Matérias | Polícia


Itajaí

Detonou secretaria da prefa porque tava revoltado com falta de água

A fúria do morador foi provocada porque Camboriú tá sem água há quatro dias

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A falta de água há cerca de quatro dias deixou os moradores de Camboriú enfurecidos neste fim de semana. Um deles até apelou para a ignorância. Na noite de sábado, o morador do Santa Regina ligou pra secretaria de Saneamento Básico (Sesb) pra perguntar quando a água voltaria ao bairro. Como o funcionário não soube informar o prazo, o homem ameaçou: “se a água não chegar à minha casa em meia hora, vou quebrar tudo aí”. Meia hora depois, um Uno parou na frente da secretaria, deu a ré e detonou a porta de vidro, que se estilhaçou toda. Logo após, a empresa Sanecon, responsável pela manutenção da rede, também foi ameaçada em outra ligação anônima.

O sábado de calor infernal maltratou os moradores da Capital da Pedra. Por lá, o povão estava sem água na torneira desde terça-feira. Cansado de desculpas esfarrapadas, um morador ligou pra secretaria ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


O sábado de calor infernal maltratou os moradores da Capital da Pedra. Por lá, o povão estava sem água na torneira desde terça-feira. Cansado de desculpas esfarrapadas, um morador ligou pra secretaria por volta das 19h pra saber quanto tempo ainda teria que esperar pra tomar um banho geladinho e se livrar do calorão. O funcionário de plantão informou que não havia previsão. Nisso, o homem jurou que se a água não voltasse em meia hora a sede da Sesb seria arrebentada. O cara ainda disse que queria que a prefeita e o secretário estivessem lá dentro pra serem esmagados. Metade da ameaça se confirmou.

Às 19h30, um Uninho branco, com um cara alto, magro e careca dentro, parou na frente na secretaria, deu a ré e acelerou pra cima da porta de vidro. Moradores da rua Capitão Ernesto Nunes, bairro Cedro, só ouviram o estrondo e o barulho do cantar dos pneus, em fuga. Pra trás, ficaram as portas de vidro detonadas no chão.



Mais ameaças

Três horas depois, o telefone da empresa Sanecon, que fica no Conde Vila Verde, tocou e mais um homem reclamava da falta de água. Segundo o diretor da empresa, Humberto Sell, o cara alertou que se a água não voltasse antes da meia-noite era pro pessoal da Sanecon não aparecer no Conde porque eles iam tacar fogo nos carros e na sede da empresa de manutenção, que fica na rua Samambaia. “Nós orientamos os funcionários pra que não fossem pro Conde naquela noite e também chamamos a polícia pra registrar a ameaça”, informou.

Até à noite de ontem, a polícia Militar ainda não tinha sido identificado o nervosinho. De acordo com o abobrão da Sesb, Janir Francisco Miranda, a sede da secretaria foi fechada com tapumes e o guardinha da secretaria de Obras, que fica em frente, tá vigiando o local. Os abobrões tão conversando com outros comércios da rua pra ver se alguma câmera flagrou o atentado à secretaria. O caso ainda não foi registrado na polícia Civil.


Água ainda não voltou ao normal

A falta de água na Capital da Pedra está rolando desde terça-feira por conta do alto consumo e da pouca vazão. No meio da semana foi identificado que uma das três bombas de recalque da Estação de Tratamento de Água (ETA) da Emasa, em Balneário Camboriú, que manda água pra Cambu, tava com problemas. No sábado pela manhã, por volta das 8h, o motor dessa bomba queimou e foi preciso desligar a rede pra trocar a aparelhagem.

Segundo Janir, o novo motor foi comprado durante o sábado e a troca rolou à noite. “Terminamos só depois das 23h e até hoje (ontem) o serviço não se normalizou por completo”, explica. Pra tentar amenizar o perrengue, a prefa abasteceu as casas com caminhão-pipa na manhã de ontem, principalmente nas partes altas dos bairros Rio Pequeno e Monte Alegre. Janir explica que, para cada hora que Camboriú fica sem água, são necessárias quatro horas pro abastecimento voltar ao normal. Esse tempo ferra com a vida dos moradores. Até ontem à noite, as baias que ficam em locais mais altos ainda estavam na secura.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.197.230.180

Últimas notícias

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Penha

Polícia Civil investiga morte de criança de três anos

Segunda divisão

Semifinalistas serão definidos neste sábado

Agenda

Confira a agenda deste final de semana

NAVEGANTES 

Motociclista morre em acidente na BR 470

Série A

Corinthians e Palmeiras se enfrentam em “decisão” pelo título

Entrada gratuita

Itajaí Vôlei estreia em casa no Catarinense

Futebol na praça

Final da Copa Pesqueira acontece neste sábado na Beira Rio

Balneário Camboriú

Apagão causa bate-boca público entre vereador e gerente da Celesc

Tudo filmado

Tudo filmado: Mercedes “frita pneu” em plena Osvaldo Reis



Colunistas

JotaCê

MDB reunida

Jackie Rosa

Família Pereira comemora boa fase do grupo Fort

Clique diário

Itajaí vista do alto

Instituto Ion | Informando e Inovando

Inovação da tecnologia

Canal 1

Assim como a TV Conmebol, futuro do canal Combate é duvidoso

Na Rede

Se liga nas matérias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Via Streaming

“Westworld”

Coluna Esplanada

Custo Brasil

Gente & Notícia

Lançamento da Absoluta no Iate Clube Cabeçudas

Vinicius Lummertz

Santa Catarina: as melhores cidades, PIB nas alturas. Por quê?

Coluna do Janio

Polêmica do estádio

Coluna Exitus na Política

Agora, o eleitor

Coluna do Ton

Festinha

Coluna Fato&Comentário

Antonico Ramos e o sonho do vigia

Artigos

Cenas para mudar o cenário

Coluna Tema Livre

Não é fácil ser mulher



TV DIARINHO


Entrevistão com Douglas Costa Beber  - Diretor Geral da Emasa





Especiais

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Brasil

Quem está destruindo as unidades de conservação do cerrado

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás



Blogs

A bordo do esporte

Salvador (BA) se une ao Salão Náutico Grand Pavois para edição brasileira em 2023

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do JC

Desencantou

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

Blog da Ale Francoise

Inclua inhame no seu dia!

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Douglas Costa Beber

"Somos a cidade mais saneada de Santa Catarina e uma das mais saneadas do Brasil”

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação