Matérias | Geral


Turismo

Antaq aprova projeto de porto turístico em Balneário Piçarras

Porto Park prevê uma plataforma flutuante com parque, lojas e praça gastronômica com bares e restaurantes

Redação DIARINHO [editores@diarinho.com.br]

A estrutura de 360 metros de comprimento é prevista sobre o mar na foz do rio Piçarras (foto: IMAGEM ILUSTRATIVA)


O projeto pra construção do terminal turístico Porto Park, em Balneário Piçarras, avançou no governo federal. Em reunião na quarta-feira, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) aprovou o processo do pedido de outorga do empreendimento. Com o aval do órgão, o projeto segue para o Ministério dos Portos pra assinatura do contrato de adesão.

“A empresa apresentou todo o cumprimento das obrigações, eu voto por reconhecer a possibilidade de celebração de contrato de adesão entre o Ministério de Portos e Aeroportos, na qualidade de poder concedente, e a empresa Flomar Transportes Aquaviários, visando a outorga de autorização para construir e explorar instalação portuária de turismo”, disse a diretora Flávia Takafashi, relatora do processo.

O empresário Aldo Antenor Pamplona Maciel, o Nonô, dono da Flomar, responsável pelo projeto, disse que a aprovação pela Antaq representa um importante avanço no processo burocrático. O resultado era esperado há mais de seis meses. A expectativa agora é pela assinatura da concessão pelo Ministério dos Portos, considerando que o empreendimento envolve um terminal marítimo para embarque e desembarque de passageiros.



De acordo com Aldo, a assinatura deve ser em breve, inclusive com a possibilidade de ter alguma cerimônia oficial com autoridades federais em Piçarras, já que a construção de portos turísticos faz parte de um programa de incentivo do governo federal. Após essa fase, o projeto poderá avançar para as aprovações junto ao município para o início das obras. A previsão do empresário é fazer a implantação em 2024, após a temporada de verão.

Desde o ano passado, o projeto já conta com a licença prévia do Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA). Além de um terminal marítimo e marina, o Porto Park integra uma plataforma flutuante com parque de diversões, lojas e praça gastronômica com bares e restaurantes. A estrutura de 360 metros de comprimento é prevista sobre o mar na foz do rio Piçarras, após o molhe.

R$ 200 milhões


O projeto será viabilizado em parceria com investidores, prevendo receber mais de R$ 200 milhões em investimentos. A proposta é que o píer sirva para atender o transporte marítimo de passageiros e tenha uma área alfandegada para receber turistas de navios de cruzeiros. Em Piçarras, os navios ficariam fundeados na costa e fariam o transbordo dos passageiros até o terminal, como ocorre hoje em Balneário Camboriú.

“Esse porto vai mudar o turismo da região e terá grande importância para o desenvolvimento regional”, planeja Aldo. A partir do terminal, o empresário quer estimular a criação de linhas de transporte marítimo entre cidades da região, além de ofertar passeios náuticos.

A Flomar pretende iniciar as operações com dois barcos, um projetado para 400 pessoas e uma embarcação turística. Os barcos devem ser construídos no estaleiro Joel dos Santos, em Navegantes, onde a Flomar já gerencia a fabricação encomendada de uma embarcação para 1200 passageiros, considerada a maior do Sul do Brasil.

 

BC Port será apresentado em BC


Projeto, que prevê investimento de R$ 456,3 milhões, fica na Barra Sul (foto: ilustrativa)
Projeto, que prevê investimento de R$ 456,3 milhões, fica na Barra Sul (foto: ilustrativa)

 

O Porto Park poderá ser o primeiro porto turístico do Brasil, enquadrado como Instalação Portuária de Turismo (IPTur) pelo governo federal. Mas não é o único em trâmite na região. Balneário Camboriú está pra receber o mesmo tipo de empreendimento, com o BC Port. Neste mês, o projeto recebeu o licenciamento ambiental do IMA. A próxima etapa é a apresentação para as aprovações junto ao município.

A obra em Balneário prevê um “superterminal”, com capacidade para dois navios de cruzeiros, e um complexo hoteleiro, comercial e de lazer junto ao molhe da Barra Sul. O investimento é de R$ 456,3 milhões. A empresa não deu estimativa pro início das obras, que ainda vão depender de autorização da prefeitura. Pelas redes sociais, a empresa informa que o projeto avançará seguindo “altos padrões de governança”.

“Por suas características pioneiras, o empreendimento reforçará a posição de Balneário Camboriú e de Santa Catarina como referências de vanguarda no turismo nacional e internacional de alto nível, devendo gerar empregos diretos e indiretos nas fases de implantação e operação, fortalecer fornecedores locais e estaduais e potencializar a geração de novas rotas de cruzeiros a partir da região”, destacou.


 




Comentários:

Somente usuários cadastrados podem postar comentários.

Para fazer seu cadastro, clique aqui.

Se você já é cadastrado, faça login para comentar.


Envie seu recado

Através deste formuário, você pode entrar em contato com a redação do DIARINHO.

×






3.239.9.151

TV DIARINHO


Um bandido se assustou com um morador e desistiu de roubar um condomínio na rua Brusque, no bairro Dom ...





Especiais

violência

Brasil tem um assassinato de pessoa trans a cada três dias

Programa diferente

Na Estrada: Escapada pra Curitiba num finde de verão

Presidente do STM

Acampamentos golpistas “foram tolerados por orientação” militar

Agropecuária

Bancada adota ‘discurso tóxico’ em anúncios nas redes sociais

Itajaí

Coleta seletiva tem contrato milionário não fiscalizado



Blogs

A bordo do esporte

Com visuais deslumbrantes, novo percurso curto do L'Étape Cunha é anunciado

Blog do JC

Lula e o genocídio

Gente & Notícia

Churrasco On Fire, da dupla Fernando e Sorocaba, chega a Massaranduba

Blog da Ale Francoise

Intestino preso, use todos os dias

Blog da Jackie

O ‘sim’ de Ângela e Dolor

Blog do Ton

Medicina Estética

Blog Doutor Multas

Como parcelar o IPVA de forma rápida e segura

Blog Clique Diário

Pirâmides Sagradas - Grão Pará SC I

Bastidores

Grupo Risco circula repertório pelo interior do Estado



Entrevistão

Irmã Simone

"Aqui nós atendemos 93% SUS”

Eduardo Rodrigues Lima

"A Marinha já fez 27 mil abordagens a embarcações no Brasil inteiro”

Edison d’Ávila

"O DIARINHO serve como uma chamada à consciência da cidade”

Hang Ferrero

“Administrar a vida é particularmente difícil. Mas amar de maneira ampla é absolutamente fácil. Amar é revolucionário. Amem com todo o esforço que puderem suportar”



Hoje nas bancas


Folheie o jornal aqui ❯








MAILING LIST

Cadastre-se aqui para receber notícias do DIARINHO por e-mail

Jornal Diarinho© 2024 - Todos os direitos reservados.
Mantido por Hoje.App Marketing e Inovação