Matérias | Polícia


Itajaí

Porradaço deixa fila de sete quilômetros na 101

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

O trânsito intenso na BR-101 por causa do fim de ano ficou ainda pior na manhã de ontem. Às 9h15, um caminhão Scania, com placas de São Paulo, fez um L na pista depois de bater em outro possante no quilômetro 112 da rodovia federal, em Itajaí. Dois carangos acabaram envolvidos no porradaço, que gerou sete quilômetros de fila no sentido sul da BR. O trânsito só voltou ao que é considerado normal nessa época do ano, com fluxo intenso, mas fluindo, ao meio-dia – duas horas após a pista ser liberada. Ninguém ficou ferido.

De acordo com a polícia Rodoviária Federal, o porradaço rolou quando deu uma atravancada no fluxo. Para não beijar a traseira do carango que seguia na sua frente, Dorival Schell, 63 anos, que conduzia ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


De acordo com a polícia Rodoviária Federal, o porradaço rolou quando deu uma atravancada no fluxo. Para não beijar a traseira do carango que seguia na sua frente, Dorival Schell, 63 anos, que conduzia o Scania, placa DUT 9369 (São Paulo), jogou o bruto pra pista da esquerda. Com isso, acabou acertando o Fusion, placa MKR 1332 (Florianópolis), que seguia na esquerda e era dirigido por Gerardo Moritez, 80. Com a pancada, o Fusion foi jogado contra a mureta do centro da pista e o bruto fez um L, bloqueando o trânsito nas duas pistas do sentido sul.

Outro carango não identificado, que vinha logo atrás do caminhão, foi obrigado a frear por causa da batida e acabou atingindo o terceiro carro, o Citroën C3, placa MHE 1756 (Joinville), que era conduzido por Gabriela Rodrigues Bento, 32. O C3 ficou com a traseira detonada. O motora do carango não identificado picou a mula do local do acidente. Os outros carangos que vinham atrás foram passando pelo acostamento para que a rodovia não ficasse completamente interditada.



Segundo informações da Autopista Litoral Sul, os dois carangos e o caminhão só foram removidos da BR-101 às 10h. Nesta hora, a fila chegava a quase seis quilômetros no sentido sul. Quando a pista foi liberada, a fila atingiu o ápice, com sete quilômetros de lentidão. Foi somente ao meio-dia que o tráfego voltou ao normal, mas o trânsito ainda era lento e o fluxo intenso.

Ainda de acordo com as contas da Autopista, entre as 9h e 10h de ontem, 3400 veículos passaram pela praça de pedágio de Porto Belo – um número 52% maior que o normal durante o ano. A previsão era de que durante toda a quinta-feira, 51 mil veículos, entre carangos, motos e caminhões, passassem pela BR-101 no trecho administrado pela Autopista.





Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






34.236.192.4

TV DIARINHO


Confira os destaques desta terça-feira



Podcast

Minuto DIARINHO 09/08/2022

Publicado 09/08/2022 20:22



Especiais

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás

conexão

Networker aproxima Balneário Camboriú das celebridades

Sem medo do trabalho

Dona Terezinha toca uma confecção aos 84 anos



Blogs

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

A bordo do esporte

Seleção Brasileira de Vela faz sessão de treinos contra a Argentina

Blog Doutor Multas

Desentupidora de pia em Moema: chegada rápida, orçamento sem compromisso e garantia no desentupimento

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”

Willian Cardoso, o Panda

"Saquarema provavelmente vai ser meu último mundial, aí eu vou estar focado no brasileiro”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação