Colunas


Direito na mão

Por Renata Brandão Canella - renata@brandaocanella.adv.br

Renata Brandão Canella é advogada previdenciarista , graduada em Direito pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), Mestre e Especialista pela UEL, Especialista em Direito do Trabalho pela AMATRA, palestrante, expert em planejamento e cálculos previdenciário e Presidente da Associação Brasileira dos Advogados Previdenciários (ABAP).

11 direitos da pessoa com câncer


Foto: Reprodução

A campanha Outubro Rosa visa alertar a sociedade sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama, além de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, contribuindo para a redução da mortalidade.

Diante da mobilização mundial em torno da campanha, necessário se faz a divulgação de informações jurídicas aos pacientes em tratamento de câncer (não só o de mama) e aos sequelados. Com o objetivo de facilitar o entendimento e auxiliar no processo de solicitação dos benefícios previstos em lei, segue a lista de 11 direitos do paciente oncológico em tratamento ou sequelado:

A Lei nº 12.732/2012 determina que o paciente com câncer obtenha tratamento através do SUS e assim o inicie dentro de 60 dias após o conhecimento do diagnóstico;

A Lei nº 12.880/2013 denota que é obrigação dos planos de saúde fornecerem aos pacientes acometidos por câncer medicamentos de uso oral e procedimentos radioterápicos para o devido tratamento;

É assegurado ao paciente acometido pela doença realizar o saque referente ao FGTS e ao PIS/PASEP de todas as contas vinculadas ao Fundo de Garantia de Tempo de Serviço, além de possuir o direito a atendimento prioritário em bancos e comércios;

Isenção de imposto e de renda. Aposentado ou pensionista que sofra de alguma das doenças graves previstas na Lei nº 7.713/88, que inclui o câncer, pode obter a isenção e reembolso do imposto de renda de até cinco anos retroativos.

No tocante aos benefícios previdenciários e sociais, após o diagnóstico da doença, desde que preencha os requisitos, o paciente poderá pleitear a concessão dos seguintes benefícios:

5) Benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença). Este benefício será concedido àquele que comprovar a incapacidade temporária para o trabalho, ainda que não possua 12 contribuições, visto ser isento de carência para essa doença;

6) Benefício por incapacidade permanente (antiga aposentadoria por invalidez). Este benefício será devido àquele segurado que estiver incapacitado de maneira total e permanente para exercer qualquer tipo de labor, geralmente é precedida pela concessão de “auxílio-doença”;

7) Auxílio-acidente (aos sequelados em cirurgia, por exemplo);

8) Aposentadoria antecipada por idade. Demonstrado o trabalho exercido com restrições e maior dificuldade (a deficiência pode ser leve, moderada ou grave), o segurado pode adiantar a aposentadoria em até cinco anos, ou seja, é possível a concessão do benefício se mulher, aos 55 anos de idade, e se homem, com 60 anos de idade;

9) Aposentadoria antecipada por tempo de contribuição à pessoa com deficiência. O segurado pode ter seu tempo de contribuição reduzido de acordo com o grau de deficiência atestado (leve, moderado ou grave). Essa aposentadoria é muito vantajosa em termos de valores, pois é calculada em 100% da média, sem qualquer redutor;

10) Majoração de 25% na aposentadoria. É um aumento no benefício previdenciário (aposentadorias) destinado àqueles que comprovem que o titular do benefício originário necessita de assistência permanente de terceiros para desenvolver as atividades habituais. Somente será concedido aos aposentados por invalidez (benefício por incapacidade permanente);

11) Benefício assistencial ao deficiente. Para o recebimento de benefício assistencial, o portador de câncer ou de sequelas definitivas da doença, pode ser equiparado a pessoa deficiente, sendo possível requerer o benefício caso se enquadre em todos os requisitos (miserabilidade e deficiência). É um benefício social, pago a pessoas que não possuem contribuições previdenciárias ao INSS ou a outro órgão de previdência.

O primeiro passo para a concessão de qualquer uma das espécies de benefício previdenciário é o requerimento administrativo perante o próprio INSS, através de um dos seus canais de atendimento (135, portal Meu INSS  ou presencialmente na agência), caso o pedido seja indeferido é possível o ajuizamento do pleito perante o judiciário.

Para que seja escolhido qual o benefício será mais benéfico e qual o paciente se encaixa, é necessário que seja analisada a particularidade envolta em cada caso.

Renata Brandão Canella, advogada.


Comentários:

Deixe um comentário:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.

Leia mais

Direito na mão

Quem pode pedir a revisão da vida toda?

Direito na mão

O que acontece se a empresa não pagou o INSS do funcionário? Como fica a aposentadoria?

Direito na mão

Guia da revisão da vida toda para aposentados do INSS

Direito na mão

Professores(as) têm redução nos requisitos de idade e de tempo de contribuição na aposentadoria

Direito na mão

Trabalho realizado no exterior pode contar para aposentadoria no Brasil?

Direito na mão

Aposentados do Banco do Brasil podem requerer revisão da aposentadoria

Direito na mão

O que é a aposentadoria por pontos?

Direito na mão

Fim do imposto de renda sobre Pensão Alimentícia; saiba como receber de volta o valor pago

Direito na mão

Aposentadoria do trabalhador portuário: fique por dentro!

Direito na mão

INSS convoca segurados para novo “pente-fino”: aposentadorias, auxílios e benefícios por incapacidade estão na mira de corte

Direito na mão

Erros no cálculo da aposentadoria: é possível corrigir?

Direito na mão

Cinco dicas para antecipar a aposentadoria

Direito na mão

Seis questões fundamentais sobre o “Piso Nacional” do Professor

Direito na mão

Servidores públicos de Santa Catarina podem requerer valores “esquecidos”



Blogs

A bordo do esporte

Adeus ao juiz de vela Dionysio Sulzbeck

Blog do JC

Quadrangular 71 anos

Blog Doutor Multas

Fumar e dirigir dá multa?

Blog do Ton

Festa The Box comemora 5 anos neste fim de semana em Balneário Camboriú

Blog da Ale Francoise

Os poderes da Spirulina!

Blog da Jackie

Spring Party

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Alvim Sandri

"Levei a vida que a minha mãe ensinou: fé em Deus e andar certo

Marcelo Sodré

"A hora que entrar o contrato de arrendamento essa agonia se dissipa. As empresas vêm pra fazer o porto continuar crescendo”

James Winter

“Só vai haver desemprego e demissão em massa se não tiver carga aqui no Porto de Itajaí”

Décio Lima

"Hoje, de R$ 97 bilhões que são arrecadados pelo governo federal em Santa Catarina, apenas R$ 7 bilhões voltam”

TV DIARINHO

Confira as principais notícias desta quarta-feira no DIARINHO: - Homem que matou amigo durante churrasco ...




Especiais

Pesquisa de preços

Bora conferir as pechinchas da semana pra garantir o churrasco do jogo do Brasil

OLHO NA DOSE

Pesquisa de preço mostra onde bebidas quentes são mais baratas

Na Estrada com o DIARINHO

Maravilhas naturais fazem de Bombinhas o Caribe catarinense

Itajaí

Do imóvel popular ao de altíssimo padrão são as apostas da Lotisa

Alto padrão

Procave agrega valor e exclusividade



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








Jornal Diarinho© 2022 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação