Matérias | Polícia


Itajaí

Fogaréu criminoso detona prédio de escolinha

Incêndio começou no final da tarde de domingo e rapidamente destruiu a escolinha

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A dona de casa Dilma Costa, 73 anos, foi a primeira pessoa a ver o fogaréu tomar conta de parte da escola Municipal Rural Laci Simão Corrêa, que fica na rua Osorio Domingos Correa, bairro São Francisco de Assis, em Penha. A fumaça foi avistada por dona Dilma e mais duas amigas por volta das 17h de domingo. Poucos minutos depois, as chamas já tomavam conta dos banheiros, da cozinha e do refeitório, que fica na parte de trás da escola. “Só olhei daqui, do portão, e o fogo já estava saindo pela porta. Deu uma vontade de apagar, mas ficamos apavoradas, com medo de uma explosão”, conta a dona de casa, que chamou os bombeiros.

Os vermelhinhos conseguiram controlar as chamas em 15 minutos, mas ainda havia muito fogo no interior do prédio. Segundo o comandante dos bombeiros de Penha, Jhonny Coelho, foram gastos 14 mil litros ...

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Os vermelhinhos conseguiram controlar as chamas em 15 minutos, mas ainda havia muito fogo no interior do prédio. Segundo o comandante dos bombeiros de Penha, Jhonny Coelho, foram gastos 14 mil litros de água pra apagar e fazer o rescaldo de todo o fogaréu.

O fogo começou em um dos banheiros que fica aos fundos, passou pela cozinha e atingiu todo o refeitório. As chamas se espalharam rapidamente pelo prédio por conta de materiais como cadernos, livros e plástico. O forro em PVC ficou todo queimado. Também houve muito vazamento de gás de cozinha, mas não chegou a provocar uma explosão.



A cozinha da escola estava equipada com geladeira, fogão, forno elétrico, micro-ondas e até uma pequena panificadora. Tudo virou cinzas. A dor de perder todo o material de trabalho ainda é sentida por Dorli Isabel Correa, 29, servente e merendeira da escola. Ela também é mãe de uma menina de quatro anos, que estudava lá.

A servente mora em frente à escola e, quando chegou na casa, depois das 22h de domingo, Dorli e o marido viram que havia alguma coisa estranha. Foram até a escola com uma lanterninha e encontraram o local completamente destruído. “Fiquei muito assustada; já pensou o que poderia ter acontecido se tivesse alguém lá dentro?”, questiona.

Viram dupla tacar fogo


De acordo com o comandante, um morador relatou que viu dois rapazes, com idade entre 17 e 19 anos, pularem o muro dos fundos e depois fugir do local. Os dois tentaram arrombar a porta da cozinha para roubar os eletrônicos, mas como não conseguiram, atearam fogo dentro de um dos banheiros. O fogaréu atingiu dois banheiros, a cozinha, uma despensa e o refeitório da criançada. Ontem à tarde, o pessoal do instituto Geral de Perícia (IGP) teve no local pra fazer uma perícia e tentar identificar o que provocou o incêndio.

Alunada será transferida para outra escola

A escola Municipal Rural Laci Simão Corrêa atende cerca de 120 crianças, do primeiro ao quinto ano. A prefa da Capital do Marisco já tinha planos de reformar os dois prédios da frente, onde ficam as salas de aula e a direção. Mas com o incêndio, o prefeito Evandro Eredes dos Navegantes (PSDB) pretende botar tudo abaixo e construir uma nova sede.

Com isso, os pimpolhos deverão ser transferidos para a escola Antonio José Tiago, que fica a um quilômetro de distância. O mandachuva explica que ainda será feita uma reunião com a equipe da secretaria de Educação e depois com os pais, mas acredita que esta é a melhor solução para que os alunos não percam o próximo ano letivo. Pra isso, a prefa também disponibilizaria um ônibus pra buscar a garotada em casa e levar à escola.


Referente à construção da nova sede, o prefeito Evandro espera contratar a empresa em janeiro e erguer uma nova estrutura em até quatro meses. “Eu vejo que esta é a maneira mais segura e confortável para os alunos. Mas não podemos demorar muito, porque nesses locais mais afastados a escola não serve só como lugar de educação, mas serve também como convívio social”, diz.

O prefeito calcula que o preju tenha saído em torno de R$ 150 mil, mas um engenheiro ainda deve fazer o levantamento.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.204.56.185

Últimas notícias

VIOLÊNCIA

Trabalhador encontra cadáver de homem apedrejado em Penha

BALNEÁRIO

Fim do mau cheiro: Dragagem do Marambaia vai tirar 6 mil m3 de lodo do canal

ITAJAÍ

Trecho do molhe teve asfalto destruído e deve passar por recuperação

Famosa

Vidente prevê “catástrofe”, destruição total de Balneário e os números da Mega-Sena

CULTURA

Feira Literária de Penha vende livros a partir de R$ 1 

Destaque internacional

Semasa vai apresentar case de sucesso na Dinamarca

BALNEÁRIO

Motorista de aplicativo é preso por tentar matar homem a facadas

BALNEÁRIO

Dono de quitinete encontra o inquilino assassinado

Santa Catarina

Itajaiense vítima de feminicídio é homenageada em programa de proteção à mulher

Festão

Festival da cerveja de Gaspar terá mais de 50 rótulos



Colunistas

JotaCê

Pavan brigou com Amin e fechou com Moisés

Coluna Esplanada

Mão amiga

Canal 1

Alta cúpula do SBT tem encontro com presidente da CBF

Coluna do Janio

Elenco quase formado

Coluna Exitus na Política

O lixo

Jackie Rosa

Família Pereira comemora boa fase do grupo Fort

Clique diário

Itajaí vista do alto

Instituto Ion | Informando e Inovando

Inovação da tecnologia

Na Rede

Se liga nas matérias que foram destaque nas redes do DIARINHO

Via Streaming

“Westworld”

Gente & Notícia

Lançamento da Absoluta no Iate Clube Cabeçudas

Vinicius Lummertz

Santa Catarina: as melhores cidades, PIB nas alturas. Por quê?

Coluna do Ton

Festinha

Coluna Fato&Comentário

Antonico Ramos e o sonho do vigia

Artigos

Cenas para mudar o cenário

Coluna Tema Livre

Não é fácil ser mulher



TV DIARINHO


Na noite desta terça-feira um jovem de 23 anos foi esfaqueado na avenida Brasil, no centro de Balneário ...



Podcast

Minuto DIARINHO - 16/08/2022

Publicado 16/08/2022 16:44



Especiais

ENTREVISTA

Duda Salabert “Quando uma travesti é eleita, a sociedade inteira avança”

Brasil

Quem está destruindo as unidades de conservação do cerrado

Saúde

Salsicha, hambúrguer e nugget: pesquisa identifica agrotóxicos em alimentos

famoso

Garçom há 30 anos, Claudinho ama BC

Diversidade religiosa

Mestre Marne quebrou tabus para defender a fé nos orixás



Blogs

A bordo do esporte

Lars Grael tenta mais um título Brasileiro de Star neste fim de semana

Blog do JC

Chefe de Gabinete afirma que tá de boa com prefeito

Blog da Ale Francoise

Tá com tosse aí?

Blog Doutor Multas

Bafômetro pega vape: verdade ou mito? Entenda de uma vez por todas

Blog do Ton

Blumenau ganhará o primeiro lounge bar em formato rooftop

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado

Blog da Jackie

BALNEÁRIO FASHIOW foi SHOW



Entrevistão

Douglas Costa Beber

"Somos a cidade mais saneada de Santa Catarina e uma das mais saneadas do Brasil”

Gabriela Kelm do Nascimento

“A maioria entende que o calçadão da Hercílio Luz deve permanecer porque foi um ganho para a cidade ”

Normélio Weber

"O Hermeto Pascoal vai estar ali. O Toquinho vai estar aqui. O Brasileirão, de Curitiba... Vai estar Chico César...”

Cláudio Werner

“O nosso clube é um formador de atleta olímpico”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação