Matérias | Geral


Itajaí

Audiência debate impacto da nova bacia de evolução

Reunião rola na quinta-feira, às 19h, no Centreventos peixeiro. Dos 100 imóveis inicialmente na mira, apenas 14 vão ter que ir pra chón

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Os impactos ambientais causados pela construção da nova bacia de evolução do complexo portuário de Itajaí serão conhecidos na quinta-feira que vem, às 19h, quando uma audiência pública vai apresentar o projeto e as compensações ambientais ao povão. Apesar do maior impacto rolar em Navegantes, a audiência vai acontecer no Centreventos peixeiro. Quatro micro-ônibus vão levar os dengo-dengosos digrátis pra acompanhar a discussão em Itajaí.

De acordo com o superintendente do porto peixeiro, Antônio Ayres dos Santos Junior, 14 imóveis serão demolidos no bairro São Pedro, o Pontal, pra dar lugar à nova bacia de evolução, que vai ser feita em frente à nova marina. Além disso, uma pá de pescadores vai perder o local onde ancora os barquinhos. O bagrão não sabe dizer a quantidade de pescadores afetados nem a expectativa de quanto vai ser gasto com indenizações. “Esse número vai ser plenamente absorvido dentro do valor inicial do projeto”, garante. Isso porque no projeto inicial, que era construir a bacia nova em frente à Vila da Regata, seria necessário desapropriar cerca de 100 famílias.

O projeto todo vai custar R$ 300 milhões: R$ 180 milhões virão do governo federal e o restante do governo do estado. Quanto aos pescadores, o bagrão do porto jura que eles não vão sair no preju, ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


De acordo com o superintendente do porto peixeiro, Antônio Ayres dos Santos Junior, 14 imóveis serão demolidos no bairro São Pedro, o Pontal, pra dar lugar à nova bacia de evolução, que vai ser feita em frente à nova marina. Além disso, uma pá de pescadores vai perder o local onde ancora os barquinhos. O bagrão não sabe dizer a quantidade de pescadores afetados nem a expectativa de quanto vai ser gasto com indenizações. “Esse número vai ser plenamente absorvido dentro do valor inicial do projeto”, garante. Isso porque no projeto inicial, que era construir a bacia nova em frente à Vila da Regata, seria necessário desapropriar cerca de 100 famílias.

O projeto todo vai custar R$ 300 milhões: R$ 180 milhões virão do governo federal e o restante do governo do estado. Quanto aos pescadores, o bagrão do porto jura que eles não vão sair no preju, pois o projeto prevê a construção de um atracadouro no próprio Pontal, onde eles terão um lugar específico pra deixar as barquinhas. “Isso deve ser incluso dentro das condicionantes da licença ambiental”, promete.



Como rola o plá

O estudo de impacto ambiental da obra foi feito pela mesma empresa que faz a grande maioria dos projetos da prefa e do porto, a Aquaplan. No primeiro momento, o bagrão do porto vai falar sobre a obra e a importância da ampliação da bacia de evolução. Depois, o especialista que fez o estudo vai apresentar pro povão todos os impactos ambientais e suas possíveis compensações. Aí rola uma pausa e em seguida o microfone fica aberto pro povão fazer perguntas e sugestões.

A reunião é importante, porque mostra exatamente o que vai ser feito e qual a área atingida. É na audiência pública que o povão tem voz e vez pra dizer o que pensa e tirar todas as dúvidas. Apesar de ser feita na cidade onde o impacto social é menor, os dengo-dengosos não têm desculpa pra não vir. Isso porque quatro micro-ônibus vão trazer o povão digrátis. Os busos saem da frente do Sinergia e passam pela prefa em direção ao Centreventos peixeiro. As saídas rolam em três horários: 17h30, 18h e 18h30. No final da reunião, os micro-ônibus vão levar o povão de volta pra casa.


Obra é pra naviozão chegar

A nova bacia de evolução do porto vai ter 530 metros de diâmetro, 130 a mais que a atual, e vai permitir que navios com até 366 metros de comprimento atraquem na região. A diferença impacta diretamente na economia. E pra melhor. Atualmente, as principais linhas comerciais utilizam navios maiores, que levam mais carga em menos viagens, e o canal de acesso ao complexo portuário de Itajaí está defasado. Tanto que o porto peixeiro perdeu uma das principais linhas, responsável por um terço da movimentação de cargas. Tudo porque não tinha estrutura pra receber os grandalhões.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.235.172.123

Últimas notícias

ARTE

Artista plástico Rico Mendonça faz exposição em BC

mercado

Omoda e Jaecoo têm data para chegar ao Brasil

“Aedes do Bem”

Escola em Itajaí adota tecnologia da e-Control no combate à dengue

Gigantão

Marcílio Dias faz “Dia do Sócio” com torneio de futebol e show de pagode

Acidente feio

Motorista acerta porradaço em fachada de prédio de luxo na orla de Itapema

ENQUETE

Qual sua opinião sobre a possível visita de Lula a Itajaí?

ITAJAÍ

Conveniência do Cidade Nova é flagrada pela PM vendendo drogas

ITAJAÍ

Homem condenado a 30 anos de prisão por estuprar criança é preso

ITAJAÍ

Carro de empresa de segurança capota em Cordeiros

evolução

Venda e fabricação de veículos crescem em março



Colunistas

Histórias que eu conto

Armação da infância I

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Mundo Corporativo

Dicas para líderes desorientados e equipes perdidas

JotaCê

Anna diz que não será candidata a prefeita

Coluna Esplanada

Lista suja da escravidão

Gente & Notícia

Neia capitaneou noite só para elas

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Via Streaming

Pobres Criaturas

Ideal Mente

A importância da comunicação no cuidado

Show de Bola

Final do Catarinense

Direito na mão

Revisão da aposentadoria: oportunidade de aumentar o valor mensal

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Na Rede

Confira as notícias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Jackie Rosa

Simplesmente Gisele

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO


Ana Paula Lima tem uma convicção na vida desde os 23 anos: fazer parte do Partido dos Trabalhadores. ...





Especiais

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 

Legado de amor

Dona Maricotinha, aos 95 anos, tem a vida pautada pela família, religião e dedicação ao próximo



Blogs

Blog do JC

Palavra é tudo!

Blog da Ale Francoise

Lanchinho do bem!

A bordo do esporte

Lola Cars na Fórmula E

Blog da Jackie

Os Fort’s e os Koch’s

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação