A multa pra quem anda encoxando o carango da frente é considerada infração média e custa R$ 127.

Canetaços também rolaram em Itajaí

O posto da PRF de Itajaí, por exemplo, teve um acréscimo de 25% no número de policiais. Desde a meia-noite de quinta-feira, 15 agentes trabalham para dar conta do recado.

Além do reforço no efetivo, os agentes do posto da PRF peixeira também intensificaram as rondas na BR 101 e na 470, em Navega. Entre quinta e sexta-feira, os patrulheiros já registraram multas por barbeiragens, ultrapassagens forçadas, por transitar pelo acostamento, não respeitar a distância de segurança entre um carango e outro e andar sem o cinto de segurança. “Não fizemos o balanço ainda, mas dá pra dizer que já tivemos muitas multas”, afirmou o patrulheiro João Rodrigo Beraldo.

Daquela lista de cagadas no trânsito, uma das mais comuns foi a dos espertinhos que, pra escapar do trânsito lento e engarrafado, trafegam pelo acostamento. Uma prática que custa caro ao motora, alertou o patrulheiro Beraldo. Além de perder sete pontos na carteira, o cara ainda leva um canetaço no valor de R$ 574.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.211.117.197

Últimas notícias

CAMBORIÚ

Trabalhador morre afogado em lagoa; ele pode ter sofrido crise de epilepsia

ITAJAÍ

Inscrições para evento de inovação encerram na sexta-feira

ITAJAÍ

Moradores vão poder opinar sobre transporte público em audiência na segunda-feira

ITAJAÍ

Polícia recupera 90 toneladas de galinha congelada roubada

Será que volta?

Novo Suzuki Swift é lançado na Europa

“Veoitão” moderno

Novo Cayenne GTS está à venda no Brasil

MERCADO

Unimed Litoral está contratando fisioterapeutas

ESTUDO

Águas de Penha instala câmeras para monitorar visitantes

ITAJAÍ

Pintor morre em acidente com moto na BR 101

Futebol

Camboriú estreia na segundona neste sábado em BC



Colunistas

Coluna do Ton

Vibes da Turquia

JotaCê

Pavan na choupana

Mundo Corporativo

Líderes espiritualizados em tempos difíceis ainda é possível?

Histórias que eu conto

Armação da infância 3

Coluna Fato&Comentário

Associativismo comunitário em Itajaí: o começo

Coluna Esplanada

Trio de apostas

Via Streaming

Tudo pelo dinheiro

Ideal Mente

O desamparo da infidelidade

Show de Bola

Trocas de treinadores

Direito na mão

Recebeu auxílio-doença ou auxílio-acidente? Veja como se aposentar agora!

Coluna Exitus na Política

Um passeio nas cavernas

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

Gente & Notícia

Níver da Margot

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo



TV DIARINHO






Especiais

NA ESTRADA

Pôr do sol de tirar o fôlego é atração o ano inteiro na praia de Armação

RIO GRANDE DO SUL

A história de luta de um quilombo que resiste às enchentes em Porto Alegre

DADOS INÉDITOS

Em meio ao lixo das chuvas no Rio Grande do Sul, catadores não conseguem trabalhar

NÚMEROS

No Brasil, 3 a cada 4 vivem em cidades com mais risco de desastres por chuvas

DADOS

Exportação de armas de fogo dobrou durante os anos Bolsonaro, revela levantamento inédito



Blogs

A bordo do esporte

Brasileiro Lucas Di Grassi termina E-Prix de Xangai no Top 10 da Formula E

Blog do JC

Prefeito revela que está com tumor maligno

Blog da Jackie

Reserva Royal

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Marisa Zanoni Fernandes

"Balneário Camboriú não precisa de capitão, fantoches, seres iluminados, ungidos. Precisa de pessoas comprometidas com a democracia”

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação