Matérias | Esporte


Itajaí

Vai ser difícil ter um gigante em SC

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Não foi nada bom pra Santa & Bela o sorteio dos grupos pra copa do Mundo. O governo do estado se sentia perto de algumas seleções como Alemanha, Itália, Portugal e França. Mas, dessas, só os franceses passam aqui perto. Eles estreiam em Porto Alegre, mas depois só jogam lá pra cima. As outras três só jogam pelo Norte e Nordeste (exceção de Portugal, que tem um jogo em Brasília). Por isso, a turma já sabe que vai ter que trabalhar e muito se quiser hospedar alguém na Capital Manezinha ou em Joinvile durante o Mundial.

“Não estamos tão felizes, mas estamos tentando fazer o melhor trabalho possível”, declarou Eduardo Loch, consultor de captação de eventos da secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL). “O sorteio nos prejudicou, e muito”, confessou na conversa por telefone com o DIARINHO. Loch era um dos integrantes do quarteto catarina na Costa do Sauípe, ontem, durante o sorteio. O barbudo dono da federação catarina, Delfim Pádua Peixoto Filho, e Maria Cláudia Evangelista (secretária manezinha de Turismo) também estavam por lá.

Na conversa que teve com o jornal no mês de novembro, Loch falou que as melhores posições no sorteio pra uma equipe vir pra Santa & Bela eram B4 e E4, que jogariam em Curitiba e Porto Alegre ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


“Não estamos tão felizes, mas estamos tentando fazer o melhor trabalho possível”, declarou Eduardo Loch, consultor de captação de eventos da secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL). “O sorteio nos prejudicou, e muito”, confessou na conversa por telefone com o DIARINHO. Loch era um dos integrantes do quarteto catarina na Costa do Sauípe, ontem, durante o sorteio. O barbudo dono da federação catarina, Delfim Pádua Peixoto Filho, e Maria Cláudia Evangelista (secretária manezinha de Turismo) também estavam por lá.

Na conversa que teve com o jornal no mês de novembro, Loch falou que as melhores posições no sorteio pra uma equipe vir pra Santa & Bela eram B4 e E4, que jogariam em Curitiba e Porto Alegre na sequência. As bolinhas levaram pra essa posição as seleções de Honduras e Austrália. Também jogam aqui por perto Nigéria (Curitiba, Cuiabá e Porto Alegre), Coreia do Sul (Cuiabá, Porto Alegre e Sampa) e Argélia (BH, Porto Alegre e Curitiba). Nenhuma delas está descartada. “O nosso trabalho é pra trazer seleções de médio e grande porte. Mas o objetivo principal é garantir que Santa Catarina tenha, pelo menos, uma ou duas seleções. Temos 32 opções”, contabilizou, deixando claro que qualquer uma já tá valendo. “Queremos tirar uma casquinha maior da copa do Mundo, além do seminário de seleções”, diz. O seminário rola entre os dias 18 e 21 de fevereiro, no Costão do Santinho, em Floripa, e é apontado como o segundo mais importante evento pré-Copa, depois do sorteio que rolou ontem.



Tristeza pros portugas?

“Portugal chorou esse sorteio mais do que os catarinenses”, lascou Eduardo Loch. Ele jura de pé junto que o pessoal da Terra-Mãe não queria de jeito nenhum ficar lá em cima e tava a fim de fazer sua preparação na Santa & Bela. Mas apesar de a equipe jogar longe, ele ainda não desistiu dos ex-colonizadores. “Algumas seleções que vão jogar no Nordeste podem optar por treinar no centro ou no Sul do país. Ainda vamos buscar Portugal, mas tem Brasília e Campinas na briga”.

Com o caminho da primeira fase já definido, os candidatos a centro de treinamento fazem a aproximação final com as seleções, que devem aproveitar o final deste ano e o começo do próximo pra fazer suas últimas visitas. A última janela pra definir onde vão ficar se abre no dia 11 de janeiro e vai até o final do mês. Um ponto faz com que os catarinas estejam um pouco mais esperançosos. “As seleções têm procurado os mesmos lugares pra ficar”. Com isso, as seleções que perderem as brigas por seus locais preferidos vão ter que procurar um novo lar.


Pelo menos, vão acumular milhas

Além de estar no grupo mais forte, o Uruguai será o cabeça de chave que enfrentará as maiores distâncias entre as cidades das suas partidas da fase de grupos. A Celeste vai pintar em Fortaleza em 14 de junho, depois jogará em São Paulo no dia 19 e encerrará a primeira fase em Natal, no dia 24. Percorrerá 4698 quilômetros entre as sedes.

Já a equipe dos Estados Unidos vai percorrer mais de 5600 quilômetros na primeira fase. Altas temperaturas e umidade são outras dificuldades que ela pode encarar no roteiro por Natal, Manaus e Recife. A Croácia, adversária do Brasil na abertura, terá o segundo roteiro mais longo da primeira fase do Mundial. Atravessará 5532 quilômetros entre São Paulo, Manaus e Recife. Se chegar à disputa do terceiro lugar da competição, acumulará a maior milhagem, com 11.591 quilômetros de percurso.

A Bélgica, no Grupo H, terá o menor deslocamento entre os cabeças de chave. Atuará em Belo Horizonte em 17 de junho, no Rio de Janeiro no dia 19 e em São Paulo no dia 24. São 700 quilômetros de distância entre as cidades. Mesmo chegando à final, terá viajado menos quilômetros do que já estão assegurados para Croácia e Isteites: 4450 quilômetros.

A Argentina ficou no grupo com que sonhava, o F. Jogará no Rio e em Belo Horizonte, onde ficará concentrada, e em Porto Alegre, a pouco mais de 1000 quilômetros de Buenos Aires. A Alemanha, no Grupo F, atuará em cidades nordestinas em horário de possíveis temperaturas altas. Estreia às 13h em Salvador, joga em Fortaleza às 16h e, depois, novamente às 13h, em Recife.


O time e os torcedores de Honduras correm risco de sofrer com uma grande variação de temperaturas no inverno brasileiro. Após duelos nas certamente frias Porto Alegre e Curitiba, a tabela lhes envia para a quente e úmida Manaus.

O bagaço do bagaço da laranja...

Duas sedes que têm enfrentado dificuldades para cumprir o cronograma para a entrega de seus estádios para a copa do Mundo de 2014, Curitiba e Cuiabá receberão alguns dos jogos menos empolgantes da primeira fase do Mundial do ano que vem. A Arena Pantanal e a Arena da Baixada tiveram suas datas de inauguração adiadas nesta semana pela Fifa, por conta de atrasos nas obras. Os dois estádios receberão quatro jogos cada neste Mundial.

Cuiabá e sua Arena Pantanal, apontada como um dos possíveis elefantes brancos do pós-Copa, estrearão no Mundial no dia 13 junho com a partida entre Chile e Austrália. Já a capital paranaense, que receberá partidas na Arena da Baixada, estádio do Atlético-PR, terá seu primeiro jogo no Mundial no dia 16 de junho entre o Irã, equipe que nunca passou da primeira fase de um Mundial, e a Nigéria, que tem alguns atletas conhecidos, mas nunca foi além das oitavas.


O governo do Mato Grosso já deve estar avaliando se valeu a pena o investimento de 570 milhões de reais para a construção do estádio de 44 mil lugares agora que sabe que receberá, além de chilenos e australianos, as partidas Rússia x Coreia do Sul, Nigéria x Bósnia e Japão x Colômbia. De todas as seleções que desfilarão pelos gramados de lá, Coreia do Sul e Rússia são as equipes que têm melhor histórico em Mundiais: as duas com um quarto lugar.

A torcida curitibana, por sua vez, teve mais de sorte. Receberá a atual campeã Espanha na Arena da Baixada, estádio de 42 mil lugares onde estão sendo investidos 326,7 milhões de reais. Os espanhóis enfrentarão a Austrália no dia 23 de junho. As demais partidas, no entanto, não devem empolgar o torcedor. Além do duelo entre iranianos e nigerianos, a cidade receberá as partidas Honduras x Equador e Argélia x Rússia.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.227.240.72

Últimas notícias

Brasileirão

Criciúma arranca empate com o Galo em Minas

Futebol

Internacional vence o Palmeiras e segue 100% no Brasileiro

jiu-jitsu

Lutadores de Piçarras conquistam medalhas

Copa do Brasil

Brusque pega o Galo; Criciúma enfrenta o Bahia

hora H

Hyndai apresenta Nexo, o carro movido a hidrogênio

HEY JUDE!

Balneário Camboriú tem nesta quinta espetáculo em homenagem aos Beatles

PORTO BELO

Vítima fatal de acidente de trânsito é corretora de imóveis

Jogão

Real Madrid elimina o City e pega o Bayern na semifinal

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Mustang celebra 60 anos de lançamento e fabricação ininterruptas

BRASIL

PF suspende novos passaportes após suspeita de ataque hacker



Colunistas

JotaCê

Univali nos States

Coluna Esplanada

Fila contida

Gente & Notícia

Dudinha em Londres

Ideal Mente

E quem cuida de quem cuida?

Direito na mão

Trabalho sem carteira assinada conta para aposentadoria?

Show de Bola

Empréstimos feitos

Via Streaming

Visões de uma guerra de interesses

Na Rede

Agroboy mais gato dos EUA, última casinha de BC e romance no ar: confira os destaques das redes do DIARINHO

Histórias que eu conto

Armação da infância I

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Mundo Corporativo

Dicas para líderes desorientados e equipes perdidas

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Jackie Rosa

Simplesmente Gisele

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO


O trecho do viaduto da duplicação da BR 470 com a BR 101 será inaugurado nesta quinta-feira pelo Ministro ...





Especiais

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Legado de amor

Dona Maricotinha, aos 95 anos, tem a vida pautada pela família, religião e dedicação ao próximo



Blogs

A bordo do esporte

Biografia de Robert Scheidt vem aí

Blog da Ale Francoise

Cuidado com os olhos

Blog do JC

Vereador Fábio Negão siscapa da cassação

Blog da Jackie

Catarinense na capa da Vogue

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação