Matérias | Polícia


Tragédia

Filha tenta impedir o suicídio do pai e quase é morta

Homem tentou estrangular a menina de 11 anos com sacola plástica

Laura Testoni [editores@diarinho.com.br]

Homem tentou se suicidar com sifão de pia e estilete (Fotos: PMSC)

Um homem de 47 anos tentou matar a filha de 11 anos no momento em que ela tentou impedi-lo de cometer suicídio. Ele colocou uma sacola no pescoço da criança e tentou estrangulá-la. O caso aconteceu na rua 511, no centro de Balneário Camboriú, por volta das 18h de segunda-feira.

Após a agressão do pai, a menina foi chorando ao térreo do edifício e pediu ajuda para a zeladora. Ela contou que o pai havia descido para a área de piscina e estaria na tentativa de cometer suicídio.

O porteiro foi atrás do homem e uma funcionária da limpeza contou que escutou alguém trancado dentro da lavanderia com a respiração ofegante.

 

Já possui cadastro? Faça seu login aqui.

Quer continuar lendo essa e outras notícias na faixa?
Faça seu cadastro agora mesmo e tenha acesso a
10 notícias gratuitas por mês.

Cadastre-se aqui



Bora ler todas as notícias e ainda compartilhar
as melhores matérias com sua família e amigos?

Assine agora mesmo!


Após a agressão do pai, a menina foi chorando ao térreo do edifício e pediu ajuda para a zeladora. Ela contou que o pai havia descido para a área de piscina e estaria na tentativa de cometer suicídio.

O porteiro foi atrás do homem e uma funcionária da limpeza contou que escutou alguém trancado dentro da lavanderia com a respiração ofegante.



A Polícia Militar foi acionada e forçou a porta para deter o homem. Ele estava com um estilete tentando se cortar. Para evitar a agressão, a PM usou spray de pimenta.

Em seguida, ele tentou se enforcar com um sifão de pia, mas a polícia conseguiu impedir. O homem foi imobilizado e levado para atendimento de saúde. Logo depois, foi preso pelo crime de tentativa de feminicídio contra a filha.

A mãe da menina não estava em casa no momento em que tudo ocorreu. Ela chegou depois e  assumiu os cuidados da menina.


Segundo a PM, o homem tem histórico de uso de drogas e outras tentativas de feminicídio.

Peça ajuda

Caso você esteja passando por algum problema ou pensando em suicídio, entre em contato com o Centro de Valorização da Vida, o CVV, que dispõe de voluntários 24 horas para oferecer apoio emocional gratuito por telefone, e-mail ou chat. Para entrar em contato, acesse o site www.cvv.org.br ou disque 188.

Em Balneário, os moradores ainda contam com o apoio emocional do programa Abraço à Vida. Basta ligar ou mandar WhatsApp no telefone (47) 99982-2322.




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






18.207.129.175

TV DIARINHO


O crime de injúria racial aconteceu em sessão do filme de Bob Marley no cinema do shopping na noite ...





Especiais

Caso Ilha de Marajó

Vereadora de Navegantes está entre os políticos que impulsionaram fake news sobre exploração sexual infantil

TURISMO

Japaratinga: vale a pena se hospedar no melhor resort do Brasil?

VIAGEM NO TEMPO

Museu do Carro traz nostalgia e diversão sobre o universo automotivo

NOVOS TEMPOS

SC é pioneira na promoção da mobilidade elétrica

PLANEJAMENTO URBANO

Camboriú vai investir mais de R$ 60 milhões em mobilidade



Blogs

A bordo do esporte

Fórmula E e FIA Girls On Track promovem curso de envelopamento de carro

Blog da Jackie

Verão, calor, quentura e mormaço

Gente & Notícia

Warung reabre famoso pistão, destruído por incêndio, com Vintage Culture em março

Blog do JC

Mulheres MDBistas

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Entrevistão Adão Paulo Ferreira

"Porto sozinho não serve para nada. Ele precisa ter navios, linhas"

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação