Matérias | Entrevistão


Entrevistão Ana Paula Lima

"O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto”

Deputada Federal e vice-líder do governo Lula na Câmara Federal participou do Entrevistão do DIARINHO

Franciele Marcon [fran@diarinho.com.br]





Ana Paula Lima tem uma convicção na vida desde os 23 anos: fazer parte do Partido dos Trabalhadores. Prestes a completar 60 anos, a deputada federal e vice-líder do governo Lula na Câmara Federal enxerga e exerce a política como uma forma de aglutinar e construir, mesmo reunindo pessoas com visões diferentes de mundo. Neste Entrevistão, Ana Paula falou do que chama “dos estragos deixados no Brasil desde o impeachment da presidenta Dilma Rousseff”, da disseminação de fake news que para a deputada é a responsável pelo ódio entre as pessoas que culminou com a afronta à democracia, com destruição de parte dos Palácios dos Três Poderes, em Brasília, em 8 de janeiro de 2023. Ela também enumerou o que acredita serem avanços já construídos pelo governo Lula. Ana Paula ainda falou da crise do Porto de Itajaí, da escolha de João Paulo Bastos Gama como pré-candidato a prefeito de Itajaí pelo PT e do seu nome como uma opção de candidatura à prefeitura de Blumenau. Ana Paula é casada com Décio Lima, presidente do Sebrae, e que disputou o governo do estado, no segundo turno, com o governador Jorginho Mello. A entrevista é de Fran Marcon e as imagens de Fabrício Pitella. O conteúdo completo, em vídeo e áudio, você confere no Portal DIARINHO.net e em nossas redes sociais.


 

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

OU

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


 



DIARINHO - Muita gente não sabe que Itajaí tem uma deputada federal do PT.  Há quanto tempo a senhora representa Itajaí e região na Câmara Federal?

Ana Paula: Eu fui deputada estadual por quatro mandatos na Assembleia Legislativa. Participei da eleição de 2018, onde faltou um único voto na legenda do nosso partido para que a gente conseguisse mais uma vaga na Câmara Federal. Não parei! Comecei a trabalhar bastante e me elegi a quarta deputada federal mais votada do estado de Santa Catarina e a 15ª do meu partido em nível nacional. Muito feliz de estar aqui representando a nossa região, o estado de Santa Catarina, nesse novo momento do nosso país. Momento de união, de pacificar o nosso país, de reconstrução. Ser a vice-líder do governo do presidente Lula. Ver agora as transformações acontecendo, principalmente das políticas públicas, do crescimento da economia, de obras que agora a gente consegue visualizar no estado de Santa Catarina. Eu acho que a política é isso: é uma construção. Independentemente de quem governa o município, quem governa o estado de Santa Catarina, o presidente Lula tem encaminhado recursos. Ele sempre diz que é na cidade que as pessoas moram e as políticas sociais, investimentos, infraestrutura, precisam acontecer no estado e nos municípios.


 

DIARINHO - A senhora destinou R$ 1,2 milhão à Secretaria de Saúde para a construção de uma casa de parto de referência, a primeira em SC no modelo de parto humanizado. Como será essa maternidade?


Ana Paula: Veja bem, eu sou de Blumenau, mas eu fiz a minha faculdade aqui em Itajaí. Fiz enfermagem, sou enfermeira obstetra. A área da saúde sempre me tocou bastante. Já enquanto deputada estadual a gente fez esse debate da humanização do parto, do respeito às mulheres, num ambiente político que ainda é muito masculino. Trouxe, sim, muitos recursos para a cidade, principalmente nesse novo programa do PAC Seleções, que é o programa de aceleração e crescimento. O município de Itajaí fez vários pedidos: uma maternidade, centro de parto normal, centro de atenção especializada, que é o Caps, unidade básica de saúde e creche. Ganhou todas! Porque esse é o novo momento do Brasil. O prefeito daqui não é do PT, mas aqui também as demandas foram necessárias. Não somente Itajaí, a nossa região toda ganhou. Itajaí foi contemplada com essa maternidade e o centro de parto normal. [Esse centro ficará junto ao Marieta?] Não! A prefeitura disponibilizou um terreno no final da rua Silva, que é depois da rodoviária. Um terreno bastante grande. O centro de parto normal tem que ficar próximo ao hospital, 20 minutos. Esse cálculo foi feito. E principalmente, porque a cidade de Itajaí está crescendo para o lado de lá da BR 101 – Itaipava, Espinheiros, loteamento Santa Regina cresceram bastante. Acho que os complexos de saúde também precisam atender essa demanda. Queremos liberar esse recurso o mais rápido possível.  O recurso o presidente Lula quer liberar até o mês de junho. Mas acontece que esse processo de licitação para construção dessa obra deve acontecer após o período eleitoral. Até porque tem as eleições municipais. O Caps também, que é uma demanda grande do município, principalmente depois da pandemia, a saúde mental das pessoas ficou muito abalada. E uma creche, porque nós, mulheres, precisamos também de um local seguro, digno, para colocar as nossas crianças.

 

 “É uma tarefa que nós temos que fazer no Congresso Nacional: a PL das fake news”

 

DIARINHO - A senhora destinou R$ 1,25 milhão à Secretaria de Saúde para a construção de uma casa de parto de referência, a primeira em Santa Catarina no modelo de parto humanizado. Como será essa maternidade e onde ela ficará?


Ana Paula: Veja bem, eu sou de Blumenau, mas eu fiz a minha faculdade aqui em Itajaí. Fiz enfermagem, sou enfermeira obstetra. A área da saúde sempre me tocou bastante. Já enquanto deputada estadual a gente fez esse debate da humanização do parto, do respeito às mulheres, num ambiente político que ele ainda é muito masculino. Trouxe, sim, muitos recursos para a cidade, principalmente nesse novo programa do PAC Seleções, que é o programa de aceleração e crescimento. O município de Itajaí fez vários pedidos: maternidade, centro de parto normal, centro de atenção especializada, que é o Caps, unidade básica de saúde e creche. Ganhou todas! Porque esse é o novo momento do Brasil. O prefeito daqui não é do PT, mas aqui também as demandas foram necessárias. Não somente Itajaí, a nossa região toda ganhou. Itajaí foi contemplada com essa maternidade e o centro de parto normal. [Esse centro ficará junto ao Marieta?] Não, a prefeitura disponibilizou um terreno no final da rua Silva, que é depois da rodoviária. Um terreno bastante grande. O centro de parto normal tem que ficar próximo ao hospital, 20 minutos. Esse cálculo foi feito. E principalmente, porque a cidade de Itajaí está crescendo para o lado de lá da BR 101 – Itaipava, Espinheiros, loteamento Santa Regina cresceu bastante. Acho que os complexos de saúde também precisam atender essa demanda. Até porque o grande problema da nossa região é a mobilidade urbana. Já foi destinado, já foi acordado com o Ministério da Saúde, tá tudo certo. Queremos liberar esse recurso o mais rápido possível.  O recurso o presidente Lula quer liberar até o mês de junho. Mas acontece que esse processo de licitação para construção dessa obra deve acontecer após o período eleitoral. Até porque tem as eleições municipais. O Caps também, que é uma demanda grande do município, principalmente depois da pandemia, a saúde mental das pessoas ficou muito abalada. Sempre digo, quem não tinha depressão, ficou depressivo; quem tinha, potencializou. Itajaí ganhou o Caps, mais uma unidade de saúde, que foi o pedido do secretário Emerson Duarte [secretário de Saúde] e de toda equipe de saúde. E uma creche, porque nós, mulheres, precisamos também de um local seguro, digno, para colocar as nossas crianças.

 

DIARINHO - O IFSC, de Itajaí, e também o IFC, em todos os campi de Santa Catarina, anunciaram uma greve geral a partir de hoje. Por que os colaboradores dos institutos estão sem receber aumento de salário? Eles não estão sendo ouvidos pelo governo federal?

Ana Paula: Eu participei em abril de uma visita ao Instituto. Um belo instituto, feito no governo anterior do presidente Lula. Uma estrutura maravilhosa, um pessoal competente, a maioria dos professores são doutores. Eles estão numa reivindicação justa. Ficaram muito tempo, seis anos, sem aumento real do salário, sem aumento real do salário para os nossos servidores e professores. Também falta investimento nos institutos. Veja bem, muitos institutos tiveram que fazer economia da luz porque não tinham dinheiro para pagar a conta. Também aqui em Itajaí fiquei muito feliz do curso que tem para os nossos pescadores, que foi referência, inclusive nacional, devido a um naufrágio que teve e um pescador fez o seu depoimento dizendo o seguinte: “eu estou vivo, estou salvo e salvei mais alguns por causa do curso que fiz no instituto”. Fico até arrepiada diante da importância que teve para salvar vidas. Conversei com os professores, não só aqui de Itajaí, mas de Blumenau, estamos levando esse debate, como sou vice-líder do governo do presidente Lula, para a reunião de lideranças. Para que a gente possa abrir esse canal de negociação com a nossa ministra Esther [Dweck, da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos], que tem compromisso também pela valorização do nosso servidor público. Ano passado teve aumento de 9,4%. O que estão agora oferecendo para os nossos servidores e colaboradores do Instituto é um aumento em cima do benefício, do vale, mas isso eles não querem. A gente está levando também esse pedido. Precisamos aumentar o número de professores nos institutos e ampliar as vagas para a população...

 


 “Elon Musk pode dar opinião lá no país dele. Aqui nós temos um governo, nós temos as instituições jurídicas, nós temos o Congresso Nacional e nós queremos o nosso país tranquilo como sempre foi”

 

DIARINHO - Como deputada federal e pessoa muito próxima ao presidente Lula, o que a senhora tem feito para resolver a questão do porto de Itajaí? Há um ano e meio, o porto sofre com a paralisação da movimentação de contêineres. Quando isso será resolvido?

Ana Paula: Recebemos uma "herança maldita", porque em 2022 precisava ser renovado o prazo para que o porto pudesse continuar operando depois de 25 anos. Isso não aconteceu no antigo governo. Essa herança que recebemos. Ano passado foi feita toda uma tratativa para que o porto voltasse a funcionar. O porto é uma porta para o mundo. Itajaí já foi referência em nível nacional, segundo porto mais eficiente do país. Era o porto 5 estrelas, só ficava atrás do Porto de Santos, mas a eficiência do porto era grandiosa. Um navio, por exemplo, carregava em 6 horas. Quando passo pelo porto, realmente, me causa muita tristeza. Eu olho o porto de Navegantes, que é importante também, está crescendo. A draga que faz o serviço no rio Itajaí-açu, que é paga pelo poder público. Os investimentos que foram feitos pelo governo do presidente Lula, pelo governo da presidenta Dilma no porto, foram significativos. O porto realmente é a paixão da cidade de Itajaí. Ano passado teve algumas empresas que participaram do processo de licitação, mas não conseguiram operar o porto. Houve um novo processo. Tem uma empresa em andamento que tem seis meses para colocar em funcionamento o Porto de Itajaí. Esse prazo acaba agora em junho. Para que ela possa, então, de uma vez por todas, botar o porto em funcionamento. É uma preocupação do governo do presidente Lula. O ministro Sílvio, em várias oportunidades, nós já cobramos isso, ele está para vir para Itajaí quando o primeiro navio atracar. Nós queremos que isso seja o mais rápido possível. Porque é uma economia importante não só para Itajaí, para a região e para o estado de Santa Catarina.

 

DIARINHO - O seu marido, Décio Lima, que é o presidente nacional do Sebrae, foi derrotado nas eleições a governador num resultado de 70% de votos pro atual governador Jorginho e menos de 30% pra Décio. O PT chegou ao segundo turno, o que surpreendeu, mas teve uma grande derrota. Como o partido absorveu esse processo?

Ana Paula: Muito feliz. Num momento de polarização, num momento de muita fake news, de muito ódio. Infelizmente perpetuou na mente das pessoas muitas mentiras. Eu acho que a gente tem uma missão nesse período de pacificar o nosso país. Resgatar os laços afetivos com familiares, com os amigos, com vizinhos. A política é a arte do diálogo. É através do diálogo que a gente faz as mudanças que nós queremos para a nossa população, que está muito sofrida ainda, diante desse ódio que foi, infelizmente, colocado entre nós. O Décio foi uma surpresa. Quem imaginava, nós de chapa pura, participando de todos os debates, vencer a reeleição de um governador, de um experiente senador, de um prefeito de uma capital, somente com a nossa militância do Partidos do Trabalhadores que estava em todos os municípios levado essa informação para nossa população e pedindo voto para o PT... Mesmo assim, eu acho que a gente fez um bom trabalho. Eu acho que hoje as pessoas, acho que em Santa Catarina já mudou diante do governo do presidente Lula. Mas eleição a gente ganha e perde. O Décio fez um belo trabalho. Hoje é presidente nacional do Sebrae, colocando o Sebrae pelo Brasil, numa missão dada pelo presidente Lula. A gente está preparado para participar dos processos eleitorais tanto nos municípios como também no ano 2026. Acho que foi uma surpresa muito grande para todo mundo o Décio participar, ir pro segundo turno nas eleições. Isso foi inclusive notícia em nível nacional. Até porque o antigo presidente não saía daqui. Teve o seu reduto eleitoral aqui. Acho que ele veio mais para Santa Catarina do que em outros estados da nossa federação. Mas quando ele vinha para cá era só para andar de moto, jet-ski, nenhuma obra no nosso estado de destaque. Por exemplo, o Porto de Itajaí podia ser resolvido no antigo governo e não aconteceu.

 

 “Desafio algum catarinense a mostrar uma obra do governo Bolsonaro”

 

DIARINHO - Bolsonaro tem sido apoiado massivamente em Santa Catarina pela população e conta com o apoio de todos os prefeitos da região. Lula já adiou algumas vezes a vinda ao estado. Como o PT nacional vê essa rejeição num estado onde já esteve no comando de grandes prefeituras como Joinville, Itajaí e Blumenau em outras épocas?

Ana Paula: Nós passamos por um momento muito difícil do nosso partido com o golpe que aconteceu em 2016 da nossa presidenta Dilma sem cometer nenhum crime. Nas eleições de 2018, se o Lula não fosse preso, iríamos ganhar a eleição. Estávamos com Haddad na época nosso candidato. Dessa farsa que foi o poder judiciário. Essa correção precisa acontecer agora. Mas eu tenho certeza que nós, mostrando para o povo catarinense, para o povo brasileiro esse novo método de governar, sem agredir, fazendo o bom diálogo com a nossa comunidade, podemos mudar essa relação. E acredito que nós já estamos mudando, devido a grandes obras que tem acontecido no nosso estado. E a cobrança também do nosso empresariado. Nós passamos para a nona economia do mundo. Isso também Santa Catarina tem um potencial muito grande. Agora também com um grande nível de exportações. O presidente Lula vem quando atracar o primeiro navio no porto. Ele esteve no ano passado numa grande missão de resgatar as relações comerciais com o mundo. Isso tem acontecido, tanto é que estamos na nona economia do mundo. Durante este ano, ele vai visitar os estados. Passou pela região Nordeste, São Paulo e Rio de Janeiro, a região Norte. Rio Grande do Sul já esteve. Paraná e Santa Catarina provavelmente estaremos com ele aqui nos próximos meses.

 

DIARINHO - O PT de SC tem uma ausência notória de novas lideranças. O pré-candidato do PT em Itajaí, por exemplo, é João Paulo Tavares Gama, que já disputou a prefeitura pelo PP. Porque o PT não renovou seus quadros no estado e porque escolheu João Paulo como pré-candidato?

Ana Paula: Política é a arte de aglutinar. Nós não queremos excluir. O João Paulo foi candidato na época pelo PP, com o PT apoiando. Nós passamos por um processo muito difícil no Brasil que a nossa democracia estava sendo ameaçada. A gente tem que agregar as pessoas que pensam mais ou menos como a gente, que querem um país melhor, uma cidade melhor, um estado melhor. João Paulo é uma grande liderança em Itajaí, um advogado, tem despontado bastante. O PT o recebeu com muito carinho sendo nosso pré-candidato a prefeito. Estamos formando novas lideranças. O PT terá uma chapa interessante de vereadores e de vereadoras. As pessoas estão colocando o nome à disposição. Eu defendo a democracia. Na urna, eu posso escolher quem eu acredito, quem eu desejo, quem possa vencer, e respeitar o resultado das urnas. Nós sempre respeitamos o resultado das urnas, independentemente do que aconteceu em 2022… esse ataque à democracia que aconteceu dia 8 de janeiro em Brasília, esse quebra-quebra que aconteceu no Palácio do Planalto, na Câmara Federal, no Senado Federal, no STF. Infelizmente alguns catarinenses iludidos foram para Brasília e agora estão cumprindo pena. Mas não dá para passar isso em branco, sem haver a punição desses que foram lá ameaçar ainda a nossa jovem democracia.

 

 “O governador Jorginho precisa estar atento a esse novo momento do nosso país”

 

DIARINHO - Como a senhora vê o fenômeno da Lava Jato nessa rejeição que o partido enfrenta aqui no sul, especialmente no Paraná e Santa Catarina? A senhora vislumbra qual cenário pros movimentos de esquerda e direita no Brasil a partir de agora?

Ana Paula: Acho que a população brasileira foi enganada, iludida, infelizmente. Por isso que eu digo: a nossa missão é pacificar o país. Brigamos com familiares, com amigos, por causa de mentiras contadas. É uma tarefa que nós temos que fazer no Congresso Nacional: a PL das fake news. Porque a rádio tem regulamentação, a televisão tem regulamentação, os jornais têm a regulamentação. Infelizmente, nas redes sociais está acontecendo esse desastre que tem acontecido, porque não tem a regulamentação necessária. Tem um PL, um projeto de lei que estamos discutindo, para que não aconteça mais o que aconteceu nos últimos anos. A Lava Jato foi uma farsa que, graças a Deus, agora a gente está mostrando para o Brasil o que foi um juiz, do que foi construído. Isso não somente no Brasil, mas principalmente nos Estados Unidos. Da importância que tinha o presidente Lula para o nosso país. Eu tenho certeza que vamos tirar a limpo para que a população entenda o que aconteceu durante todo esse período. Acho que quem perdeu foi o Brasil. Durante esses últimos seis anos de um golpe. Nós voltamos para o mapa da fome, 33 milhões de pessoas voltaram para o mapa da fome. Desemprego, aumento no supermercado de produtos, o preço da gasolina alto. [A senhora falou da regulamentação das redes sociais. Essa semana o Elon Musk, do X, antigo Twitter,  se manifestou falando que há o risco de uma ditadura, da falta de democracia no Brasil. Como a senhora avalia os comentários dele?] Quem é ele para vir opinar alguma coisa aqui no nosso país?! Acho que a gente precisa ter o respeito. Acho que foi acertada a decisão do ministro Alexandre de Moraes, porque a gente não pode viver um conflito, uma palavra dá uma guerra. O que a gente está vivenciando na Ucrânia, na Faixa de Gaza. O Brasil sempre foi um país tranquilo, pacífico. As redes sociais começaram a dividir as pessoas. Teve pessoas que morreram por causa de ações durante esse processo eleitoral. Eu tenho certeza que o Elon Musk pode dar opinião lá no país dele. Aqui nós temos um governo, nós temos as instituições jurídicas, nós temos o Congresso Nacional e nós queremos o nosso país tranquilo como sempre foi.

 

DIARINHO - Recentemente a senhora fez um post nas redes sociais falando sobre uma possível prisão de Bolsonaro. Era uma informação privilegiada ou apenas a manifestação de um desejo seu?

Ana Paula: Eu acho que está demorando, está demorando a prisão dele. Demorando a prisão de um presidente que deixou morrer 700 mil pessoas durante a pandemia, que não fez nada de útil para o nosso país. Desafio algum catarinense a mostrar uma obra do governo Bolsonaro. Agora, do governo do presidente Lula eu já estou verificando. Inclusive aqui na cidade de Itajaí. Não foi uma opinião pessoal. Eu tenho trabalhado muito com isso. Bolsonaro sabe disso. O fez, inclusive, dormir 48 horas na embaixada da Hungria. Ele sabe o que ele fez para o nosso país. Agora aquela caixa preta, aquele sigilo de 100 anos, está sendo desvendado. A gente percebeu que agora a Polícia Federal tem autonomia e faz o seu trabalho. Eu espero que isso aconteça, porque o que ele fez para o nosso país foi muito grave.

 

 “O PT recebeu ele [João Paulo] com muito carinho sendo nosso pré-candidato a prefeito”

 

DIARINHO - O governador Jorginho tem evitado participar de reuniões de governadores ou qualquer evento público que tenha agenda com o governo Lula. Como está a relação institucional do governo federal com o governo de Santa Catarina?

Ana Paula: Muito tranquila. Santa Catarina vai receber agora do governo federal R$ 48,3 bilhões para fazer as obras de infraestrutura no nosso estado. O governo do presidente Lula liberou agora para o governo do estado de Santa Catarina R$ 638 milhões do BNDES para fazer a manutenção das estradas estaduais catarinenses.  O presidente Lula tem aberto todos os ministérios. Ele está à disposição, tem feito reuniões com todos os governadores. O governador Jorginho precisa estar atento a esse novo momento do nosso país. Mas todos os ministérios, todos os recursos têm vindo para Santa Catarina muito democraticamente, independentemente de quem é prefeito ou prefeita, ou do governo do estado de Santa Catarina.

 

DIARINHO - O que Santa Catarina pode esperar do seu mandato como deputada?

Ana Paula: Muito trabalho. Eu tô muito feliz de estar nessa função de representar o povo catarinense, fazer as leis para o nosso país. Ver que agora a gente resgatou as políticas públicas das áreas da saúde, da educação, das áreas da assistência social, voltando o Mais Médicos, Bolsa Família, Farmácia Popular. Agora essa bolsa de estados que é o Pé de Meia para os nossos adolescentes. A gente percebeu a evasão dos nossos adolescentes da escola, principalmente do ensino médio. Muito feliz de estar também debatendo o orçamento federal para o estado de Santa Catarina, dessa nossa forma de atender os nossos prefeitos e lideranças políticas em Brasília. Atendendo também a demanda da nossa comunidade. Eu tenho feito esse debate em todos os municípios, levando a demanda do povo catarinense para o Congresso Nacional.

 

"Todos os ministérios, todos os recursos têm vindo para Santa Catarina muito democraticamente, independentemente de quem é prefeito ou prefeita, ou do governo do estado". 

 

DIARINHO – O seu nome é cogitado como pré-candidata a prefeita em Blumenau. A senhora vai assumir essa missão?

Ana Paula: Fico muito feliz de ser lembrada novamente. Nós estamos numa construção de uma agremiação partidária nesse novo momento. Fico feliz, porque participei de outro processo eleitoral em Blumenau, não fomos tão exitosos. O importante é fazer o debate da cidade, não a polarização da política, esquerda e direita. Mas quais são os conflitos, os problemas da cidade... A gente tem debatido com os trabalhadores, com os partidos que mencionaram e ventilaram a possibilidade de eu assumir essa responsabilidade. As convenções partidárias acontecem em julho, até lá muita coisa pode mudar.

 

RAIO-X

 

NOME: Ana Paula de Souza Lima

NATURAL: Curitiba (PR)

IDADE: completa 60 anos no dia 19 de abril

ESTADO CIVIL: casada com Décio Lima

FILHOS: Três

FORMAÇÃO: Enfermagem e Obstetrícia

TRAJETÓRIA: filiada ao Partido dos Trabalhadores desde os 23 anos, foi a primeira deputada estadual mulher eleita por Blumenau em 2002. Foi reeleita deputada e presidiu a Assembleia Legislativa de Santa Catarina por diversas ocasiões entre 2007 e 2008. Em 2012, eleita pela terceira vez deputada estadual, sendo líder da bancada do PT; autora da lei que institui o Observatório da Violência contra a Mulher em Santa Catarina; nas eleições de 2018, concorreu ao cargo de deputada federal e recebeu 76.304 votos, ficando na suplência; nas eleições de 2020 foi candidata à prefeitura de Blumenau; em 2022 foi eleita deputada federal por Santa Catarina com 148.781 votos, ficando na quarta posição na ordem de votação.




Comentários:

RONILDO CARDOSO

05/05/2024 06:49

mais uma bandida sendo ouvida por esse jornal comunista.........

Rodrigo Spinola

14/04/2024 14:13

Só de olhar pra cara dezse povo do PT ja me causa voltade de vomitar. Vermes

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






44.222.104.206

Últimas notícias

Categorias de base

Marinheiro é derrotado pelo Hercílio Luz no Catarinense sub-20

Balneário Camboriú 

Assediador tenta beijar menina em banheiro de comércio em BC

Série B

Brusque toma 4 a 0 do Santos na Vila Belmiro

Travessia 

Balsinha da Barra do Rio é paralisada por causa da correnteza

BALNEÁRIO CAMBORIÚ

Homem tenta dar golpe com grana fake 

TRAGÉDIA

Recém-nascida morre de dengue em Piçarras

DESESPERADOR

Mulher é arrastada por correnteza e se segura em pedaço de madeira em Rio do Sul

Domingo 

Defesa Civil faz alerta sobre risco de alagamentos em Itajaí

EDUCAÇÃO

Mais de 60 crianças são chamadas para vagas de creches em BC

SANTA CATARINA

Caminhão que ia pro Rio Grande do Sul com doações levava crack e cocaína escondidos na carga  



Colunistas

Na Rede

Morte de produtor, garotinho com orgulho do pai na enchente e mais: confira os destaques do DIARINHO

Artigos

O combate ao abuso e à exploração de crianças e adolescentes é um compromisso coletivo

Jackie Rosa

Niver da Chris

JotaCê

Amin responde Chiodini

Mundo Corporativo

A importância do equilíbrio da autoestima no mundo organizacional

Coluna Esplanada

Palácio x Lira

Gente & Notícia

Níver da Margot

Ideal Mente

Luto coletivo: navegando juntos nas ondas da perda

Show de Bola

Vitória da base

Direito na mão

Mulher entre 54 a 61 anos: como antecipar a aposentadoria?

Via Streaming

“Justiça”

Coluna Exitus na Política

Vontade e solidariedade

Coluna do Ton

Chegando de Mendoza

Histórias que eu conto

Armação da infância II

Foto do Dia

“O mar, quando quebra na praia”

Coluna Existir e Resistir

Designação geral sobre o fim do mundo

Coluna Fato&Comentário

Anuário de Itajaí - 100 anos da 1ª edição

Empreender

Balneário Camboriú atrai cada vez mais clientes do eixo sudeste



TV DIARINHO


Uma mulher foi arrastada pela correnteza do rio Itajaí-Açu em Rio do Sul. Ela se agarrou em um pedaço ...





Especiais

NA ESTRADA

BC oferece rolês gastronômicos, culturais, de compras e lazer

RIO GRANDE DO SUL

São Leopoldo: a cidade gaúcha onde quase todos perderam o lar

RIO GRANDE DO SUL

Governo Eduardo Leite não colocou em prática estudos contra desastres pagos pelo estado

Retratos da destruição

“Não temos mais lágrimas pra chorar”: A cidade gaúcha destruída pela 3ª vez por enchentes

MEIO AMBIENTE

Maioria de deputados gaúchos apoia projetos que podem agravar crise climática



Blogs

A bordo do esporte

Atletas classificados para o Pan-Americano de VA'A

Blog da Jackie

Tá na mão!!!

Blog do JC

Visita na choupana do Chiodini e Rebelinho

Blog da Ale Francoise

A pílula da felicidade

Blog do Ton

Amitti Móveis inaugura loja em Balneário Camboriú

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Vilfredo e Heloísa Schurmann

"Nós reciclamos só 6% no Brasil. Na Europa já é 50%. A própria China já está com 35% de reciclagem” (Vilfredo)

João Paulo

"Essa turma que diz defender a família ajudou a destruir a boa convivência em muitas famílias. Na defesa de um modelo único, excludente"

Entrevistão Peeter Grando

“Balneário Camboriú não precisa de ruptura, mas de uma continuidade”

Juliana Pavan

"Ter o sobrenome Pavan traz uma responsabilidade muito grande”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação