Matérias | Geral


Itajaí

Fogaréu detona casinha no Matadouro

Moradora ainda tava pagando os móveis no crediário e ficou na rua da amargura

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

Enquanto lavava louça na cozinha, Jussara Aparecida Silveira, 51 anos, aproveitava a água corrente pra se refrescar do calor escaldante que fazia na tarde de ontem, em Itajaí. Mas o ar quente na casa de madeira na rua Pedro José João, no Matadouro, tava fora do normal. Quando sentiu um leve cheiro de queimado, a moradora abriu a porta do quarto e deu dicara com o cômodo em chamas. Só deu tempo de sair correndo pra pedir ajuda. Num piscar de olhos, todos os móveis e tudo mais que havia na casa se perdeu. Os vermelhinhos utilizaram quase 10 mil litros de água pra conter as chamas.

Há 20 anos, Jussara deixou a família em Curitiba (PR) e se mudou pra Itajaí, onde casou e depois se divorciou. Vivia sozinha na casa de dois quartos, sala e cozinha conjugados e um banheiro. Depois ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Há 20 anos, Jussara deixou a família em Curitiba (PR) e se mudou pra Itajaí, onde casou e depois se divorciou. Vivia sozinha na casa de dois quartos, sala e cozinha conjugados e um banheiro. Depois de tanto tempo em Terras Peixeiras, somente neste ano a moradora, que é servente no clube Tiradentes, conseguiu comprar todos os móveis, novinhos em folha. No entanto, além dos móveis varridos pelo fogo, os carnês das prestações também viraram cinzas. Era por volta das 16h40 quando a moradora percebeu as chamas e não conseguiu salvar nem mesmo os documentos pessoais.

“Eu tinha cada enxoval lindo. Eu não acredito, perdi tudo. As minhas coisinhas. Como vou conseguir recuperar tudo isso um dia?”, dizia Jussara entre lágrimas, acalentada pelos vizinhos. A moradora conta que se tivesse visto o incêndio no começo, ela mesma teria se esforçado pra controlar as chamas, mas quando percebeu o fogaréu, o quarto dela já tava virado em fumaça e ela precisou abandonar a baia de mãos abanando.



Logo após a tragédia, Jussara não tinha a menor ideia de onde passaria a primeira noite e como seriam seus próximos dias. Sem filhos ou família na city peixeira, a moradora estava completamente desorientada. “Ai, que tristeza. Eu não tive culpa, eu não sei o que aconteceu e não sei o que vou fazer”, lamentava, sempre com um choro ofegante. Apesar do susto e das perdas materiais, Jussara saiu ilesa do incêndio.

De acordo com o tenente dos bombeiros, Leandro Flores Emmanuelli, ainda não é possível apontar as causas da tragédia. Inicialmente, os vermelhinhos partem da suspeita de sobrecarga elétrica ou curto-circuito. Contudo, somente a perícia vai poder apontar com precisão o que transformou a casa da dona Jussara em cinzas. Foram necessários três caminhões de água pra conter a chamas. As casas vizinhas foram superficialmente atingidas pelo fogo, mas o incêndio não chegou a se alastrar.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.236.192.4

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 09/08/2022

Publicado 09/08/2022 20:22



Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Blogs

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela faz sessão de treinos contra a Argentina

Blog Doutor Multas

Desentupidora de pia em Moema: chegada rápida, orçamento sem compromisso e garantia no desentupimento

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação