Matérias | Geral


Itajaí

Arte milionária da Maravilha parece cópia de Sampa

Agência faturou R$ 358 mil para produzir a nova cara de Balneário Camboriú, que é a “cara” da marca da cidade de São Paulo

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A nova marca turística da Maravilha do Atlântico, lançada nesta terça-feira, está dando o que falar. O trabalho de divulgação criado para padronizar a identidade visual do turismo da city está sendo acusada de plágio nas redes sociais, devido à semelhança com a marca da city de São Paulo, lançada em 2011. Os responsáveis pela criação do material de Balneário negam que tenham copiado a ideia dos paulistas.

Para inovar o visual, a prefa investiu mais de 350 mil reales no projeto de comunicação que abrange, além da criação da marca, um vídeo institucional e mais de 20 itens de divulgação. O bafafá nas ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Para inovar o visual, a prefa investiu mais de 350 mil reales no projeto de comunicação que abrange, além da criação da marca, um vídeo institucional e mais de 20 itens de divulgação. O bafafá nas redes sociais começou após o lançamento do material, nesta semana. Na internet, o povão não perdoa e compara a marca da Maravilha com a paulista, mostrando as semelhanças entre as duas, que apresentam praticamente as mesmas cores, desenhos parecidos e a mesma disposição das formas no material publicitário.

Diante das reclamações, Adriano Cordeiro, diretor da empresa Tempo Brasil, que recebeu toda a grana da prefa pra criação do projeto, jura de pés juntos que nada foi copiado. Segundo ele, todas as marcas turísticas precisam passar alegria e descontração, por isso as cores primárias são as mais utilizadas neste tipo de trabalho.



“Pesquisamos diversas marcas pelo país e pelo mundo e percebemos que algumas semelhanças, como as cores, são inevitáveis devido ao que pretendemos passar. Com isso, fizemos um processo muito transparente, consultando as pessoas e os responsáveis para fazer um melhor trabalho”, afirma.

Ademar Schneider, secretário de Turismo, afirma que está por dentro do bafão, mas acredita que o problema não é da prefa, que tá feliz com o resultado. “Já pedimos esclarecimentos, e o pessoal da agência já nos deu retorno a respeito do caso. Se tiver algum problema técnico, ficará a cargo deles resolverem”, esquiva-se.

Vídeo também tá na polêmica


Além de apresentar um material muito parecido com o da Terra da Garoa, o vídeo institucional apresentado pela agência de Balneário é cara e focinho do vídeo da construtora Embraed, divulgado em junho deste ano.

Os dois possuem imagens parecidas das praias e pontos turísticos da city, e a edição do material segue um roteiro semelhante. Fora isso, o filminho da prefa possui a mesma letrinha do filme da construtora.

Assim como os outros materiais, Adriano jura de joelhos que a ideia não foi copiada e que as semelhanças são coincidências inevitáveis. “Um elemento que você vai filmar já pode ter sido utilizado em outros trabalhos. Não acho que isso implique em cópia”, afirma. O profissional garante que os cortes de cena seguem um padrão audiovisual e que não há exclusividade no uso das letrinhas.

No entanto, a agência manezinha Ghana Dranding, responsável pela criação do material da Embraed, diz que as semelhanças nos vídeos são gritantes e beiram a cópia. “A gente foi pego de surpresa com esse material. Assistimos ao vídeo, e quando vimos as similaridades ficamos assustados. Além das cenas iguais e a própria continuação do roteiro, a fonte é exatamente a mesma”, afirma Giancarlo Meneghini, 36, diretor de criação.

Ele garante que a agência não pretende levar o caso pra dona justa resolver, mas apenas lamenta a situação. “Levamos quase cinco meses para produzir o nosso material. É por uma questão de ética dentro do mercado que os profissionais evitam, por exemplo, comprar fontes semelhantes para justamente ter uma identidade única em cada campanha”, carca.


O DIARINHO também entrou em contato com a agência paulista Propeg, que fez a arte de Sampa, mas até o fechamento desta edição eles não responderam as perguntas da reportagem.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.229.117.123

Últimas notícias

Ajuda para Joaquim

Família cria vaquinha para tratar bebê de dois anos com doença autoimune

Regras no Brasil

Uso de máscaras em aviões e aeroportos não é mais obrigatório

Barra Velha

Traficante com 92 passagens policiais é morto em confronto com a PM

Solidariedade

Bebê de um ano precisa de ajuda para fazer transplante de fígado

Balneário

Traficante é preso em flagrante com skunk, maconha e haxixe

ITAJAÍ

Placa de concreto desaba sobre  caminhão e deixa motorista preso

VIACREDI

Programa Aprendiz Cooperativo tá com inscrições abertas

Direito do consumidor

Conselho Nacional de Justiça lança cartilha para facilitar vida de endividados; aprenda a sair do vermelho

Reforços

Marinheiro tem novo lateral direito e meia-atacante

Clássico da Anvisa

CBF aceita multa de R$ 1,6 milhão para cancelar clássico com a Argentina



Colunistas

JotaCê

Espaço público?

Clique diário

Igreja Senhor Bom Jesus dos Aflitos

Coluna Esplanada

Perigo online

Coluna Tema Livre

Cuidado com os candidatos

Gente & Notícia

Max Fercondini no Itajaí Shopping

Canal 1

Destino conspira a favor de Jade Picon em Travessia

Coluna do Janio

Elenco quase formado

Coluna Exitus na Política

O lixo

Jackie Rosa

Família Pereira comemora boa fase do grupo Fort

Instituto Ion | Informando e Inovando

Inovação da tecnologia

Na Rede

Se liga nas matérias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Via Streaming

“Westworld”

Vinicius Lummertz

Santa Catarina: as melhores cidades, PIB nas alturas. Por quê?

Coluna do Ton

Festinha

Coluna Fato&Comentário

Antonico Ramos e o sonho do vigia

Artigos

Cenas para mudar o cenário



TV DIARINHO


- Mar agitado, frente fria e chuva forte vêm aí novamente!- Dono de quitinete encontra o inquilino assassinado ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 17/08/2022

Publicado 17/08/2022 16:37



Especiais

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Brasil

Quem está destruindo as unidades de conservação do cerrado

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás



Blogs

A bordo do esporte

Produtos para carros híbridos e esportivos no Brasil ganham novidades

Blog do JC

Chefe de Gabinete afirma que tá de boa com prefeito

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Douglas Costa Beber

"Somos a cidade mais saneada de Santa Catarina e uma das mais saneadas do Brasil”

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação