Matérias | Esporte


Itajaí

CBF tenta evitar a dona justa

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O rebaixamento da Portuguesa no campeonato Brasileiro virou um jogo de pressão. Dirigentes da CBF querem fazer de tudo para que o caso seja esquecido. O clube do Canindé lança no ar a possibilidade de entrar com ação na Justiça comum para permanecer na série A. A ameaça nada mais é do que uma barganha. Ir além da esfera esportiva seria motivo de embaraço para a CBF, a sete meses da copa do Mundo no Brasil.

O estatuto da Fifa diz, no artigo 69, que as associações nacionais devem tomar todas as precauções necessárias para que os filiados respeitem as decisões tomadas pelas entidades do futebol. “É uma arma poderosa que temos. Vamos usar essa pressão. Eles podem se assustar”, disse um dos mais importantes nomes na diretoria do clube, que pediu anonimato.

Amanhã, a cúpula da Portuguesa se reúne para traçar a linha de defesa a partir de agora. A única coisa definida é que apelação da sentença será feita ao pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O estatuto da Fifa diz, no artigo 69, que as associações nacionais devem tomar todas as precauções necessárias para que os filiados respeitem as decisões tomadas pelas entidades do futebol. “É uma arma poderosa que temos. Vamos usar essa pressão. Eles podem se assustar”, disse um dos mais importantes nomes na diretoria do clube, que pediu anonimato.

Amanhã, a cúpula da Portuguesa se reúne para traçar a linha de defesa a partir de agora. A única coisa definida é que apelação da sentença será feita ao pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O advogado João Zanforlin, que fez a defesa no julgamento de ontem, pode não continuar.



“A Portuguesa conhece o código Disciplinar da Fifa. No artigo 30, sugere que os pontos sejam descontados na edição seguinte do torneio. Podemos adotar este argumento. A Justiça Comum não está descartada, é uma possibilidade”, disse Orlando Cordeiro, que a partir do dia dois de janeiro será o novo diretor jurídico.

O presidente eleito, Ilídio Lico, também não descarta ir até o fim. Mas, por enquanto, não queira dizer isso com todas as letras. “Vamos esgotar todas as possibilidades no STJD. Temos de acreditar em alguma coisa. A ficha não caiu ainda. Foi muito absurdo. Ouvi, durante o julgamento, o advogado do Fluminense falar em moralidade. Se existe alguém que não pode falar de moral, no futebol, é o Fluminense”, disse o cartola.

Pressão na Lusa


O interesse da CBF é abafar a questão o mais rápido possível. A Folha de São Paulo apurou que o presidente da CBF, José Maria Marin, e Marco Polo Del Nero, vice da entidade, vão conversar com a diretoria da Portuguesa para convencê-los de não acionar a Justiça comum. O pedido será ampliado para que os diretores da Lusa orientem seus torcedores a não utilizar esse artifício, que pode trazer perrengues ao clube, bem como entre a CBF com a Fifa.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.239.91.5

Últimas notícias

Futebol

Palmeiras bate o Vitória em Salvador

Estreia

Corinthians e Atlético-MG ficam no 0 a 0

Futebol

Em jogo de pênaltis polêmicos, Flamengo vence o Atlético-GO

Brasileirão

Vasco estreia com vitória contra o Grêmio

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Bebê é resgatado com queimaduras de incêndio em BC

DESTAQUE 

Catarinense é capa da Vogue Brasil

Luto

Balneário Piçarras perde a ministra da eucaristia Norma Albano

Base forte

Itajaí fica com o bronze na Taça Sul de handebol da categoria cadete

Missão no exterior

Comitiva bolsonarista articula com os EUA punições ao Brasil

Assaltos à mão armada

Bandidos atacam vítimas na saída de supermercados da região



Colunistas

Coluna Esplanada

Insatisfação na Eletrobras

JotaCê

Coronel Pavan tem novo aliado deputado

Na Rede

Agroboy mais gato dos EUA, última casinha de BC e romance no ar: confira os destaques das redes do DIARINHO

Histórias que eu conto

Armação da infância I

Coluna do Ton

Parabéns Ale

Mundo Corporativo

Dicas para líderes desorientados e equipes perdidas

Via Streaming

Um lugar ao sol

Gente & Notícia

Neia capitaneou noite só para elas

Foto do Dia

Pintura ensolarada

Ideal Mente

A importância da comunicação no cuidado

Show de Bola

Final do Catarinense

Direito na mão

Revisão da aposentadoria: oportunidade de aumentar o valor mensal

Coluna Exitus na Política

Janelas fechadas

Jackie Rosa

Simplesmente Gisele

Coluna Fato&Comentário

Coleção bicentenário: a construção da Matriz

Coluna Existir e Resistir

Bloquinho do Sebastião Lucas resgatando e revivendo os saudosos carnavais

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste

Artigos

Aniversário da praça dos Correios



TV DIARINHO






Especiais

Missão no exterior

Comitiva bolsonarista articula com os EUA punições ao Brasil

NA ESTRADA COM O DIARINHO

6 lugares imperdíveis para comprinhas, comida boa e diversão em Miami

Elcio Kuhnen

"Camboriú vive uma nova realidade"

140 anos

Cinco curiosidades sobre Camboriú

CAMBORIÚ

R$ 300 milhões vão garantir a criação de sistema de esgoto inédito 



Blogs

Blog da Jackie

Catarinense na capa da Vogue

A bordo do esporte

Fórmula E: Alemão vence na Itália e assume a ponta do Mundial dos Carros Elétricos

Blog do JC

Palavra é tudo!

Blog da Ale Francoise

Lanchinho do bem!

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Carlos Chiodini

"Independentemente de governo, de ideologia política, nós temos que colocar o porto para funcionar”

Osmar Teixeira

"A gestão está paralisada. O cenário de Itajaí é grave. Desde a paralisação do Porto até a folha sulfite que falta na unidade de ensino”

Omar Tomalih

“Balneário Camboriú hoje é o município que está com o maior controle, com o menor número de notificações de casos de dengue”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação