Colunas


Ideal Mente

Por Vanessa Tonnet - Vanessatonnet.psi@gmail.com

CRP SC 19625 | Contato: (47) 99190.6989 | Instagram: @vanessatonnet

De onde vem tanta violência?


Os médicos mortos por serem confundidos no Rio de Janeiro, outros tantos feridos em outro tiroteio numa escola nos EUA, os ataques em Israel. Vivemos um tempo em que gente tem medo de gente e todo mundo tem medo da vida. Os muros cada vez mais altos e a discussão sobre a legalização de armas não solucionam o problema e a tensão só aumenta. Em um ambiente inseguro, o medo se torna irmão do desespero e o desespero pai da violência.

 

Bora virar assinante para ler essa e todas as notícias do portal DIARINHO? Usuários cadastrados têm direito a 10 notícias grátis.


Esqueci minha senha




Se você ainda não é cadastrado, faça seu cadastro agora!


 







 





Há quem diga que você não sabe do que é capaz quando exposto a uma situação extrema de violência. Há quem reage, quem foge e quem fica paralisado. Enquanto um se apodera do desespero e atira contra os colegas de sala, o outro se esconde no banheiro da escola. O problema maior é que, quanto mais expostos estamos à violência, maior as chances de nos habituarmos a ela e, consequentemente, nos tornarmos agressores em potencial.

As tragédias são acompanhadas pela TV, redes sociais, rádios a todo momento, muitas vezes não temos nem tempo para absorver sobre o homicídio que acabamos de ouvir e já é apresentada uma nova notícia de sequestro.       

Viver como prisioneiros em nossas próprias casas não é justo, então encaramos o mundo e torcemos para sobrevivermos a mais um dia.       

O problema é que o sangue frio que aprendemos a ter para aguentar pequenos abusos cotidianos uma hora esquenta, e a raiva nem sempre tem uma direção certa.

Uma discussão no trânsito, uma briga na escola pelo bullying sofrido, o assalto para garantir o dinheiro para a refeição do dia... e as crianças acompanhando tudo isso “de camarote”, aprendendo com o exemplo dos pais que maltratam a faxineira da casa, com a novela que aborda o tema da sexualidade íntima acessível, traições e com outros jovens que defendem a liberdade de não serem obrigados a nada.

A violência vem da repetição de pequenos abusos, do desespero e do medo. A violência é aprendida e aprendemos que é melhor reagir do que ser surpreendido, não é mesmo? O terror cotidiano está nos ensinando a fazer valer o “olho por olho, dente por dente”.     

Medrosos, muitos de nós nos armamos, e o gatilho está prestes a explodir o palavrão, o soco, o tiro. Quem será o próximo alvo da nossa raiva?


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Ideal Mente

Precipitação

Ideal Mente

Mudar dói

Ideal Mente

Carnaval: um mundo imaginário de liberação chegou ao fim

Ideal Mente

Felicidade 10mg

Ideal Mente

Bullying não é chacota, é crime!

Ideal Mente

Relacionamentos tóxicos: você sabe identificar se está em um?

Ideal Mente

O que é a felicidade?

Ideal Mente

Como recomeçar depois de um momento difícil?

Ideal Mente

Depressão e terapia

Ideal Mente

Frustração X Expectativa:

Ideal Mente

Saudade não é carência

Ideal Mente

Uma amizade tóxica

Ideal Mente

Uma lição de Drummond sobre a saudade

Ideal Mente

O luto e as festas do final de ano

Ideal Mente

Ciúme sem orgulho

Ideal Mente

A polêmica do Hino Nacional

Ideal Mente

Narcisismo: um mal silencioso presente nas relações

Ideal Mente

Precipitação e esgotamento mental

Ideal Mente

Mitos e verdades sobre a saúde mental

Ideal Mente

Como cultivar ambientes familiares mais harmoniosos?



Blogs

A bordo do esporte

Thiago Pereira e Swim Floripa levam Troféu José Finkel para Floripa

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog do JC

Mulheres MDBistas

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

TV DIARINHO

O crime de injúria racial aconteceu em sessão do filme de Bob Marley no cinema do shopping na noite ...




Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação